quarta-feira, 5 de março de 2014

Capítulo 47 - My Heart Beats For Love


Anteriormente 

Nossa, os olhos dela estavam escuros e um pouco avermelhados por conta do choro e pelo desejo que preenchia seu corpo tomado pela vontade.

Agora

Demi Narrando on-

Para que ficar na vontade quando se tem uma (Seu nome) sentada no seu colo rebolando feito uma louca pervertida, tenho que dizer que eu já estou exitada na verdade eu fiquei assim desde ver ela com essa roupa, depois no carro e agora "Oh Deus!" falei alto ouvi ela rir baixinho, essa menina ta me tirando. Ela intensificou os movimentos deixando-os ainda mais fortes acho que eu vou ter um orgasmo antes do tempo isso não é nada legal, fechou os olhos e ela começou a beijar meu pescoço eu não consigo ficar brava com ela, ela é tão minha! Minhas mãos estavam na sua bunda cada uma de um lado. Ela parou de fazer os movimentos de repente de cima de mim, gemi em protesto eu queria mais, ouvi a voz dela no meu ouvido voz sexy e rouca "Ela me leva ao paraíso sem nem me tocar, como isso é possível?" perguntei a mim mesma.

(Seu nome): Isso demi...ount...demi...vai, ma-mais rapido...vai demi, vai --ela estava gemendo no meu ouvido, gemendo mesmo, como se eu tivesse fazendo algo--

Fui obrigada a gemer junto com ela, ela me deu um selinho e eu tirei uma de minhas mãos da sua bunda e subi até seu seio, apertei o mesmo e ela gemeu ainda mais alto, estremeci um pouco pela exitação que tomava conta do meu corpo a cada gemido, a cada toque, a cada beijo eu me sentia mais viva. Ela beijava meu pescoço como se fosse minha boca ela sabe que eu amo isso, apertei seu seio mais uma vez e bati na sua bunda com a força que ainda me resta eu já estava esgotada de tanto esperar um toque mais intimo

Demi: (Seu nome) se você continuar assim eu vou ter um orgasmo antes do tempo --ela baixinho mas alto suficiente para ela ouvir--

Ouvi ela rir, não gargalhar, mas rir sim pelo meu estado na verdade eu tenho até um certo medo. Ela começou a me atiçar de novo rebolando no meu colo, mas porque diabos eu não tomo o controle da situação? Num movimento rápido fiquei por cima dela, não sei da onde tirei forças para isso mas eu sei que tirei de algum lugar. Rapidamente sem deixar ela falar nada a beijei um beijo um tanto quando desesperado porque eu precisava dela, ela estava com uma das mãos na minha bunda apertando eu sei quando ela a ama e a outra no meu cabelo o puxando levemente me fazendo gemer baixinho na sua boca durante o beijo, eu estava com uma das mãos apoiadas na cama para não ficar com todo o meu peso em cima dela, logo a porra da falta de ar foi chegando e fomos separando o beijo com selinhos, desci os beijos para o pescoço dela, eu iria te-la aqui agora e não importa mais nada. Dei chupões no pescoço dela o que a fez gemer e consequentemente minha calcinha molhar, acho até que vou te-la que jogar fora. Parei de beija-la e a encarei ela estava com o sorriso mais malicioso do mundo nos lábios, eu me aproximei do sou ouvido e cochichei

Demi: --começei a fazer movimentos vai e vem-- Isso vai (Seu nome), vai, vai --gemi alto-- Eu vou gozar (Seu nome)...ah...ah...isso --intensifiquei os movimentos a fazendo gemer comigo--

Ela apertou ainda mais meu cabelo que me fez gemer, estavamos num ciclo vicioso de gemidos e os dela eram com certeza a melodia mais linda que eu já tinha escutado e pensar que ela estava se sentindo assim por minha causa, eu estava a deixando nesse "estado". Estavamos em completo extase quando alguém abre a porta do quarto e solta um grito, eu reconheço esse grito. "MILEY!" pensei

Miley: AI MEU DEUS DESCULPA GAROTAS! DESCULPA! --disse colando a mãos sobre a boca--
(Seu nome): Miley, vai se fuder! --disse me retirando do seu colo--

Merda, pensei, ela estragou toda a nossa exitação um melhor a dela. Lancei um olhar mortal para Miley e retribuiu com um sorrisinho maliciosa, semi cerrei os olhos para ela.

Miley: Bom, desculpa por ter atrapalhado vocês eu só queria saber onde vocês estavam porque vocês sumiram e ninguém mais viu vocês mas agora eu achei, desculpa de novo mas na próxima vez tranquem a porta né? --disse já saindo do quarto--

Ela já tinha saido e fechado a porta, olhei para ela de volta que me olhou com um olhar meio decepcionado.

(Seu nome): Vem vamos descer --disse se levantando da cama e arrumando o vestido--
Demi: O que? Não! Não! Eu preciso de você agora! --disse e fiquei de joelhos na cama--
(Seu nome): Depois terminamos, prometo --disse e me deu um selinho--

Pelo jeito não farei ela mudar de ideia então dessemos para a festa e aproveitamos mais um pouco

Obrigada pelos cometários, não sei se vou publicar amanha! Mas por vocês eu faço esse esforço obrigada por tudo gente amo vocês <3 

Beijos 

Lena













9 comentários:

  1. MARAVILHOSO!! POSTA AMANHAAAAAA!

    ResponderExcluir
  2. Perfeito..posta maaaaaiss

    ResponderExcluir
  3. AHSGAUHSUAHS perfeito <33

    ResponderExcluir
  4. Amei!!!! Posta mais

    ResponderExcluir
  5. Linda!
    Vc está entre uma das melhores escritoras de imagines que eu já li!
    Mt boa! Parabéns hein!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu deus! Sério muito obrigada...não sei nem o que dizer kkk só obrigada pela consideração e carinho eu não seria nada sem vcs <3

      Excluir
  6. Girl tá perfeito, continue assim que eu deixo U_U rsrs'
    Voce é a melhor ;). Eu só acho que a (S/N) não estava de vestido U_U. Digo isso porque eu sou uma leitora muito atenciosa com o seu imagine ;D
    E por favor continue (:
    #Bru

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai mds é vdd ela n tava de vestido q vergonha kkkkkkkkkk desculpa

      Excluir
  7. Gata ta perfeito,como sempre.
    -júh

    ResponderExcluir