quarta-feira, 23 de julho de 2014

Capítulo 15 - Shut up and Love me


            SHUT UP AND LOVE ME 

Anteriormente

- Ok (Seu nome)

Agora 

(Seu nome) narrando on- 

O que me resta é confiar. Era tudo o que eu pensava, as vezes no meu ramo profissional é difícil saber em quem confiar. É estranho estar com uma pessoa e ter vontade de beijar outra, estou com Dan, mas tenho tanta vontade de pegar a Demi de jeito, eu iria enlouquece-la e também ela iria me levar a loucura. O sexo com Dan é bom, mas, com mulher é diferente é delicado, sem barbas para pinicar, mãos pequenas e macias, peitos, Tem onde pegar. Só em pensar na Demi na minha cama tenho vontade de me jogar em uma piscina gelada, posso estar chateada com ela mas eu ainda sinto isso. 

- Ei vadia -Miley falou adentrando na sala- e Demi -nós rimos- acho que é melhor vocês admitirem logo 

Ela vez a volta no sofá e se sentou ao meu lado com as pernas abertas 

- Adimitir o que? -falei e Demi me olhava com uma cara de intrigada-

- Que vocês querem se pegar né (Seu nome) -ela disse e pegou o controle da TV ligando-a em seguida- 

FLASH BACK ON- 

- Ária, eu já te disse que eu não sinto nada 

Falei pela milésima vez. Eu e Ária tínhamos ido tomar um sorvete depois da aula naquele dia, ela insistia em dizer que eu sentia algo pela Sasha é que estava rolando algo entre nós. Sasha me fazia prometer que não contaria isso a ninguém e eu como uma boa amiga nao contava pra ninguém, nem mesmo para elas. 

- Mas vocês trocam uns olhares e como você fala dela -ela disse levando a colher de sorvete rosa, que eu deduzi ser de morango- 

- Mas eu não sou lésbica, tenho namorado 

Ária revirou os olhos, meu estômago embrulhou. Não tocamos mais no assunto durante o trajeto para casa, estávamos passando pela rua e ouvimos uma voz, a voz se repetia várias e várias vezes 

- MENINAS! MENINAS ESPEREM, SOU EU A MONA 

Virei-me para trás e ária também, e vimos mona, me deu vontade de rir do seu estado. Meias compridas, saia comprida, calçados desgastados, óculos ridículos e o cabelo ruim. Ária se virou para mim e nos continuamos a andar a ignorando-a

- Você viu as roupas dela? -falou e eu ri-

Viramos em uma espécie de beco bem iluminado e vimos um carro, encarei ária que tinha a expressão totalmente abismada 

- Aquele não é seu pai? -falei e ela assentiu- mas, quem é aquela dentro do carro com ele? -vi eles se beijando- 

FLASH BACK OFF-

- Miley você está deixando ela com vergonha -falei olhando Demi que tinha as bochechas coradas- 

- Mas ela quer, não quer? -falou a olhando, não sabia onde enfiar minha cara de tanta vergonha que as perguntas de Miley estavam me causando- 

Demi Narrando on- 

Miley estava me matando de vergonha, eu queria responder "é óbvio que sim né, olha pra ela" mas nunca teria coragem de fazer isso 

- Eu...hãn... -(Seu nome) me interrompeu- 

- Não precisa responder Demi -ela olhou Miley- SMILEY! -ela disse batendo na Miley com a mão que ainda procurava um canal na TV- 

Eu ri com as caras que a Miley fazia sentindo (Seu nome) dar alguns tapas em seu braço. Por mais que eu não quisesse tinha mentindo pra (Seu nome) ela nunca vai me perdoar por isso, mas ninguém sabe que eu menti, senti meu bolso vibrar, uma mensagem. De novo. 

"Você não fez o que eu mandei Demi, então você é rebelde? Vamos ver até onde sua rebeldia vai. Conte tudo a (Seu nome) se não ela saberá por outros 
                                  -A" 


Insta: @Lena_Lowato 
TT: @Finddlovato 

Oi meninas, como estão? Eu vou bem, ainda estou em SP...volto só dia 4...bom. Desculpa o capítulo bosta 


Beijos 


Lena




 

7 comentários:

  1. Posta mais por favor

    ResponderExcluir
  2. Nada de bosta nisso,a perfeito...posta mais logo..

    ResponderExcluir
  3. Ta perfeito,essa fic ta demais e Miley como sempre uma graça kkk posta logo em ;)

    ResponderExcluir
  4. To de volta. Vamos la continua. Quase morro essa semana sem internet.

    ResponderExcluir
  5. Continua amore . Poosta mais

    ResponderExcluir