sábado, 8 de março de 2014

Imagine com Demi Lovato, capítulo único!

---Voce narrando---
Acordei com o sol de L.A no meu rosto, levantei-me pois tinha que ir a busca de um novo emprego que de preferência fosse do mundo da musica porque acabei de me mudar para L.A, e estava vivendo das minhas economias. Levantei-me e fui até o banheiro fazer minha higiene pessoal e fazer minha maquiagem, tomei um banho rápido e vesti uma blusa xadrez com um shorts curto e meu all star preto. O primeiro lugar onde eu fui tentar um emprego foi uma lanchonete, logo quando cheguei esbarrei em uma menina que deixou uns papeis caírem, eu me abaixei para juntar e ela fez a mesma coisa
Voce: Oh meu deus, me desculpa, eu sou muito distraída!
Xxxx: Não se preocupe, não foi nada – no momento que ela falou isso eu reconheci sua voz -
Voce: D-Demi??? – a olhei com uma expressão de felicidade imensa –
Demi: Pelo jeito você me reconheceu – disse ela rindo, e que risada maravilhosa quando ouvi meu corpo se arrepiou todo –
Voce: S-S-Sim, D-D-Demi, eu..eu te amo...eu te amo – disse gaguejando e me levantando –
Demi: oh, que amor você –disse se levantando tambem- Qual seu nome?
Voce: (seu nome)–olhei nos olhos dela, e dei um sorriso bobo, ela retribuiu o sorriso-
Demi: Então (seu nome) o que você faz da vida? –ela perguntou enquanto me olhava atentamente-
Voce: Eu vim do Brasil em um intercambio e acabei ficando por aqui e agora estou em busca de trabalho, de preferência do ramo musical – disse sorrindo –
Demi: Eu imaginei que voce fosse do Brasil—disse sorrindo--
Voce: Como voce sabe?!-disse rindo baixinho- pera do que você me chamou? – a olhou com brilho nos olhos –
Demi:Pelas suas curvas, Te chamei de minha lovatic –disse rindo—
Voce:Ah...é....obrigada demi– senti minhas bochechas corarem enquanto a abraçava-
Demi: Também te amo! – nós nos olhamos e fomos se aproximando ate que ficaram a uma palma de distancia entre seus rostos ela colocou a mão no meu rosto, até que o celular da demi toca-
Demi interrompe o que quase foi um beijo tira a mão do meu rosto, e enquanto atende te olha com um olhar envergonhado.
---ligação onn---
Demi: alo?
XxxxXX: ooooooi deeeeemeeeee!
Demi: Miley?
Miley: Sim ohh lerda! Tudo bem meu amor?
Demi: Não sou lerda – fez biquinho- tudo sim meu anjo e você?
Miley: Tudo bem também, então estou te ligando pra perguntar se você quer vir na minha festa de aniversário!?
Demi: Claro que eu vou Miley, mas posso levar uma pessoa? – Diz olhando pra você e sorri-
Miley: Claro! Entao é amanha as 20h vai estarão meninos da 1D, Selenita, Justin, Pll, Harry Potter, nossa vai ser foda te espero, beijo te amo vadia!
Demi: ta bom, também te amo vadia!
--Ligação off—
--Demi Narrando—
Estava indo pro meu estúdio, mas fiquei com fome pois não tinha tomado café da manhã então resolvi entrar em uma lanchonete perto do estúdio, e quando entrei uma menina trombou em mim fazendo derrubar minhas partituras no chão, quando a olhei nos olhos senti minhas pernas ficarem bambas, senti meu coração disparar.  Ela acabou me reconhecendo, e ficamos conversando a toa, até me telefone tocar, miley queria me convidar para sua festa e estou pensando em convidar a (seu nome), mas estou receosa, porque não sabia o que exatamente se ela quer ou não.
Demi: (seu nome)...
Voce: Oi minha linda –suas bochechas coraram-
Demi: vamos sentar? –disse apontando pra uma mesa no fundão-
Voce: Claro! – fomos andando até lá, sentamos e logo veio uma garçonete-
Garçonete: Qual o pedido?
Demi: Um suco de laranja por favor
(seu nome): e um Milk shack de chocolate, por favor!
Garçonete: Ok, seu pedido vem em torno de 10 minutos – ela se retirou-
Demi: obrigada! (seu nome)...
Voce: Diga demi – disse com um sorriso no rosto-
Demi: Voce, sabe, quer ir na festa de aniversário da miley comigo? – fiquei com medo da resposta dela, fiquei com vergonha de ter feito esse convite, não sabia quase nada dessa garota, eu sentia que precisava saber um pouco mais sobre ela-
Voce: Oh demi...claro que eu aceito, eu sempre amei a miley, ela é tão linda eu amo muito ela! Obrigada por me convidar – ela disse enquanto pegava a minha mão que estava em cima da mesa, e deu um sorriso-
Demi: Ah...voce gosta dela...- não consegui esconder o ciúmes na minha voz-
Voce: Claro! Amo muito! Demi, você esta com ciúmes? –ela disse dando uma risadinha baixa, mas antes de eu responder a garçonete nos interrompeu-
Garçonete: Aqui esta!-disse entregando o pedido--
Demi: Obrigada, então eu te pego hoje as 20h, ok? – disse enquanto tomava seu suco-
Voce: Obrigada! Ah sei. Demi, você esta suja aqui – disse apontando pra para o seu lábio superior-
Demi: Então limpe! –disse dando uma risadinha-
Voce: Mas credo, eu não sou sua escrava – disse rindo- peguei um guardanapo e passei levemente no seu lábio, ela sorrio enquanto me olhava-
Demi:  Obrigada (s/n)..Quantos anos você tem?-disse ela pra quebrar o gelo-
Voce: 20 –disse sorrindo--
Demi: Voce tem...namorado? –perguntei como não queria nd—
Voce: Tenho não –disse sorrindo--
Demi:  Ah --disse -- bom (seu nome) eu tenho que ir, tenho que ir pro estúdio! Me passa seu celular? –senti minhas bochechas corarem-
Voce: ah demi, que pena que você tem que ir – disse fazendo cara triste-  te espero, te mando o endereço por mensagem pode ser? Meu telefone é (numero do seu telefone) –me levantei e vi ela se levantar-
Demi: Ah, ok espero seu sms! –a abracei, fiquei um minuto a abraçando, porque eu não queria ir, não sei por que! Depositei um beijo em seu rosto, paguei a conta, e fui embora-
---Voce narrando---

Nossa, acabei de conhecer Demi Lovato e ela ainda me convidou pra ir na festa da Miley Cyrus, meu deus, hoje foi o dia mais perfeito da minha vida, quando a abracei senti minhas pernas tremerem, senti aquela sensação de borboletas no estomago, e uma sensação extremamente boa! Quando ela foi embora senti um vazio no meu peito, não queria deixa-la ir. Abracei ela por alguns minutos, foi o melhor abraço da minha vida, quando eu ia sair fui pagar minha conta, mas o caixa me disse que a moça que me acompanhava já tinha pago, me senti um pouco mal com isso, apenas assenti com a cabeça e fui embora, depois de conhecê-la não teria mais cabeça para ir procurar emprego. Ela não saia da minha cabeça. Estava andando pela rua até que me peguei pensando nela, e dei um leve sorriso ao lembrar de hoje mais cedo. Entrei na minha casa que não era muito longe dali e fui separar minha roupa para a festa de hoje a noite até que senti meu telefone vibrar quando olhei era uma mensagem da demi, logo abri um sorriso.
“Amei conhecer você, não se esquece de me mandar o seu endereço para eu ir te buscar, obrigada pela conversa de hoje minha lovatic
XoXo Demi”
Logo quando li abri um sorriso enorme, digitei de volta
“Meu endereço é (seu endereço), também amei te conhecer era um sonho meu! Muito obrigada por tudo, e a noite te devolvo o seu dinheiro, já q voce pagou minha parte hoje lá na lanchonete, eu te amo demi
XoXo (Seu Nome)”
Enviei, quando olhei no relógio, eram apenas 15:00h, então fui na sala jogar um pouco de Guittar Hero III, mexer no facebook e twitter, e esperas as 19:00h para começar a me arrumar.
---Demi Narrando oon---
Quando sai da lanchonete fiquei com uma vontade imensa de voltar e ficar La com ela o dia todo, não sei por que mas, quando eu estava com ela eu me sentia protegida, sentia borboletas no estomago, mas será que estou me apaixonando? Por uma menina que eu mal conheço? Eu vim pro estúdio e gravei duas musicas para o meu nome álbum “Demi” e logo no intervalo me lembrei que não sabia onde a (s/n) morava, mandei uma mensagem e logo depois ela respondeu, abri um grande sorriso vendo aquela mensagem, mas ela disse que queria me dar o dinheiro, já que eu paguei pra ela, mas eu não queria! Então acabei respondendo
“Que isso linda, não precisa! Eu fiz por boa vontade, não precisa mesmo
Xoxo demi”
Depois que mandei essa mensagem bloqueei meu telefone e fui gravar mais, sai de La e eram 19H, nossa eu já estava atrasada, fui correndo ate meu carro e fui rápido pra casa, cheguei, logo subi para meu quarto para tomar banho, demorei uns 20 minutos para tomar banho depois coloquei um vestido corpete preto com um sapato alto preto demorei uns 30 minutos para me maquiar direitinho, deixei meu cabelo solto e peguei uma bolsinha para o meu telefone, mandei uma mensagem pra (s/n)
“Já estou pronta, to passando ai
Xoxo demi”
Terminei de digitar e enviei, depois fui ate a minha garagem peguei meu carro e fui até a sua casa, ouvi meu telefone vibrar era uma mensagem da (s/n)
“Ok demi, estou te esperando
Xoxo (s/n)”
Cheguei na sua casa, sai do carro e  bati na porta quando ela abriu ela estava, linda, muito linda e perfeita, olhei ela dos pés a cabeça e mordi o lábio inferior sem que ela percebesse, quando fui a abraçar senti seu cheiro aquele cheiro que eu amo
Demi: Nossa (N/S) você esta muito perfeita! –percebi que as suas bochechas coraram-
Você: Obrigada demi! mas e você? Nossa senhora, você esta muito perfeita e linda!
Demi: obrigada minha lovatic, então, vamos? –perguntei sorrindo-
Você: Vamos – sorri de volta-
Entramos no carro e eu comecei a dirigir
--pensamentos (demi) oon—
Nossa, ela estava tão linda, ela estava com um vestido tomara que caia com um salto preto, com uma maquiagem escura e com os olhos bem marcados, ela estava realmente linda, e o seu perfume nem se fala, eu dei uma leve secada nela, mas acho que ela não percebeu
--pensamentos (você) oon—
Nossa cara a demi tava muito gostosa naquele vestido, eu só não falei porque não sabia qual seria sua reação! Fiquei com um pouco de medo, mas ela estava realmente linda
---Demi onn—
O caminho até a festa foi muito legal, sempre quando ela falava alguma coisa eu ria, ela me fazia tão bem, ela fazia eu me sentir segura, me sentir única e especial, logo chegamos na festa, fomos encontrar a miley, mas no meio disso, encontramos o elenco de Harry Potter, de Crepusculo, de PLL, Selena, Justin, Liam, todos os famosos estavam nessa festa. Encontramos a Miley.
Demi: MILEEEEEEEY, FELIZ ANIVERSÁRIO MINHA VADIA EU TE AMO MUITO!! –tive que falar gritando porque não dava pra ouvir nada com o som alto-
Miley: QUE BOM QUE VOCE VEIO OBRIGADA EU TABEM TE AMO! E QUEM É ESSA SUA AMIGA MUITO GATA!? –ela disse olhando a (s/n) dos pés a cabeça-
Dei um tapa no braço de miley e ela riu
Demi: Essa é a (S/n), ela te ama muito! Se prepara! –disse rindo-
---Voce narrando onn---
Você- MILEEEEEEEY! – disse dando um abraço apertado nela- AI MILEY, PARABÉNS, EU TE AMO MUITO EU OU SUA FÃ A MUITO TEMPO!- disse me soltando dela-
Miley: OIIIII (s/n) OBRIGADA POR TER VINDO, AH QUE AMOR TAMBEM TE AMO- ela disse me abraçando-
Quando eu olhei pra demi, ela estava de braços cruzados nos olhando, parecia que estava com ciumes – eu e a miley rimos vendo a reação dela-
Miley saiu e foi cumprimentar os outros convidados, demi chegou perto do meu ouvido e falou –eu não sei dançar- eu balancei a cabeça negativamente e a puxei para a pista, começou a tocar uma musica com uma batida bem sensual, demi ficou parada me olhando enquanto eu dançava, vi ela morder o lábio inferior bem de vagar.
--Demi narrando onn—
--Demi narrando onn—
Quando chegamos na festa eu apresentei a (seu nome) pra miley, admito que fiquei com ciúmes, e elas acabaram percebendo isso, mesmo não tendo absolutamente nada com a (seu nome) ainda eu sinto que ela já é importante, acho que eu estou ficando louca mesmo. Começou a tocar uma musica com uma batida bem sensual e eu não sei “dançar” assim, apenas com coreografia, a (s/n) me puxou e começou a dançar pra mim de uma modo que me enlouquecia, eu não aquentei ficar vendo ela fazendo isso parecia que queria me provocar e conseguiu, eu puxei ela pra o quarto da miley sem que ninguém percebesse, chegando lá tranquei a porta e ela ficou me olhando um pouco assustada, mas eu achei que ela queria isso, então prensei ela contra a parede e a beijei
--Voce Narrando onn-
Em quanto eu tentava fazer a Demi dançar ela me puxou para o quarto da casa, me prensou contra a parede e começou a me beijar, eu admito que fiquei um pouco assustada no começo mas depois eu retribui o beijo, passei minha língua pelo lábio inferior dela pedindo passagem, ela logo abriu um pouco mais a boca, nossas línguas se encontraram e tinham uma sincronia impressionante, até que ouvimos uma batida na porta, demi saiu e se trancou no banheiro eu ajeitei meu cabelo e fui abrir a porta, quando abri era a Miley, ela me olhou com uma cara tipo “o que você está fazendo aqui?” e eu fiquei paralisada, ela entrou e fechou a porta
--Miley Narrando onn—
Eu estava La no meio da galera, quando eu lembrei que eu queria falar com a (s/n), mas não a encontrava porque a demi pediu pra eu falar com ela, procurei em todo o lugar então resolvi ir no meu quarto tentei abrir mas estava trancada, bati, e ela atendeu olhei pra ela com uma cara tipo “o que você esta fazendo aqui”, resolvi não perguntar nada, eu entrei e fechei a porta.
Miley: (s/n) eu queria te fazer uma pergunta...
Voce: Fala miley! –disse um pouco sem jeito-
Miley: Voce é Lesbian For Demi? –eu disse e vi as suas bochechas corarem-
Voce: ah...eu...eu...sou sim- ela falou gaguejando e me olhando com uma cara de vergonha-
Miley: Ah...era só isso mesmo que eu queria saber, é que eu vi o jeito que você olha pra demi, e o jeito que ela olha pra você, vocês formam um casal lindo – eu vi a bochecha dela ficar muito vermelha-
Voce: Cala a boca miley! – Ela disse e me deu um tapa de leve no braço enquanto sorria-
Miley: Então eu já vou...-Disse indo em direção a porta, eu abri e sai-
--Voce narrando onn—
A Miley entrou e me perguntou se eu era lesbian for demi, eu fiquei com muita vergonha de responder porque eu sabia que a demi estava atrás daquela porta ouvindo tudo, depois que a miley saiu eu fiquei com medo do que a demi iria dizer quando saísse de lá, quando eu vi a porta se abriu e ela saiu de lá sorrindo e com a mão no cabelo e: Demi...-eu disse envergonhada-
Demi: (s/n)...então você é Lesbian for me? –ela disse e eu senti minhas bochechas corarem-
Voce: É sou sim...-disse dando um sorriso timido-
Vi demi ir até a porta e tranca-la, e vindo em minha direção, ela chegou perto de mim, e me beijou, um beijo calmo mas ao mesmo tempo cheio de desejo, até que ela parou e me disse
Demi: Vamos para minha casa?
Voce: Claro! –disse mordendo os lábios-
--Demi Narrando onn—
Meu deus que felicidade que eu fiquei, ela era lesbian for me, o meu deus isso é maravilhoso, eu realmente estou muito feliz, eu não sei se ela gostou do beijo não sei se ela me quer assim, só sei que eu estou entregue a ela de corpo e alma, eu sei que eu não posso me atirar assim, mas, agora foi.
--Narrador narrando onn—
A viajem ate a casa da demi foi um silencio só, a (s/n) ficou apenas olhando o vidro do lado dela, em nenhum momento virou para demi, ela ficou um pouco triste, pensando que ela não teria gostado do beijo ou talvez não quisesse ela dessa maneira
--Demi narrando onn—
Chegamos!- disse ela num tom de tristeza—
Voce: Ah, obrigado por me trazer na sua casa- disse-
Demi: ah, que isso pode vim quando você quiser-disse sorrindo sem mostrar os dentes- então vamos entrar?!
Voce: Obrigada Demi!Vamos sim-Disso num tom um pouco fraco-
Nos entramos em casa, eu mostrei a casa pra ela, ela achou tudo muito lindo, logo nós fomos para sala- Voce pode fazer brigadeiro?- falei quebrando o silencio que lá reinava- claro!- ela respondeu com um sorriso falso, ela foi a cozinha e fez o brigadeiro ela voltou com a panela e com uma colher e me deu eu estava sentada no sofá
Voce: Cuidado, está quente! – disse em um tom de preocupação-
derrotada-
Voce: Quem disse que eu não gostei? Eu amei muito! – disse sorrindo—
Demi: Nossa, achei que você não tivesse gostado- disse comendo o brigadeiro-
Voce: Gostei sim – disse olhando ela comer-
Demi: Dorme aqui hoje! –disse –-
Voce: Não Demi, não quero encomodar! –disse dando um sorriso fraco-
Demi: Voce? Encomodando? Não mesmo! Só sou eu aqui, não tenho muita companhia como você pode ver né minha lovatic – disse a olhando nos olhos- nossa (s/n) isso aqui esta muito bom, meu deus!
Demi: tomarei cuidado, e obrigada por preparar o brigadeiro pra mim, você é demais- disse com um sorriso- (s/n)...
Voce: Fala demi –disse sentando ao lado dela-
Demi: Desculpa, hoje pelo negócio da festa, não sei o que deu em mim, desculpa mesmo, você não gostou do beijo- olhou pra baixo com o olhar de
Voce: Ah, já que você quer companhia eu fico sim, obrigada por me deixar ficar, que bom que você gostou –disse com um sorriso no rosto-
Larguei a panela em cima da minha mesinha de centro liguei a tv e coloquei minhas pernas em cima da (s/n) ela ficou um pouco sem jeito- Folgada voce hein!!- ela disse rindo- eu sei – respondi rindo—vi ela secando minhas pernas, ate que eu levantei um pouco mais meu vestido, pois fazia muito calor naquela noite- vi a (s/n) ficar olhando pras minhas pernas sem reação ate que ela se levantou e pediu pra que eu me levantasse
Voce: Demi levanta, por favor? – perguntou fazendo biquinho—
Demi: ah que biquinho lindo –disse me levantando—
Senti a (s/n) pegar minha cintura com força a me levar pra perto dela, nossa aquilo foi muito bom, ela me beijou, um beijo com desejo, e selvagem. Eu coloquei minhas mãos na sua nuca passando minhas unhas ali, sentindo ela se arrepiar inteira, senti ela colocar a mão nas minhas costas, e logo beijando meu pescoço, nossa eu me arrepiei inteira, ela parou de repente ela  sorriso maliciosamente ela sabia onde isso iria acabar então eu sorri de volta
-voce narrando onn-
Eu e a Demi estávamos sentadas no sofá quando percebi que a demi estava com aquelas pernas em cima de mim, isso me exitou um pouco eu admito, então do nada, ela começou a colocar aquele vestido um pouco mais pra cima, nossa eu não resisti, eu pedi pra ela levantar e peguei a cintura dela e a puxei-a para um beijo longo e selvagem, eu parei, porque sabia que acabaríamos transando depois disso, ela me olhou e sorrio, um sorriso que dizia “eu quero mais”.
Demi:Quer ver um filme? –ela me perguntou sentando no sofá, logo depois do beijo-
Voce: Claro, mas qual?—disse se sentando também—
Demi: Pode ser um de terror?
Voce: Sim, Atividade paranormal 3?
Demi: Pode ser, vou colocar o DVD –disse levantando-
Demi se sentou ao meu lado, mas não demorou muito pra ela ficar com medo e ficar agarrada em mim, pra ser sincera eu amei a ideia de ver um filme de terror, só por causa disso.
Demi: (s/n)...
Voce: Fala demi – disse olhando pra ela-
Demi: Voce se importa se eu só ficar com a minha langerie? – quando ela me perguntou isso, eu corei na mesma hora, ela percebeu e deu um risinho fraco-
Voce: Cl..Claro que pode demi, eu...eu não me importo – disse gaguejando-
Demi: Ah, valeu é que eu to com muito calor – Em quanto ela dizia isso, ela se levantou do sofá abriu o vestido e foi tirando devagarinho, eu estava com a boca aberta vendo aquela perfeição semi nua na minha frente-
Voce: Nossa...demi...voce é...linda...-disse sentindo minhas bochechas pegarem fogo-
Demi: Ah, obrigada bebe- disse em quanto sentava do meu lado- Agora para de babar e vamos ver o filme, pode ser? – disse rindo-
Voce: Eu não estou babando, eu só achei seu corpo bonito, apenas isso –disse rindo baixinho- e eu não sei se eu vou conseguir prestar atenção no filme com você semi nua do meu lado- disse séria-
Demi: Simples, não preste atenção no filme – ela disse vindo pra cima de mim-
Logo que vi que as coisas iriam ficar mais quentes entre a gente eu saltei do sofá e perguntei pra ela se eu poderia tomar banho, ela assentiu com a cabeça e disse que eu poderia pegar um pijama seu, toalhas e etc tudo estava no banheiro, então subi e fui tomar banho
--Demi narrando onn--  
Quando eu tirei minha roupa eu vi a (s/n) me secar muito, eu sabia que isso iria acontecer, mas não entendi o porque de ela ter fugido, do por que ela ter ido lá, tomar banho, achei isso estranho, ela disse que gostou do beijo, e ela falou q era “LFD” será que ela só falou isso pra Miley por que ela sabia que eu estava ouvindo? Acho melhor eu também ir tomar banho pra depois ir dormir. Subi as escadas e fui ao meu quarto, quando abri a porta dei de cara com a (S/N) apenas com sutiã e calcinha, meu deus, eu estremeci, ela me olhou com uma cara tipo “OMG DESCULPA DEMI” e eu só ali paralisada olhando aquele corpo lindo, até que cai na realidade
Demi: Opa, desculpa (s/n), desculpa mesmo – eu disse saindo, ate que eu senti alguém segurar meu braço,  a (s/n) ela me puxou para um beijo, um beijo calmo, ela colocou as mãos na minha cintura e eu coloquei na sua nuca, ela foi descendo a mão até chegar na minha bunda deu uma leve apertada (será que ela sabia que ali era meu ponto fraco?), eu gemi baixinho durante o beijo, ate que ela tirou a mão e parou o beijo-
Voce: Desculpa demi, eu vou voltar a me vestir – disse com um sorriso falso-
Demi: Desculpa? Desculpa pelo que? – disse pegando seu braço e virando pra mim-
Voce: Desculpa ter te beijado – disse com voz de derrotada-
Demi: Não se desculpe, não tem por que, eu sei que você quer isso até mais que eu, não quer? – disse olhando em seus olhos-
Voce: Claro que eu quero demi – disse ainda com voz de derrotada-
Demi: Então, por que você esta fugindo? –disse com cara de não entendida-
Voce: É que...que – ela ficou em silencio-
Demi: É por que? – falei séria-
Voce: EU SOU VIRGEM TÁ! – ela falou num tom mais alto, e foi em direção a cama pegar o pijama para se vestir, ela se vestiu-
Demi: Voce, é, virgem? –falei num tom de surpresa-
Voce: Sou! – falei abaixando minha cabeça e fazendo cara triste-
Demi: ah, desculpa, eu não sabia, ér...-ficamos em uma situação um pouco não confortável, eu fui até ela e sentei em seu lado na cama, acariciei os seus cabelos- Calma, a sua hora vai chegar-disse dando um sorriso-
Voce: Voce acha? –quando ela falou isso vi uma lagrima correndo dos seus olhos, isso me partiu o coração-
Demi: Sim, e vai ser com uma pessoa que você gosta muito e que também gosta muito de você! –Eu disse tanto animala-
Voce: O problema é, quem vai gostar de mim? Quem? Eu sou gorda, eu, sabe...simplesmente não sou bonita – ela começou a chorar, e chorar mesmo-
Demi: Heeeey, não fala isso, você é linda! Gorda? Se é louca cara? Voce é sexy, não gorda, ta louca?!! –disse limpando as lagrimas que escorriam do seu rosto-
Voce: Obrigada demi! Voce me ajudou muito nesse sentido, eu sofri muito bullying na escola e você me ajudou a passar por isso, muito obrigada mesmo, você é minha inspiração –disse me abraçando-
Demi: Oh, você já sofreu isso? Meu deus cara, você é tão linda. Fico feliz de saber que eu sou sua inspiração e obrigada a você também- falei ainda a abraçando, a soltei e senti uma lagrima descer de meu rosto em quanto a soltava-
Voce: Oh demi, não chore! –ela disse limpando a lagrima que descia do meu rosto-
Demi: Vou tentar – disse rindo-
Voce: Demi...-disse envergonhada-
Demi: Oi?-disse risonha-
Voce: Posso dormir com você? – vi suas bochechas corarem-
Demi: Claro que pode, eu vou tomar banho, você pode ir deitando se quiser- disse levantando da cama e indo em direção ao banheiro-
Voce: Obrigada demi –disse sorrindo-
--Voce narrando onn—
Eu acabei contando pra demi que eu era virgem, e acabei contanto também que eu sofri muito bullying na escola, eu me senti muito bem por ter contado isso a ela, ela ficou surpresa quando eu disse que eu era virgem , sei La parece que ela não se sentiu muito confiante. Eu realmente não sei o que eu sinto pela demi, eu acho que eu estou me apaixonando por ela, mas eu não posso, ela é famosa tem o mundo aos seus pés ela pode ter quem ela quiser, e o que ela vai querer comigo? Uma GAROTA gorda que não pode satisfez sua vontade na hora “h”, eu não saberia o que fazer e isso me deixa muito mal, diante de tantos pensamentos acabei adormecendo.
Acordei 10h não ouvi demi deitar ontem a noite, eu me vesti com uma roupa que a demi tinha separado pra mim na noite anterior, ela sempre pensa em tudo, fui ao banheiro fazer minha higiene matinal e passar uma make leve quando sai do banheiro vi a demi se levantando
Voce: Bom dia linda! –disse com um sorriso-
Demi: bom dia anjo- retribui o sorriso-
Voce: Obrigada por ter me deixado ficar ontem , acho que eu já vou indo! –disse indo em direção a porta-
Demi: Não! Não vai agora – disse fazendo biquinho-
Voce: Voce quer que eu fique? Você sabe que eu não resisto a esse seu biquinho
Demi: Sim! –disse dando um sorriso-
Voce: Então você vai ter que me dar um beijo – disse com um olhar malicioso-
Demi caminhou até mim, chegou em mim e me deu um selinho
Demi: E agora? Voce fica? –disse sorrindo-
Voce: Sim, agora eu fico –disse retribuindo o sorriso-
Demi caminhou até o banheiro e enquanto ela passava por mim, bati na bunda dela e ela deu um gemido baixo, mas eu consegui ouvir, fiquei surpresa, ela se virou e me olhou com uma cara muito maliciosa, se virou de novo e foi em direção ao banheiro, eu desci as escadas rindo de tudo isso. Quando escuto uns barulhos na escada e quando eu vejo é a demi com apenas um shorts e uma camiseta soltinha, com o cabelo preso em coque com uma make leve, então ela descia eu esta colocando café em uma xícara quando ela apareceu eu ultrapassei o limite da xícara e acabei molhando a abancada ela viu e deu risada de mim
Demi:  você é muito mongolona- disse rindo e me ajudando a limpar-
Voce: Culpa sua que aparece assim, poxa vida isso é de mais pra eu aquentar- ela riu alto me fazendo rir também-
Demi: mas você quer isso? –ela disse em quanto passava a mão por todo seu corpo
Voce: Se eu quero isso? Querida, eu já tenho isso, mas eu nunca usei– eu ri muito e ela também-
Demi: Ai (s/n) só você mesmo! –disse rindo-
Voce: Então eu acho que vou indo nessa, muito obrigada pela noite, e por tudo você é a melhor eu te amo demi! – falei a abraçando-
Demi: Oh, eu não queria que você fosse – disse fazendo carinha triste-
Voce: Voce quer sair comigo hoje? Já que não consegue ficar sem mim – disse com uma cara de convencida-
Demi: Claro que sim, mas credo hein, que convencida! –disse olhando em meus olhos-
Voce: Voce prefere sair sair, ou talvez ficar em casa?
Demi: Em casa, pode ser aqui?
Voce: Claro, chego aqui as 20h pode ser?
Demi: aham – ela me deu um beijo demorado- ate mais tarde
Voce: até mais tarde demi! – sai e fui em direção a minha casa-
--Demi narrando onn—
Vou ver a (s/n) hoje a noite, tenho que fazer uma coisa muito legal pra ela, quem sabe um filme, mas qual? Vou ter que procurar alguns, quero uma comedia romântica pra nós entrarmos no clima, não sei por que mas ela me faz sentir segura, única, eu acho que estou me apaixonando por ela, não tenho certeza. Sou interrompida dos meus pensamentos quando meu telefone toca-
--ligação onn--
Xxx: OI demi!
Demi: Miley?
Miley: Oi vadia!
Demi: Oi vadia minha, tudo bem meu amor?
Miley: Tudo bem, eu não vi você saindo da minha festa ontem, aconteceu alguma coisa? –disse preocupada—
Demi: Não nada! Eu só estava um pouco cansada –mentiu-
Miley: Ah, ok então – disse desconfiada- Voce soube o negocio da Selena?
Demi: Selena? O que aconteceu com ela?
Miley: Ela sofreu um acidente de carro, eu to aqui no hospital, ela ta bem mas ta com a perna quebrada! – disse com voz de choro-
Demi: Ah meu deus! Por que você não me avisou antes???? – disse com voz de preocupação- eu já to chegando ai! Em que hospital voces estão?
Miley: No (HostipalqualquerdeLa)
Demi: Ok, to indo pra i, beijos vadia!
Miley: Beijos
--ligação off—
peguei um café e fui até o hospital, chegando La fui falar com a moça que cuida dos visitantes, entreguei meus documentos e ela disse:
Enfermeira: Demetria Devonne Lovato, pode entrar quanto 867
Demi: Ah, obrigada- entrei no corredor e comecei a procurar o quarto até que eu achei e bati na porta e logo depois abri e vi Miley ao lado da Selena e percebi uma lagrima correndo nos meus olhos-
Demi: Selena? – fui me aproximando da cama cada vez mais, cumprimentei miley e ela me explicou que ela estava dormindo-
Miley: Ela esta mais ou menos bem né, ela esta sendo forte!
Demi: esta sim miley –disse enquanto pegava a mão dela- Eu vou lá na lancheria do hospital você quer alguma coisa?
Miley: Sim eu quero, eu quero, café, descafeinado e com espuma em cima, por favor –disse sorrindo-
Demi: Ok, vou La pegar “madame” – sai rindo
Miley: Mas credo! Olha o respeito!
Demi: Mas eu sou mais velha que você – disse rindo ainda mais
Miley: afe – disse fazendo bico-
Demi: já volto vou La pegar nossos cafés- disse saído-
--Voce narrando onn—
Logo depois que eu sai da casa da demi eu senti uma vontade imensa de voltar, não queria deixa-la, mas tinha que ir procurar um emprego bom para me sustentar NE, não posso viver se apenas ar. Fui na mesma lanchonete que encontrei demi para tentar conseguir um emprego, quando sai de La eu já tinha começava na semana que vem, fiquei muito feliz com o emprego. Voltei para casa e fiquei mexendo no twitter, no face, jogando até chegar a hora que me arrumar.
--demi narrando onn—
Demi: Miley! Seu café – disse em quanto abria a porta do quarto da Selena
Miley: Aeeee finalmente NE vadia lerda! Olha a sel acordou!
Demi: Não sou lerda- Disse enquanto entregava o café da miley pra ela, e depois correu ate a sel para La dar um abraço apertado-
Selena: D-D-D-Demi eu preciso respirar- disse enquanto dava leves tavas nos braços da demi-
Demi: Oh meu deus bebe, desculpa – disse depositando um beijo em sua bochecha-
Miley: Selena, você quer um chicle?
Selena: Quero sim miley! –disse sorrindo-
Miley: Tó – disse entregando, Selena abriu e comeu-
Demi: Selena o que aconteceu? –perguntou-
Selena: Eu sai da festa da miley e daí eu tava um pouco triste porque eu vi o Justin agarrando outra menina, daí eu tava em alta velocidade e bati o carro e o carro capotou!
Demi: Meu deus! Por favor não faça mais isso, quando a Miley me ligou eu quase tive um ataque cardíaco mulher! – disse rindo-
Miley: Até com isso tu ri?
Demi: Cala a boca Miley!
Selena: Só da pra rir de vocês duas, vocês sãos umas figuras hein- disse ela rindo-
[...]
Demi: Bom gente eu tenho que ir, tchau Selena, eu te amo, amanha eu venho de novo pode ser? –disse me despedindo dela-
Selena: Claro demi! Até amanha eu te amo, obrigada por ter vindo –ela sorrio-
Demi: Tambem te amo –levantei-me da cama e fui em direção a Miley- Tchau minha vadia linda! Te amo, você vai vim amanha?
Miley: Tchau linda! Tambem te amo, sim, na verdade vou ficar aqui com a Selena –disse me abraçando-
Demi: Ah, ok, te vejo amanha então –disse indo embora- tchau garotas!
Passei pela recepção já eram 19:00h entrei no meu carro e fui pra casa, cheguei La e fui tomar banho para esperar a (s/n) chegar, me arrumei toda passei uma make leve, quando eu escuto a campinha tocar, fui correndo lá quando abri La estava, a (s/n) nossa como ela estava linda
--Voce narrando onn—
Enquanto o tempo passava eu ficava não fazendo nada na minha casa quando vi já eram 19:00 fui me arrumei toda só pra demi, peguei meu carro que estava na garagem e fui pra lá, quando cheguei apertei a campainha e quando ela abriu ela estava simplesmente linda, eu me apaixonei totalmente por ela, senti borboletas no meu estomago senti minhas pernas ficarem fracas
Voce: Oi demi! –disse enquanto a abraçava, e sentia o seu cheiro que eu amava-
Demi: Oi (s/n) você esta linda! – disse me olhando dos pés a cabeça-
Voce: Voce também -disse mordendo os lábios devagar-
Demi: Entra! –disse dando passagem-
Voce: Obrigada!
Demi: Então vamos ver um filme? –disse indo me dar um beijo-
Voce: Claro – disse durante o beijo-
Demi: Então vamos –disse enquanto ela puxava minha mão-
Nós chegamos no seu quarto e eu sentei na sua cama, e ela colocou o filme era “A verdade nua e crua” e depois foi se sentar no meu lado. Eu coloquei meu braço em volta dela a trazendo pra mais perto de mim, ela me olhou, olhou meus lábios e me beijou.
--Demi narrando onn—
Eu não resisti eu a beijei, eu subi em seu colo sem separa o beijo, ficando com uma perna de cada lado, senti ela colocar a mão na minha cintura e apertou um pouco forte, eu gemi durante o beijo fazendo ela rir, ela foi descendo a mão até chegar na minha bunda, no qual ela bateu e apertou logo depois. Eu gemi um pouco mais alto dessa vez, mas de repente ela parou o beijo e eu fiquei a olhando com uma cara tipo “Por que você parou?”
Voce: Demi, eu não sei como fazer isso, eu tenho medo – disse com uma cara triste- eu não sei se eu vou te satisfazer, eu tenho medo de não ser boa o suficiente pra você –uma lagrima escorreu do seu olho-
Demi: Heey, não precisa ter medo – disse limpando a lagrima do seu olho- eu não quero te forçar a fazer nada que você não queira –disse saindo de cima dela-
Voce: Não demi! –ela me interrompeu me colocando de Novo em seu colo- eu quero, eu quero muito...-disse com um olhar malicioso mas também com olhar triste-
Demi: Então, se não ser certo essa vez, nós tentamos de novo ate certar, não acha?
Voce: Promete? –disse sorrindo-
Demi: Prometo – disse a beijando-
Ela me virou ficando por cima, nossa a (s/n) estava tão linda que eu quase entrei em transe a olhando, ela começou a beijar meu pescoço ela estava entre as minhas pernas e, então a sua intimidade estava roçando na minha mas ela ainda estava de calça, ela passou a mão dentro da minha blusa na minha barriga pedindo permissão para tira-la eu logo tirei e a empurrei ficando por cima dessa fez, eu atirei minha blusa e joguei por algum canto do quarto, logo comecei a beijar seu pescoço e fui em direção a sua orelha e disse em seu ouvido- eu sou toda sua- senti o corpo dela todo arrepiar, enquanto a beijava passei a mão pela sua barriga pedindo permissão para tira-la ela não hesitou logo tirou ficando apenas de sutiã
Ela me empurrou ficando por cima, ela beijou meu pescoço e cochichou no meu ouvido- você não pode me tocar- e prensou seus pulsos contra a cama- ok?- eu respodi- ok- ela começou a beijar meu pescoço e foi descendo até chegar no topo dos meu seios ela continuou beijando ate que ela tirou meu sutiã, eu estiquei minha mão e ela disse – você não pode me tocar- eu revirei os olhos- ela continuou, então ela tirou o sutiã dela bem devagar e o atirou no canto do quarto, a essa altura eu já estava totalmente exitada, ela foi me beijar e beijou meu pescoço e foi ate meu seio ela beijou o direito enquanto mexia no esquerdo, ela brincava, chupava passava a língua e eu gemendo – OH, (S/N) ASSIM, ASSIM!!!- isso só incentivava ela fazer ainda mais, logo ela foi beijando minha barriga e foi tirando minha calça –agora você pode me tocar- ela tirou totalmente a  minha calça eu fiquei apenas de calcinha, ela veio pra cima de mim e me beijou eu peguei no seu seio e ela deu uma gemidinha, logo ela voltou La em baixo e passou a mão na minha intimidade por cima da calcinha –nossa já ta toda molhadinha, eu nem comecei amor- eu apenas ri.
Ela tirou a minha calcinha com as mãos e abriu um pouco as minhas pernas ela lambeu fraco eu gemi ela ficou mexendo com a língua no meu clitóris e chupando forte e eu gemia feito uma condenada gemia o seu nome, agarrava o lençol, e tudo até que ela penetrou com a língua, eu gemi alto, muito alto ela ficou fazendo movimentou vai e vem dentro de mim e eu gemia – OH (S/N) VAI...MA...MAIS....RA.....RAPIDO- ela tirou a ligua e penetrou 2 dedos de uma vez só eu gemi mais alto ainda, ela fazia isso numa velocidade impressionante  ela fazia muito rápido eu esta suando gemendo o seu nome ela me beijou para abafar os gemidos até que senti meu corpo estremecer , sim eu tive um orgasmo. Ela tirou os dedos de mim e lambeu – nossa, seu gosto é muito bom- eu fui até ela e a beijei e a joguei na cama –agora é minha vez- eu comecei beijando seu pescoço e fiz uma trilha de beijos ate seus seios, chupei um e massageie outro, logo fui para sua barriga e tirei sua calça deixei apenas a calcinha, passei o dedo eu ri ela também riu. Tirei sua calcinha com a boca e pressionei o seu clitóris com o meu dedo ela deu um grito de prazer, logo comecei a chupa-lo ela gemia muito logo penetrei com a língua a fazendo gritar mesmo, não sei se foi de dor ou de prazer, logo comecei a fazer uns movimentos e ela – MAIS...RAPIDO DEMI- eu atendi e fui mais rápido com a língua mesmo, enquanto fazia os movimentos eu massageava o seu clitóris ela gemia feito uma desesperada ate que ela disse – Demi...MA...MAIS...MAIS RAPIDO...- implora- POR FAVOR...POR...FAVOR- penetrei dois dedos nela e fiquei fazendo um vai e vem muito rápido em quando eu chupava seu clitóris ela gemia, gemia meu nome o que me exitava muito, muito mesmo, até que eu senti um liquido no meu dedo sim, ela teve um orgasmo.
--Voce narrando onn—
Nossa eu tive uma noite incrível, te confesso que ela é muito boa na cama me impressionei muito. Depois disso nós ficamos nos olhando até que eu fui tomar banho e ela foi comigo, depois do banho nós trocamos o lençol porque estava suado e fomos dormir
--demi narrando onn—
Acordei mais cedo do que a (s/n), ouvi meu telefone tocar quando vi era a miley, eu esqueci totalmente da Selena no hospital, fui tomar banho e me vestir para ir no hospital deixei um bilhete pra (s/n) avisando que eu fui lá. Tomei um banho rápido, coloquei uma roupa confortável e tomei um café sai de casa e fui em direção ao hospital com o meu carro, quando eu cheguei lá entrei no quarto e vi a Miley dormindo do lado da Selena, eu fui La devagarinho e dei um susto na Miley
Miley: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH, CE é louca mulher???? QUER ME MATAR??
Demi: -riu muito da cara da miley- AI VADIA TU SABE QUE EU TE AMO NÉ!!!!!
Selena: Bom dia Miley e Demi –
Demi: Bom dia Selena – disse sorrindo-
Miley: Bom dia Sel – disse sorrindo-
Me aproximei da Selena e ela me contou como foi a cirurgia para colocar a perna no lugar, e disse que já poderia receber alta amanha, quando eu ouvi a porta bater, eu fui abrir e era a (s/n)
--Voce narrando onn—
Quando eu acordei vi que ela não estava no meu lado, mas vi um bilhete em cima do criado mudo. Me levantei fiz minha higiene matinal me troquei e fui para o hospital, cheguei La dei meus documentos para a enfermeira e ela me deixou entrar, procurei o quarto achei, bati na porta e para a minha surpresa a demi atendeu.
Voce: Demi! – disse a abraçando-
Demi: Oi (s/n) tudo bem contigo?-disse retribuindo o abraço-
Soltei ela e vi que a Miley estava lá sentada ao lado da Selena, demi me deu espaço para entrar fui entrar e cumprimentar Miley
Voce: Miley!!! – disse a abraçando-
Miley: (S/n) oooooi, que saudade de você! – disse retribuindo o abraço-
Voce: Nossa, ta muito gostosa nessa roupa-disse olhando a miley dos pés a cabeça-
Miley: ui, é que eu sou foda, você também hein, ta muito gostosa! – disse rindo-
Voce: ai miley só tu mesmo- disse rindo-
Selena: Miley quem é ela? – disse olhando pra mim-
Voce: O meu deus! Selena Gomez! Cara eu te amo muito, sério eu sou Selenator! – disse com um sorriso no rosto- selena, eu sou a (s/n), muito prazer-disse esticando a mão, senti uma lagrima correr do meu rosto-
Selena: Sim, sou eu, mesmo não parecendo com a perna quebrada-disse rindo- oh que amor você, não chora não amor, obrigada, eu também te amo, não chora vai, não quero ser o motivo das suas lagrimas mas sim do seu sorriso!- disse esticando a mão para cumprimenta-la- ah, a gente pode fazer melhor do que isso disse indo me abraçar
Voce: Sim podemos, te amo sel- disse abraçando ela-
Quando eu ouvi a demi fez um som dizendo tipo “ei eu ainda estou aqui”, quando eu olhei ela estava séria de braços cruzados a Miley chegou perto do meu ouvido e falou- Vixx...ela ta com ciúmes- senti a Selena passar a mão no meu rosto, virei pra demi de novo ela pegou a bolsa e saiu sem ao menos dizer o que houve. Virei pra Selena
Voce: Tenho que ir atrás dela-disse dando um beijo no rosto de sel- até mais linda, vê se melhora foi um prazer-
Selena: sim vai atrás dela-disse sorrindo-
Voce: Tchau vadia – disse dando um abraço rápido na Miley-
Miley: tchau vadia –disse sorrindo—
Eu sai e fui em direção a recepção e vi a Demi entrando no banheiro, fui correndo atrás dela, ela se sentou no chão e tava chorando eu entrei e a vi ali chorando, me aproximei dela sentei ao seu lado
Voce: O que foi? Por que esta chorando? – disse séria e sentando ao seu lado-
Demi: O que você acha? –disse seca-
Voce: Demi, você ficou com ciúmes? – disse olhando pra ela-
Demi: Eu não sei, acho que sim-disse com o rosto entre as mãos-
Me aproximei dela e a envolvi com meu braço trazendo ela pra perto de mim- não chora demi- disse acariciando seus cabelos- você sabe que eu só tenho olhos pra você- complementei
Demi: Mas a Miley te chamou de gostosa, a Selena acariciou seu rosto, eu só fiquei com medo de você me deixar, eu sei que você não é minha, mas..-ela disse chorando-
Voce: Mas...?-falei curiosa-
Demi: Mas eu já sinto como se você fosse minha, eu sei que eu não posso me integrar assim, mas você derrubou todas as barreiras que eu construi no meu coração- disse chorando-
Eu me virei pra ela, depositei um beijo em sua testa, limpei suas lágrimas com o polegar – Eu sou sua- disse dando um abraço nela- Só minha?- ela disse sorrindo- sim, apenas sua- disse depositando um selinho demorado em seus lábios. Logo depois nós levantamos para ir embora, ela se levantou primeiro do que ela estendeu a mão para eu poder me levantar, me levantei e ela ainda não tinha soltado minha mão a puxei para um beijo longo e com muito desejo, a prensei na parede e comecei a beijar o seu pescoço ouvi demi gemer baixinho isso me deixou totalmente exitada, pois eu queria dar prazer a “minha” garota. Pequei ela no colo, ela entrelaçou as pernas na minha cintura e a coloquei ela em cima da pia e continuamos o beijo, coloquei uma das minhas mãos em seu seio direito e apertei levemente, ela gemeu altinho, isso me exitou mais ainda. Fui escorregando a minha mão pela sua barriga chegando ao começo de sua calça, passei minha mão na sua intimidade por cima da calça, ela gemeu alto. Mas depois coloquei minha mão dentro da sua calça passando de leve meu dedo em sua calcinha, ela gemia meu nome; depois retirei minha mão e ela ficou me olhando tipo “Ah não vai terminar não?!”
Voce: Desculpa demi, acho que foi um pouco demais – disse olhando pra ela-
Demi: Guria ce é louca? Desculpa nada, eu adoro quando você faz isso, só que não gostei você ter parado-disse fazendo biquinho-
Eu fui mordi de leve o biquinho que ela fez e puxeu pra baixo e soltei levemente
Demi: Voce quer ir lá pra casa? –disse com um olhar malicioso-
Voce: claro que eu quero-disse sorrindo-
--Demi narrando onn—
Hoje no hospital foi muito bom eu me abri com ela, sabe, eu já amo ela, hoje vou leva-la em um lugar muito romântico, quero saber se ela me ama como eu a amo, por isso resolvi fazer uma pergunta a ela em quanto nos íamos pra casa, entramos no carro ela passou a mão de leve na minha perna- É melhor você não fazer isso se não ainda provoco um acidente- eu disse sorrindo-
Voce: Ok, não vou fazer isso aqui-disse sorrindo-
Demi: (s/n)...
Voce: fala dems –disse rindo-
Demi: Voce nao tem namorado certo? –senti minhas bochechas ficarem vermelhas-
Voce: Não eu não tenho, porque? –Disse a olhando—
Demi: Ah, não nada, você...ah...sei lá...namoraria com uma famosa?-senti minhas bochechas pegarem fogo-
Voce: Ah, depende da famosa! –disse dando um sorriso sem mostrar os dentes-
Demi: Quais famosas tu namoraria?
Voce: Miley...Selena
Demi: Só elas? –disse com voz derrotada-
Voce: Não, tem outra também, mas não sei se você vai querer ouvir
Demi: claro que vou, vai me diz –disse com um sorriso falso—
Voce: É...vo...voce- disse eu vi suas bochechas ficarem muito vermelhas—
Demi: Ah, eu? Nossa obrigada—disse sorrindo—
Voce: mas porque você queria saber?
Demi: Ah, por nada não...
O resto do caminho foi um total silencio, nem eu nem ela ousaríamos quebra-lo. Chegamos na minha casa, a (s/n) se sentou no sofá e eu também, eu liguei a tv e ela ficou me olhando trocar de canal.
Voce: Demi...
Demi: Fala meu amor-disse trocando de canal-
Voce: Voce gosta de mim?
Demi: Se eu gosto de você? –disse a olhando e depois desviando o olhar- sim, eu  gosto –disse a olhando séria-!
Voce: Ai demi, você me assustou, eu...eu também gosto de voce- disse indo me abraçar-
Demi: Vem, quero te levar em um lugar- disse se levantando e puxando a (s/n)-
Voce: Mas aonde? –disse curiosa-
Demi: Voce vai ver! –disse com um sorriso-
--voce narrando onn—
Demi acabou de me dizer que vai me levar em algum lugar, cara, eu acho que eu estou apaixonada por ela, e ela ainda disse que me ama, mas não sei se ela gosta de mim desse jeito que eu gosto dela. Chegamos na metade do caminho e a demi pediu pra eu  colocar uma venda nos olhos, eu atendi seu pedido e coloquei
Voce: Vai demorar muito?
Demi: Não muito, já estamos chegando –disse passando a mão na minha perna-
Voce: É bom mesmo –disse passando a mão sobre a sua mão—
Demi: Oh, chegamos –disse- pode tirar a sua venda-
Voce: eee chegamos –disse tirando a venda—
Quando eu tirei a venda vi um campo cheio de rosas brancas, com um por do sol maravilhoso, fique chocada com a beleza que era aquele lugar, olhei pra demi com uma cara de surpresa e ela apenas riu
Demi: Vamos? -Disse abrindo a porta do carro-
Voce: Aham –disse assentindo-
Nós saímos do carro e fomos em direção a uma toalha em baixo de uma arvore, nos sentamos e fizemos um piquenique. Demi colocou uma musica e se levantou me dando a mão- Quer dançar?- ela disse-Demi, eu...eu não sei dançar- fiz cara triste- Claro que sabe vamos- ela disse me puxando, ela colocou as duas mãos no meu pescoço e eu coloquei minhas mãos na sua cintura, e dançamos, até que ela parou e ficou me olhando nos olhos até que ela foi se aproximando e me beijou, foi um beijo lento e calmo, eu separei o beijo e fiz uma cara triste – O que foi? – ela perguntou – Ah, não adianta te beijar, me iludir, se isso não vai dar em nada-disse chorando-
Demi: Ei, não chora não, quem disse que isso não vai dar em nada?!
Voce: Ah demi, sabe você é super famosa pode ter quem você quiser é linda, sexy, porque você me escolheria? Eu!? Uma garota que sabe, não pode te dar joias, até pode te dar um pouco de prazer mas com certeza alguém pode te dar mais- disse chorando muito-
Ela ficou parada me olhando até que ela se aproximou de mim, limpou minhas lágrimas
Demi: Eu só quero você, eu não quero joias, eu apenas quero amor verdadeiro, e eu sei que você pode me dar isso, e em questão de prazer, eu acho que você se saiu muito bem mesmo pra uma primeira vez, isso se vem com a pratica
Voce: Porque eu demi? –disse tentando parar de chorar-
Demi: Porque eu te amo, e só quero você- disse indo me beijar-
Voce: eu te amo demi-disse durante o beijo-
Nós voltamos pra casa, logo depois disso, eu fui pra casa para descansar e pensar um pouco no que eu estava sentindo pela demi, eu sei que eu a amava de todos os jeitos possíveis, eu estava totalmente apaixonada por ela; fui tomar banho fazer minha higiene e fui dormir, em meio de tantos pensamentos acabei adormecendo.
No outro dia de manha fui ao hospital para ver Selena e Miley, cheguei lá mostrei meus documentos para a enfermeira e fui em direção ao quarto bati na porta –Toc* Toc*- e entrei
Voce: Selena! Bom dia- disse indo a direção a ela-
Selena: Oi linda, tudo bem com você? –disse sorrindo-
Voce: Sim, tudo ótimo! E você? –Disse retribuindo o sorriso-
Selena: Estou muito bem, vou receber alta hoje, e passei esses dias com a melhor companhia possível! –apontou para Miley, que ainda estava dormindo-
Voce: Own, que linda ela dormindo! –disse dando um sorriso bobo-
Selena: Ela é sim – disse dando um sorriso bobo também- Então, o que você é da demi?
Voce: E..Eu? Eu não so...sou nada...sou amiga, isso, amiga- disse dando um sorriso falso-
Selena: Ah, sei...-disse desconfiada-
Ouvimos a porta abrir, era a Demi, ela logo nos viu lá juntas e o seu sorriso desapareceu
Demi: Oi garotas –disse com ciúmes-
Voce e Selena: Oi demi –disseram em coro-
Voce: Bom Sel, acho que eu já vou indo, tudo de bom pra você espero te ver mais vezes, melhoras hein, se cuida –disse depositando um beijo em sua testa-
Selena: Que pena que você já vai –disse fazendo cara triste- Ah, obrigada linda, também espero te ver mais vezes por ai –disse dando um sorriso bobo-
Fui em direção a Miley, depositei um beijo em sua bochecha, mas ela nem se moveu –revirei os olhos e Selena riu- fui em direção a demi, nossa como ela estava linda lhe depositei um beijo na sua testa e lhe deu um abraço ela retribuiu o abraço –deu um sorriso falso- e eu sai fui para casa
--Demi narrando onn—
Eu fui visitar Selena pois era você que ela receberia alta do hospital, então quando eu entro no quarto vejo ela e a (s/n) conversando e vi a também ela beijar a testa da Selena, cara QUE PORRA È ESSA?? Eu sinto muito ciúmes quando é coisa com a (s/n) nossa, depois que ela foi embora pude conversar com a Selena
Demi: Oi sel linda! –disse sorrindo e se sentando na cama-
Selena: Oi Dems –falou sorrindo—
Demi: Entao preparada para ir pra casa?
Selena: Aham, to ansiosa –falou rindo- Demi, o que a (s/n) é sua?
Demi: A (s/n) ah, El...ela..ela é minha a-a-amiga sel –disso gaguejando-
Selena: Nossa, essa historia ta muito mal contada hein! –disse curiosa-
Demi: ta não sel –ela foi interrompida pelo medico que entrava no quarto-
Medico: Bom dia Stra.Gomez, Stra.Lovato, Stra.Cyrus –ele olhou para miley e deu uma risadinha- atrapalho?
Selena: Bom dia doutor!Não, claro que não
Demi: Bom dia doutor! –disse sorrindo-
Medico: Ah, que bom, então estou aqui para te dar alta! Voce só vai ter que apenas ficar com e gesso por mais alguns dias
Selena: Obrigada doutor!
Medico: Não por isso! Stras-disse se retirando-
Demi: tchau doutor!
Selena:Tchau doutor!
Miley: Nossa, que médico gato meu deus! –disse se levantando-
Demi: AEE! Acordou bela adormecida –disse rindo-
Miley: Não demi, eu ainda estou dormindo –disse sorrindo-
Demi: aiii, meu humorada do caralho- disse rindo-
Miley: também te amo; Oi Selena, quer que eu ajude com as coisas?
Selena: Oi Miley, claro obrigada! –disse sorrindo-
Demi: Bom meninas lindas eu acho que eu já vou indo –disse indo abraçar a Sel- Tchau Sel, eu te amo fica bem, vou qualquer hora lá te visitar-foi em direção a Miley- Tchau vadia, eu te amo se cuida e vê se não faz merda-disse enquanto abraçava Miley-  
Selena: Tchau dems, também te amo!
Miley: Tchau Dems, não vou fazer merda –disse irônica- também te amo

Fui para o estúdio, passei o dia todo lá gravando e re gravando, só voltei pra casa as 20h, tomei um banho coloquei uma roupa provocante e liguei pra (s/n)
Voce: Alo?
Demi: Oi amor –disse sorrindo-
Voce: Oi anjo-disse sorrindo-
Demi: Quer vim aqui em casa?
Voce: Claro, to indo!
Demi: to te esperando, beijo–disse-
Voce: Beijos
Sentei no sofá pensando na (s/n) em como ela me faz feliz, em como eu me sentia única e especial perto dela, como eu me sentia protegida. É, eu realmente a amava realmente eu esta apaixonada pela sua risada, pelo seu sorriso, por ela, eu esta apaixonada por ela. Em meio de tantos pensamentos de repente ouvi a campainha tocar, logo me levantei e fui atender
Voce: Demi! –me olhou dós pés a cabeça e mordeu o lábio devagar-
Demi: Oi meu amor –ri quando eu vi ela fazendo isso- Entra –dei espaço pra ela passar-
Voce: Então, você está tão, tão linda –disse com um olhar malicioso-
Demi: tudo isso é pra você- disse de aproximando de você-
Voce: Aé?! –disse enquanto pegava a cintura dela e trazia pra mais perto-
Demi: Sim – eu falei e já estava com os nossos lábios roçando—
--Voce narrando onn—
Quando eu vi a Demi naquela roupa meu deus cara, ela tava muito gostosa sério, muito mesmo mas eu tentei disfarçar a minha felicidade ao ver ela naquela roupa, então agi “normalmente”, entrei na casa dela perguntei o que iríamos fazer, mas ela começou a provocar muito.
Voce: Que bom –dei um sorriso malicioso e a beijei, um beijo com desejo e que transbordava amor, fomos andando pra trás ate o sofá (sem parar o beijo) até que ela recuou-
Demi: Opa-disse saindo dali com um sorrisinho no rosto-
Voce: O que aconteceu? –disse sem entender nada-
Demi: Ah, não sei –disse com a mão na cabeça-
Voce: Voce é muito ma, tu me faz ficar nesse estado, e depois sai, olha você é muito esperta- disse-
Demi: O que você já ta exitada?-disse com um sorrisinho malicioso-
Voce: Ah, obvio que sim, você com essa roupa ai e depois vem caminhando de um jeito sexy até mim, poxa vida né Demetria- disse a olhando com um sorriso de canto-
Demi: Nossa que rápido-disse andando até mim- então, você me quer? É isso? –disse com uma voz rouca e sexy no meu ouvido e indo beijar o meu pescoço-
Voce: Sim... eu... te... quero... –disse ofegante—
Demi: Ah sim, isso é bom, então basta você pedir pra me ter-disse no meu ouvido novamente com aquela voz sexy depois ficou olhando pra mim-
Nesse ponto eu já estava muito exitada, acho que ela também estava mas com certeza eu estava mais
Voce: Demi, eu não vou te pedir. –disse com um sorriso de canto—
Demi: O que? –disse com voz surpresa—
Voce: Eu vou fazer você, pedir por mais—disse com um sorriso malicioso—
Demi: Há-Há-Há—Riu irônica—
Voce: Aé? - Começei a beija-lá, passei a mão por todo o seu corpo, chegamos perto do sofá e fui a deitando sem parar o beijo, ela abriu um pouco as pernas e eu me deitei entre elas, nossas intimidades já estavam roçando, eu estava fazendo um vai e vem e ouvia ela dar baixou gemidos entre o beijo. Fui passando a mão por sua barriga mas não tocando nos seios, ela logo entendeu o recado e tirou sua blusa e eu tirei a minha, beijei seu pescoço, em quanto ela pegava um dos meus peitos. Eu gemi um pouco baixinho, pois ela apertou com um pouco de força, parei o beijo, e comecei a tirar a sua calça, fazendo ela ficar apenas de calcinha e sutiã, passei meu dedo indicador pela sua calcinha e percebi que estava meio molhada
Voce: Já? Nossa que rápido- disse irônica-
Demi: É culpa sua –disse ofegante—
Voce: Sua noite ainda só esta começando amor –disse a beijando—
Passei meu dedo indicador pela sua calcinha e pressionei seu clitóris de leve, ela gemeu alto, isso me satisfez muito depois tirei sua calcinha –olhei pra sua intimidade olhei pra ela e sorri- passei meu dedo por toda sua intimidade pressionei seu clitóris novamente e ela gemeu alto. Eu ameaçava penetra-la mas tirava meu dedos ou ia para o seu clitóris
Demi: Puta que pariu (S/N)!, faz logo que eu não to mais aguentando-disse-
Voce: Então você quer? –disse beijando seu pescoço-
Demi: S-S-Sim – disse gaguejando em quanto se arrepiava—
Voce: Voce só precisa pedir – disse em seu ovido com a voz mais sexy e rouca que consegui—
Demi: (s/n) por favor, me faça gozar agora—disse em quanto fazia biquinho—
Voce: Aham, agora sim—Disse com um sorriso nos lábios—
A penetrei com 2 dedos de um vez, ela gemeu alto, eu comecei a fazer aqueles movimentos de vai e vem, e ela gemia meu nome, o que me exitava muito
Demi: Ma...Mais....Ra....Rápido- disse ela em meio de gemidos—
Logo quando ela pediu penetrei 3 dedos e aumentei a velocidade, como ela pediu, em quanto fazia  os movimentos de vai e vem chupava seu clitóris, ela gemia muito alto, gemia meu nome, logo percebia seu corpo relaxar seus músculos contraírem e um líquido quente em meus dedos, é ela teve um orgasmo violento.
Demi: Vo...Vo...Voce é..é de...de...demais-falou ofegante- Agora é minha vez-falou vindo pra cima de mim-
Demi tirou minhas calças e minha camiseta me deixando apenas de calcinha e sutiã. Ela passou o dedo indicador pela minha calcinha
Demi: Ui, delicia –disse em quanto passava o dedo indicador na minha calcinha-
Ela começou a beijar minha barriga e apertou um dos meus seios, eu gemi alto, e ela sorriu, ela tirou minha calcinha e pressionou meu clitóris com força, gemi alto de novo, ela começou a passar a língua por toda a minha intimidade até que ela penetrou com a língua e começou a fazer movimentos que eu não consegui identificar muito bem, só sei que era maravilhoso
Voce: Ah Demi, ma...mais...ra...rapido--disse em meio a gemidos—
Ela tirou a língua e penetrou 2 dedos, ela ficou fazendo movimentos muito rápidos de vai e vem, eu gemia feito um desesperada, ela massageava meu clitóris com o polegar em quanto ela penetrava, senti meu corpo todo formigar, meus músculos relaxarem, eu tive um orgasmo violento.
Ela se deitou em meu peito e sorrio
Voce: Vo...Vo...Voce é ma...maravilhosa – disse ofegante-
Demi: Voce também – Disse me olhando—
Voce: Vamos tomar banho?! –disse tentando normalizar minha respiração—
Demi: claro, eu pego uma roupa pra você –disse se levantando-
Voce: Ah, obrigada Demi – disse se levantando e indo em direção ao banheiro—
--Demi narrando onn—
Nossa hoje a noite foi excelente, amei dar prazer a minha garota, e eu acho que ela gostou também, agora eu to aqui separando uma roupa pra ela
Demi: Posso entrar? –disse batendo na porta—
Voce: Claro—disse enquanto entrava no Box—
Demi: Oh esta aqui, uma toalha pra você e sua roupa também –disse enquanto a olhava-
Voce: Não quer vir tomar banho comigo?-disse com um olhar malicioso—
Demi: Aham— assendi com a cabeça e tirei minha langeri—
Voce: Nossa –disse me olhando tirar a roupa- que delicia hein –disse rindo-
Demi: Nem sou –disse entrando no Box-
Voce:Nossa imagine se fosse –disse rindo- Demi...
Demi: Fala -disse pegando o sabonete-
Voce: me ajuda a me ensaboar? –perguntou com um sorriso tímido-
Demi: Claro -disse pegando o sabonete- mas aonde? –me olhou com uma cara maliciosa—
Voce: Ah, em tudo –disse virando de costas-
Eu cheguei bem perto dela e passei o sabonete nas suas costas, depois passsei em seus braços, em sua barriga, subi para os seus seios, depois seus ombros, desci para sua cintura indo para suas pernas indo para sua bunda
Demi: Deu...-disse dando um beijo em seu pescoço-
Voce: Obrigada-disse virando de frente pra ela—
Demi: Voce quer me ensaboar também? –disse olhando tímida-
Voce: Claro que sim –disse pegando o sabonete-
Ela pegou o sabonete e passou na minha perna, foi para minha cintura, minha barriga meus peitos, minhas costas, meus ombros e minha bunda, dei um gemido baixo pois ela apertou também.
Demi: Obrigada – disse se enxaguando—
Voce: Não por isso –disse saindo do Box e pegando a toalha—
--Voce narrando onn—
Acabei de tomar banho com ela, nossa, ela é tão linda quase babei, eu estou muito feliz com esse meu tempo com a demi, mas eu quero mais que isso eu quero talvez namora-la quero ter ela pra mim, logo depois de mim demi saiu do banheiro se arrumou dentro de seu closet
Voce: Demi – Voce disse olhando pra baixo—
Demi: Fala —disse sentando no meu lado—
Voce: Ah, eu não sei como te-te dizer isso—Disse gaguejando—
Demi: Meu deus, o que aconteceu? –disse preocupada-
Voce: É que eu te amo demi-disse enchendo meus olhos de lágrimas—
Demi: Mas, você já me disse isso tantas vezes – disse dando um sorriso bobo—
Voce: Mas eu não te amo assim, como fã, eu te amo como mulher, eu...eu...eu estou apaixonada por você Demi –disse chorando—
Demi: (s/n), não chora...eu...eu também te amo –disse me abraçando—
Voce: Mas não do mesmo jeito que eu – disse se levantando e indo em direção a sua bolsa—
Demi: Heey, quem disse que eu não te amo desse jeito? –disse quase chorando—
Voce: Eu não sei, nunca pensei que alguém como você, poderia gostar de alguém como eu –disse indo em sua direção—
Demi: Eu te amo –disse me abraçando—
Voce: Eu também te amo –disse sorrindo—
Demi: (s/n) eu sei que isso pode ser um pouco louco, mas, voce quer namorar comigo?
Voce: Ai meu deus, sim, sim, sim, eu quero sim –disse a abraçando e beijando sua bochecha—
Demi: Não mereço um beijo não? –disse fazendo biquinho-
Voce: Eu não resisto quando você faz biquinho –disse se aproximando—
Nossos lábios se encontraram, logo passei minha língua pela seu lábio inferior pedindo passagem e ela  logo abriu um pouco mais a boca e nossas línguas se encontraram, senti meu corpo todo se arrepiar, nossas línguas tinham uma sincronia incrível, parecia que dançavam juntas. Fomos separando o beijo por causa da merda de falta de ar, nós nos olhamos e sorrimos – Voce é tão linda – eu disse – Voce é mais – disse colocando a mão no seu ombro. Logo o celular da Demi tocou
--Ligação onn--
Demi: Alo?
XxxX: Oiiiiiiiiii vadia minha
Demi: Miley?
Miley: Não não, minha avó –disse irônica-
Demi: Oi vó da Miley –disse rindo-
Miley: Vai se fuder demetria
Demi: Não me chama de Demetria caralho!
Miley: Ui, demetria –disse rindo-
Demi: aff miley- disse-
Miley: Enfim vadia, eu só to ligando pra te convidar pra um acampamento que vi ter, você pode levar a (s/n)?
Demi: Claro, eu pergunto pra ela se ela quer ir, mas porque tu quer que ela vá? –disse desconfiada—
Miley: ah, sei lá, eu gosto dela acho ela muito tri –disse rindo-
Demi: ah, ta –disse seria—eu pergunto pra ela e já te mando uma mensagem pode ser?
Miley: Pode sim, é amanha as 14:00h e a gente se encontra no starsbucks
Demi:Ta bom, beijo, vadia
Miley: Beijo
--Ligação off—
Demi: Amor, você quer ir num acampamento que a Miley vai? –perguntou séria-
Voce: Claro, eu adoro a miley ela é do tipo de pessoa que quando você conhece você se apega fácil –disse rindo, demi me olhou séria—
Demi: Ah tão tá – disse seca—
Voce: Porque voce esta assim comigo?
Demi: Eu to normal –disse seca—
Voce: Demi, você esta com ciúmes? –disse rindo baixo—
Demi: Sim, ela disse que gosta muito de você, e daí depois tu falou que ela é uma pessoa que blá blá blá – disse desviando o olhar e baixando a cabeça—
Voce: Owwwwwn que linda você com ciúmes – disse a abraçando ela deu um sorriso—você sabe que eu só tenho olhos pra uma pessoa né
Demi: Ah é? Quem?
Voce: Voce—senti minhas bochechas corarem-
Demi: Owwwwwn, que linda-disse depositando um beijo em minha testa—Voce quer dormir comigo hoje? –disse levantando da cama—
Voce: Pode ser – disse levantando também—
Demi foi em direção ao banheiro, e eu desci para fazer alguma coisa para nós comermos, fiz dois sanduiches naturais com dois sucos de uva, fui até o quarto e larguei os sanduiches em cima do criado mudo. Logo depois demi saio do banheiro e eu entrei, quando saio do banheiro me sentei ao lado de demi na cama e comemos os sanduiches, logo depois fomos dormir.
--Demi narrando onn—
Acordei já eram 12:00h mas não quis acordar a (s/n) porque ela parecia um anjinho dormindo fui ao banheiro fazer minha higiene matinal, fui ate a cozinha preparei o almoço para nós duas, subi as escadas e entrei no meu quarto para acorda-la, deitei na cama bem devagar e depositei um selinho em seus lábios, ela sorrio
Voce: eu poderia acordar assim todos os dias, eu nem iria me importar-falou rindo-
Demi: Bom dia linda –disse sorrindo—
Voce: Bom dia princesa –disse sorrindo—
Demi: Vamos almoçar, já são 13:00h, daqui a pouco nós temos que ir
Voce: O que??? Já são 13:00h? Meu deus eu dormi demais – ela levantou rápido e foi em direção ao banheiro, eu fui até o meu o closet me trocar e fui pegar uma roupa pra ela—
Demi: Puta que pariu isso aqui ta muito alto, eu não vou conseguir pegar –disse colocando a mão na cintura—
Você: Quer ajuda nanica ? – Disse rindo—
Demi: Como é que é? Nanina? Eu não sou nanica só sou baixinha e voce é so 1 cm mais alta que eu- disse fazendo biquinho—
Voce: Voce sabe que eu não resisto a esse seu biquinho né--  disse indo pegar o que eu ia pegar—
Demi: eu sei por isso mesmo eu faço—disse rindo—isso ai mesmo –disse quando ela pegava a roupa—vista isso rápido—disse enquanto saia do closet
Voce: Ui, ok madame—disse indo—
Demi: Há há há - riu irônica-
Eu fui até o quarto para pegar minha mala, eu demorei uns 10 minutos pra fazer, logo a (s/n) saiu do closet, nossa ela estava linda.
Voce: Demi, eu preciso ir na minha casa, arrumar minhas coisas –disse—
Demi: Ah, mas antes vamos lá almoçar primeiro pode ser?
Voce: Claro que sim vamos –disse sorrindo—
Nos almoçamos depois ela foi embora para arrumar suas coisas, e depois de 20 minutos ela voltou admito que eu fiquei com saudades, eu não consigo mais ficar sem ela, durante esses 20 minutos eu fui lá comprar um anel de namoro
Demi: Amor –disse abrindo a porta—
Voce: Demorei muito? – disse sorrindo—
Demi: Não, mas já temos que ir—disse dando espaço para ela adentrar em casa—
Voce: Ah, ok –disse entrando em casa—
Demi: Mas antes –eu peguei a caixinha e abri pra ela—tenho que fazer o pedido oficial, (s/n) quer namorar comigo? –disse sorrindo—
Voce: Ah demi, claro que eu quero –ela disse com uma lagrima escorrendo dos seus olhos—
Demi: Ai amor não chora – disse em quanto colocava a aliança no seu dedo—vem cá –eu disse pegando ela pela cintura— Eu mereço um beijo?
Voce: Um, dois, três –disse dando 3 selinhos em mim-
Demi: Vamos indo? Já são 13:40! –disse te soltando—
Voce: Claro!
Nos saímos, colocamos as malas no porta malas e fomos em direção ao starsbucks
Voce: Demi –falou com voz de derrotada-
Demi: O que foi meu amor?
Voce: Voce vai me assumir publicamente? –perguntou tímida-
Demi: Claro que sim—disse sorrindo—
Voce: Ah, achei que você não queria –disse sorrindo falso—
Demi: Claro que eu quero, eu te amo, e quero que todos saibam disso – falou sorrindo—
Voce: Eu te amo Demi –disse passando a mão na minha perna—
Demi: Eu também te amo, melhor não passar a mão na minha coxa porque se não eu posso causar um acidente aqui—falou rindo—
Voce: Não vou mais passar – Falou rindo—
Assim que chegamos no lugar avistamos Miley, Liam, Selena, Justin B. Fomos até lá
Miley: Oi vadias lindas- disse se levantando e nos abraçando—
Demi e Voce: Oi miley –disseram retribuindo o abraço—
Voce: Oi Liam, prazer (s/n) –disse estendendo a mão-
Liam: Oi (s/n) prazer – disse esticando a mão para um aperto—
Demi: Oi liam –disse depositando um beijo em sua bochecha-
Liam: Oi demi –disse sorrindo—
Voce: Selena! Oi linda, como você tá? – disse dando um abraço apertado—
Selena: (s/n) meu deus que saudades, eu estou bem, já tirei o gesso e você? –disse sorrindo e separando o abraço—
Voce: Eu estou bem – olhou pra Justin- oi Justin, prazer (s/n) –estendeu a mão para um aperto-
Justin: Prazer (s/n) –disse esticando a mão de volta—
Miley: Então já que todos nós nos conhemos, vamos? –todos se levantaram e foram em direção ao carro da Miley
Selena: Pera, nós somos em 6, não podemos ir no mesmo carro –disse antes de todos entrarem no carro-
Voce: A gente pode fazer assim, o Liam pode ir dirigindo daí a miley vai no lado dele atrás vai eu, e sel o justin e a demi pode ir no meu colo –disse olhado pra demi-
Miley: É, gostei, pode ser assim mesmo –miley disse entrando no carro—
Selena: Aham pode ser –disse puxando Justin pra dentro do carro-
Voce: Vamos Demi? –disse-
Demi: claro – disse sorrindo
-voce narrando onn—
Entrei no carro e logo demi veio atrás, ela sentou no meu colo e eu a abracei como se fosse o sinto de segurança
Demi: Gente, tenho uma coisa pra contar pra vocês –disse olhando pra mim-
Miley: fala demetria –todos olharam pra demi, menos liam-
Demi: A (seu nome) é minha namorada –disse sorrindo pra mim-
Selena: eu sabia que tinha uma coisa estranha entre vocês duas, que bom demi, você acho alguém que realmente te merece- Selena disse sorrindo-
Justin: É verdade demi, parabéns! –disse sorrindo-
Miley: Aahhhhhhhhhhh que fofas geeeente! Parabéns Demi, a (s/n) é a melhor, eu amei vocês duas juntas é o casal mais fofo que eu já vi.
Demi: Obrigada Miley –ela disse olhando pra mim e depositando um selinho em meus lábios, eu abracei ainda mais forte-
Selena: Miley, coloca uma música ai!
Miley: Coloco sim, mas qual? Tenho os cdc’s Stars Dance, Bangerz, Demi e believe.
Voce: Coloca o Demi!
Selena: Shiu (s/n) coloca o Stars Dance!
Justin: Eu voto pelo Believe! –disse rindo-
Miley: Eu vou colocar o Demi, depois eu troco Sel
Selena: Ah, bom mesmo -disse fazendo biquinho-
--narrandor onn—
Miley colocou o cd “demi” pra tocar então eles fizeram toda a viajem e conseguiram ouvir todos os cd’s. Quando chegaram era final de tarde, Liam e o Justin foram montar as barracas, em quanto as meninas iam descarregar o carro.
--Demi narrando onn—
(seu nome), eu, Miley e Selena, fomos descarregar o carro. Quando acabamos os meninos já tinham montado as barracas e feito uma fogueira, todos nós nos trocamos colocamos roupa de banho para ir em uma cachoeira que tinha lá perto, tomamos banho e voltamos ao acampamento. Nos trocamos novamente.
Miley: Gente, vamos jogar Verdade ou desafio?
Selena: opaa, vamos sim-disse sorrindo-
Justin: claro!
Voce: aham –disse sorrindo-
Demi: Vai dar merda, mas tá, vamos jogar
Liam: Vamos sim, só deixa eu ir pegar uma garrafa –liam se levantou foi até a sua mochila e pegou uma garrafa de Whisky vazia- deu –disse sentando-- vamos jogar. Miley amor, quer girar?-disse entregando a garrafa a ela-
Miley: claro amor, obrigada –disse pegando a garrafa-
Miley girou a parou em Mim e nela
Miley: Verdade ou desafio gata?
Demi: Desafio –disse sorrindo—
Miley: Eu te dasafio...hum...a dar um chupão no pescoço da (s/n) –disse sorrindo-
Demi: Vishi! Só? Ai Ai Miley –disse se virando pra ela e indo em direção ao seu pescoço, chegou perto e deu um chupão que provavelmente deixaria roxo- Agora deixa que eu giro-disse- caio na Miley e na (s/n)
Miley: verdade ou desafio?
Voce: Verdade
Miley: É verdade que a demi fica muito mais linda sem roupa? –disse me olhando e depois voltando o olhar pra (s/n)-
Voce: Olha, ela fica linda de qualquer jeito, mas sem roupa ela fica muito gostosa –disse olhando pra Miley- Minhas bochechas coraram— deixa que eu giro-caiu na Selena e em mim-
Selena: Verdade ou desafio?
Demi: Desafio
Selena: Eu te desafio e ficar 5 minutos sem camisa
Voce: TA LOUCA? ELA NÃO VAI FAZER ISSO! –ela disse com a voz um pouco mais alta-
Demi: calma amor é só um desafio – disse em quanto tirava a Blusa-
Selena: ae Demi, agora é so esperar um pouco- vi que a (s/n) saiu da li quase chorando, ela entrou na barraca e ficou lá, logo me levantei e fui atrás dela- Eu fiz alguma coisa errada?
Miley: -deu um tapa no braço da sel- Obvio né, tem meninos aqui idiota-
Selena: ai miley, mas e daí?
Miley: aff Selena ¬¬’
Fui até a barraca quando eu me aproximei dava pra ouvir um choro baixinho, eu adentrei na barraca e vi a (s/n) chorando
Demi: Amor, o que aconteceu? –disse se sentando perto dela—
Voce: O que você acha demi? –disse seca—
Demi: Foi porque a Selena me desafio a tirar a blusa?
Voce: Sim, daí você tirou o justin e o liam ficaram olhando para os teus peitos, só faltou babar ali –disse chorando—
Demi: Ai amor, você sabe que eles são só seus –disse deitando só do seu lado—
Voce: Eu sei, mas mesmo assim –falou limpando a lagrima do seu rosto—
Eu peguei a sua mão e coloquei sobre um dos meus peito –eles são seus, já disse- falou rindo--
Voce: Nossa, que macio –disse apertando de leve— Gemi baixinho— Pode voltar lá pra continuar, eu não vou mais- ela disse tirando a mão-
Demi: Mas...-ela me interrompeu-
Voce: Pode ir demi, eu vou ficar bem...-eu sai, quando cheguei lá vesti minha blusa e me sentei no meu lugar-
Selena: ela ta bem? –disse preocupada-
Demi: Não muito –disse-
Selena: Eu vou lá falar com ela, continuem jogando sem mim –ela disse-
Selena foi em direção a barraca da (s/n) ela adentrou
--voce narrando onn—
Eu não acredito que a Selena falou pra demi fazer aquilo cara, meu deus ela não viu que tinham meninos ali não. Depois que a demi saio eu parei de chorar, mas fiquei pensando na merda que a Sel tinha feito, logo a ouvi
Selena: Posso entrar?
Voce: tanto faz –disse seca-
Ela entrou e sentou do meu lado
Selena: desculpa (s/n) eu não sabia que você ia ficar assim, desculpa mesmo-disse a olhando-
Voce: você sabe o que voce fez né?! –falou seca-
Selena: Sim, desculpa (s/n) –disse olhando pra baixo—
Voce: Eu não quero conversar mais Selena – disse chorando—
Selena: ta bom, até amanha-disse saindo— eu fiquei em silencio-
No meio de tantos pensamentos acabei dormindo, nem ouvi demi chegar. Acordei no outro dia fui fazer minha higiene matinal, coloquei meu biquíni e fui na cachoeira tomar banho, voltei para o acampamento e vi todos tomando café, me sentei ao lado da Demi
Voce: Bom dia pessoal
Demi: Bom dia amor –disse me dando um selinho-
Selena: Bom dia
Miley e Liam: Bom dia –os dois sorriram-
Justin- Bom dia
Voce: Então o que nós vamos fazer hoje? –perguntei-
Miley: Uma trilha, nós vamos subir a montanha, o Liam que sabe o caminho –disse-
Liam: É bem fácil de subir, não vai demorar muito, acho que uns 10 minutos.
Voce: Ah, então nós vamos agora? –perguntei curiosa-
Miley: Podemos, gente peguem água
Selena: Sim Miley, eu já peguei.
Voce: Selena, será que nós podemos conversar? –falou se levantando-
Selena: Claro –falou se levantando também-
Fui até um ponto distante do acampamento, ela veio atrás de mim.
Voce: Então Selena, me desculpa ter agido daquela maneira, eu exagerei um pouco, desculpa mesmo –falei a olhando nos olhos-
Selena: Me desculpa, você também tão vou mais fazer esse tipo de desafio, posso te abraçar? –falou sorrindo-
Voce: claro, vem cá – disse abrindo os braços para um abraço longo—
Eu coloquei meu braço em volta da sua cintura e ela em volta do seu pescoço, voltamos assim até o acampamento
Demi: QUE PORRA É ESSA AI? –disse—
Voce: A gente se acertou agora, demetria –disse rindo-
Demi: Não me chama de Demetria –disse seria-
Miley: Se fudeu (S/n) – ela falou rindo, tirei meu braço de volta da Selena—
Voce: Vem cá Demetria- eu disse a puxando ela do seu lugar, ela se levantou peguei na sua cintura e dei um beijo de tirar o fôlego, senti umas das mãos de Demi ir parar na minha bunda—
Miley: affe vocês duas tá, nos deixando aqui de vela – falou revirando os olhos-
Voce: Isso é inveja Miley –disse rindo, vi demi se sentar de novo—
Miley: Inveja? – falou rindo—Acho que não hein—
Voce: Ai miley, só tu mesmo – falei rindo-
Demi: (s/n) vem Ca, senta aqui –ela falou batendo as suas mãos em suas pernas-
Eu fui até ela e sentei em seu colo, ela me envolveu com seus braços
Selena: Eu não quero dormir na barraca do lado da demi hoje, porque hoje rola hein! –disse rindo, Miley riu muito-
Demi: Há-há-há Selena, que engraçado- disse revirando os olhos
Voce: Nossa que engraçado-disse revirando os olhos também-
Liam: Vamos garotas? –disse pegando a mochila-
Justin: Heeey, você esqueceu de mim, seu viado –disse dando um soco no braço do Liam-
Liam: Não esqueci não, vamos garotas e justin- disse rindo-
A Miley riu muito assim como a Selena, demi e eu também. Fui me trocar
Subimos a montanha, mas no meio do caminho eu já estava um pouco cansada, então eu parei um pouco e demi parou comigo, puxei ela pra perto de mim e dei um beijo daqueles, coloquei minha mão na sua perna e então ela recuou
Demi: (s/n), (s/n)—Disse em quanto separava o beijo-
Voce: O que foi? –disse sem entender-
Demi: Se não pararmos agora, vamos acabar transando no meio no meio da trilha– disse rindo—
Voce: É verdade, desculpa—disse rindo-- vamos tentar alcançar os outros –disse em quanto caminhavam mais rápido—
Alcançamos os outros e logo depois chegamos no topo da montanha
Selena: Nossa, que lindo que é aqui- disse olhando para o campo de rosas que tinha, e varias arvores ao redor, com arbustos de todas as cores-
Justin: É lindo mesmo, acho que vou gravar um clipe aqui um dia –disse rindo-
Liam: Ai justin –disse rindo-
Miley: É maravilhoso esse lugar, vem vamos La no campo de rosas –disse me puxando pela mão-
Chegamos lá e eu tirei uma rosa pra dar pra demi, cheguei perto dela e a entreguei a rosa
Voce: Pra você –disse entregando a rosa-
Demi: Oh meu amor –disse pegando a rosa e me dando um abraço-
Selena: Paro com a melação ai –ela disse estragando todo o clima-
Nós fomos em direção onde estavam os meninos e estendemos uma toalha xadrez em baixo de uma figueira, e almoçamos lá, ficamos lá até anoitecer, queríamos ver o por do sol. Quando voltamos fomos tomar banho na cachoeira, a demi não parava de me provocar durante todo o tempo, ou passava a mão na minha bunda ou falava coisas no meu ouvido voltamos para o acampamento fomos dormir, justin e sel numa barraca, liam e miley em outra barraca e eu e demi em outra. Deitamos, uma virada pra outra.
Voce: To com saudade do seu corpo colado no meu-disse em quanto passava a mão pela perna da demi-
Demi: Aé? –disse se aproximando, ela sentou no meu colo e começou a beijar meu pescoço-
Voce: Aham --falei ofegante—
Demi foi descendo os beijos tirou minha blusa beijou os topos dos meus peitos e foi descendo ate chegar em minha barriga ela tirou meu shorts me deixando apenas com sutiã e calcinha. Ela passou o dedo na minha calcinha e fui que estava um pouco úmida
Demi: Mas já!? – ela disse rindo-
Voce: Culpa sua que eu estou assim- disse rindo
Demi voltou a me beijar, quando de repente nós ouvimos alguém chamar lá fora
Miley: Demi!
A demi olhou pra mim com um olhar tipo “Fudeu”  e me deu minha blusa e meu shorts
Demi: Oi Miley, pera só um minuto! –ela falou- vamo (s/n) se veste logo- falou sussurrando-
Miley: Eu ouvi tá –ela falou em quanto ria-
Eu terminei de me vestir, e a demi abriu a barraca
Demi: Fala miley –disse-
Miley: demi tu tem um absorvente pra me emprestar?
Demi: tenho, espera –disse se virando pra bolsa, a demi tirou um absorvente da bolsa e entregou a Miley.
Miley: Obrigada Dems, e desculpa atrapalhar vocês –disse rindo-
Demi: Vadia, boa noite –disse entrando na barraca e fechando-
Demi se virou pra mim, e eu a olhei com uma cara seria
Demi: Então, quer continuar o que nós começamos? –disse vindo pra cima de mim-
Voce: Não, perdi a vontade agora –disse virando para o outro lado-
Demi:  O que? –disse surpresa-
Voce: Perdi a vontade agora, não to mais no clima – disse dando uma risadinha-
Demi: Ah puta que pariu, tudo culpa da miley, ah que caralha isso –falou irritada se virando pro lado- Boa noite (s/n)
Voce: Boa noite demi –falou se virando pra ela (ela estava de costas pra você) você encaixou o seu corpo no dela por trás, deu um beijo em seu pescoço, viu ela se arrepiar e sussurrou em seu ouvido- Voce ainda quer?
Demi: Obvio que sim –falou-
Eu virei demi de barriga pra cima e fiquei entre suas pernas a beijando, desci meus beijos para o seu pescoço ouvi ela gemer baixinho, eu ri, tirei sua blusa e a minha, olhei seus peitos e deu um sorriso malicioso, beijei o topo deles e lambi também. Passei para a barriga, onde beijava e lambia, tirei seu shorts e sua calcinha de uma vez só, abri um pouco suas pernas prensei seu clitóris e ela gemeu, massageava rápido seu clitóris, logo comecei a chupa-lo, passei minha língua por toda a sua intimidade, penetrei com a língua e fiquei fazendo movimentos de vai e vem dentro dela, e ela gemia.
Demi: Mais Rá...Rà...pido –disse ofegante-
Logo tirei minha lingua chupei seu clitóris, ela gemeu, penetrei 3 dedos de uma vez e fiquei fazendo vai e vem em uma velocidade absurda, ela não parava de gemer um segundo
Demi: Ah...Ah (s/n), (s/n) eu...eu...eu vou gozar...ah –disse ao meio de gemidos e se contorcendo de prazer-
Voce : Isso goza pra mim goza –disse retirando os 3 dedos e voltando a penetra-la com a língua e voltando fazer movimentos e massageando seu clitóris com o dedo.
Logo senti seu corpo estremecer, e senti um liquido quente na minha língua, lambi todo o seu gozo
Voce: Nossa, o seu gosto é muito bom –disse a olhando maliciosamente-
Demi: O seu é melhor --disse vindo pra cima de mim—
Voce: Eu não sei não hein! –disse-
Demi começou a me beijar, depois começou a beijar meu pescoço depois desceu ate minha barriga e em quanto beijava minha barriga apertava um dos meus peitos e eu gemia altinho, demi tirou minha calcinha e massageava meu clitóris com o dedo indicador
Voce: Mais rá...rá...rápido demi –disse ofegante-
Demi penetrou 2 dedos e começou a fazer os movimentos de vai e vem, eu me contorcia de tanto prazer que eu estava sentindo, era uma coisa única e especial, ela começou a beijar meus lábios depois desceu para chupar meu clitóris. Senti meu corpo estremecer, senti meu corpo formigar, senti um liquido quente descer eu gemi alto, demi retirou os dedos e lambeu o liquido retido neles
Demi: Seu gosto é bom, muito bom – disse lambendo os dedos de um modo muito sexy.
Voce: Nossa...vo...vo...voce...é...muito sexy – Disse tentando normalizar a sua respiração
Demi: Voce é mais –disse me beijando—Vamos domir?
Voce: Vamos sim –disse virando pro lado—
Demi: Poxa vida hein, nem um beijo eu mereço? – disse fazendo biquinho—
Voce: até dois –disse indo me beijar—
Demi: ah agora sim, vem vamos dormir –ela se deitou me encoxando e com a mão na minha perna
--demi narrando onn—
Acordei mais cedo que a (s/n) fui tomar meu banho e fazer minha higiene matinal, quando voltei para o acampamento vi apenas Liam e Miley sentados se beijando, eu resolvi não atrapalhar mas acabei pisando em um galho e fazendo um barulho imenso, miley parou o beijo rápido e olhou pra mim
Demi: Ai desculpa gente, desculpa mesmo eu não quis atrapalhar
Miley: Ah, não foi nada, a gente não tava fazendo nada
Demi: Não magina, estavam quase se comendo
Liam: Ai demetria só você mesmo  -disse rindo-
Ouvi um barulho vindo atrás de mim,era a Selena e o Justin levantando
Selena: Bom dia gente –disse indo em direção a cachoeira-
Justin: Oi gente! –disse seguindo Selena-
Todos: Bom dia –disseram com um sorriso no rosto—
Demi: Bom eu acho que eu vou lá acordar a (s/n), a minha dorminhoca-disse sorrindo—
Fui em direção a nossa barraca adentrei ela e me deitei ao seu lado, acariciei seus cabelos, e sorri bobamente até que percebi ela se mexer
Voce: Bom dia amor –disse sorrindo—
Demi: Bom dia vida—disse sorrindo— Vamos levantar? Daqui a pouco temos que ir
Voce: Vou sim, vou tomar banho também – disse levantando e depositando um selinho em meus lábios –
Demi: Te encontro no acampamento – disse saindo da barraca—
Voce: Ok bebe—disse indo em direção a cachoeira—
Voltei para onde estava Miley e Liam, me sentei ao lado da miley e nós começamos a conversar, logo vejo a (s/n) de biquine vindo em minha direção, nossa ela estava tão sexy com aquele biquíni.
Voce: Oi meu amor –disse depositando um selinho em meus lábios- oi liam, Oi miley gostosa
Miley: Oi gata –disse sorrindo—
Demi: Que putaria é essa? –disse cruzando os braços—
Miley: O que não posso mais chamar minha amante de gata? –fez cara de desentendida—
Demi: A sua O que?? –disse mais alto—
Miley: Amante demi-falou sorrindo—
Voce: Ai miley –disse dando um tapa no seu braço— Fica calma demi – falou rindo—
Demi: Só vocês duas pra me tirar do serio –disse—
Miley: E a propósito, demetria, vê se geme mais baixo, puta que pariu tu me acordou 3 vezes essa noite com esses seus gemidinhos –disse rindo-
Demi: Cala a boca miley!- disse olhando pra ela, depois desviou o olhar pro chão e novamente pra miley- Foi alto mesmo?
Miley: Sim, foi sim –disse rindo—
Demi: Ai que vergonha –disse cobrindo a cara com as mãos—
Voce: Ai que linda que você fica com vergonha —disse—
Demi: Afe—disse rindo—
Selena e Justin: Oi galera! –disseram sentando ao lado de mim—
Selena: Que horas nos vamos embora?
Liam: Daqui a pouco, já podem ir arrumando suas coisas –disse levantando—
Justin: Vamos Selena, vamos arrumar nossas coisas –disse a puxando pela mão em direção a barraca—
Demi: Vamos arrumar nossas coisas amor?
Voce: Vamos dems –disse em quanto se levantava—
Arrumamos nossas coisas colocamos dentro do carro e logo depois partimos, um pouco antes de chegarmos na minha casa propus para a Miley e Selena dormirem na minha casa amanha elas aceitaram e disseram que estariam lá as 20h, chegamos na frente de casa pegamos nossas coisas, demos tchau pra galera e fomos em direção a casa da demi
Demi: Vamos entrar (s/n) –disse abrindo a porta—
Voce: Claro amor –disse entrando- o que você quer fazer? –disse a olhando fechar a porta—
Demi: Não sei, o que você quer fazer? –disse chegando perto dela e colocando a mão em sua perna—
Voce: É, não sei se eu quero transar –disse olhando minha mão em sua perna—
Demi: Ah, desculpa –disse tirando a mão de sua perna e se afastando—
Voce: Não, não é isso, desculpa é que eu não to me sentindo bem, por favor não fica brava comigo por favor –disse indo em sua direção—
Demi: Não, ta tudo bem-disse dando um sorriso falso— O que que você tem?
Voce: Eu não sei, eu estou com muito sono e com dor de cabeça, eu posso me deitar?
Demi: Claro, você quer algum remédio?
Voce: Não demi, obrigada amor – Disse depositando um beijo em sua testa—Obrigada por entender—
--voce narrando onn—
Não sei o que aconteceu comigo, eu estou me sentindo mal hoje, quero apenas dormir e esquecer o mundo, entrei no banheiro e fui tomar um banho e me deitei, vi demi chegar uns minutos depois e se deitar no meu lado
Voce: Voce ta brava comigo? –perguntou receosa—
Demi: Claro que não –disse depositando um beijo em seu pescoço--
 Só acordei no outro dia, vi a demi no meu lado virada para o outro lado, nossa ela era linda até assim. Peguei o relógio e vi que já eram 10h,cheguei perto da Demi e a encoxei colando meu corpo no dela, coloquei minha mão de leve na sua bunda
Demi: Até de manhã você é tarada assim? –disse abrindo os olhos—
Voce: Só to cuidando da minha namorada gostosa – Disse beijando seu pescoço—
Demi: Own, que amor você mas você é muito mais gostosa, e com aquele biquíni então? Meu deus cara eu quase tive um infarto vendo você daquele jeito ontem- disse sorrindo-
Voce: Eu achei que você ia gostar me vesti daquele jeito pra você –disse depositando um beijo na sua orelha—
Demi: Eu amei – disse rindo—Então vamos levantar?
Voce: Vamos – disse retirando a mão da bunda da demi—e saindo de trás dela—
Demi: Não, fica só mais 5 minutos aqui, do jeito que tu tava, por favor –disse fazendo biquinho e se virando pra mim—
Voce: Ta bom demi, mas só mais 5 minutos tá? –disse se deitando na cama—
Demi: Ta bom, pode ser –disse se aconchegando—
Encostei nela por trás, mas não coloquei minha mão nela, apenas fiquei a observando, até que eu senti a Demi pegar minha mão e colocar na sua bunda
Voce: Ah ta, depois eu sou tarada né Sta. Lovato – Disse apertando a bunda dela—
Demi: É que eu prefiro assim –disse rindo—
Voce: Amor, eu tenho que ir pra casa, mais tarde eu volto tá? –disse depositando um beijo na sua testa—
Demi: Ah, amor –fez cara triste se levantando—vou ficar saudade de você
Voce: Ah amor eu também, mas tenho certeza que você vai gostar – disse  sorrindo—
Demi: gostar do que? –ela disse sem entender—
Voce: Voce vai ver, hoje a noite—disse depositando um selinho demorado—
Sai, desci as escadas andei até a porta abri e fui embora, fui ao centro, fui comprar uma coisa que tenho certreza que a demi vai amar
--Demi narrando onn—
Depois que a (s/n) foi embora fiquei pensando no que será que ela iria fazer, com certeza ia ser alguma coisa boa. Fui ao banheiro fazer minha higiene matinal, passei uma make leve coloquei uma roupa confortável desci para tomar café e depois me sentei na frente da tv, vi dois filmes seguidos, quando me dei conta já eram 14:00h, resolvi almoçar. Depois joguei um pouco de GTA e guittar hero III, conversei um pouco com meus fãs pelo twitter, eu os amo, eles realmente são muito mais que fãs pra mim. Quando eu me dei conta eram 19:00h, subi rápido para o meu quarto tomei um banho passei uma make leve me ajeitei e logo ouvi a campainha tocar, desci e abri a porta, era a (s/n), Miley e Selena.
Demi: (s/n), meu amor –disse a beijando—
Miley: Oi pra você também dems –disse revirando os olhos—
Selena: É demi, oi pra você também—disse rindo—
Parei de beija-la—Oi gurias—voltei a beija-la eu estava realmente com muita saudade nunca passei um dia longe dela, eu não consigo mais viver sem ela. Parei de beija-la.
Voce: Oi amor –disse sorrindo—
Demi: Oi, estava com saudades de você—disse rindo—
Miley: Nós ainda estamos aqui tá?! –disse sentando no sofá e puxando Selena junto—
Demi: cala a boca Miley. Então o que vocês querem fazer?
Miley: Pode pedir uma pizza porque eu estou com fome, e depois vamos jogar Verdade ou Consequência porque sim –disse e depois sorrio superior—
Selena: To com a Miley!
Voce: Deixa que eu peço a pizza –disse pegando o Iphone—
Demi: Beleza eu vou tentar achar uma garrafa vazia pra nós jogarmos —disse indo em direção a cozinha—
Voce: Deu, a pizza chega em 40 minutos. Eu vou lá me trocar – disse subindo as escadas—
Miley: Volta bem gostosa porque eu quero te da uns pega—disse alto pra ela ouvir—
Demi: Mas que porra é essa? –disse franzindo a testa—
Miley: calma demi, tem muito dela pra nós tres–disse rido, e a Selena também riu—
Demi: Cala a boca Destiny, ela é minha –disse atirando uma almofada na cara da Miley—
Miley: Ai minha cara, vadia
Selena: Cara, vocês são muito hilárias, acho que se a Disney tivesse nos posto em um programa juntas iam ganhar muito mais –disse rindo—
Demi: Isso é verdade Sel –disse rindo—
Miley: Nem me fala nessa merda de Disney de caralha, puta que pariu –falou indignada—
Demi: Ui, ela se estressa quando falam da Disney –falou rindo—
Miley: cala a boca demetria –disse rindo—
Selena: iiii, fudeu –disse rindo—
Demi: não me chama de demetria  destiny – falou –
Miley: Onde ta a (s/n)? Ela ta demorando muito –falou mudando de assunto—
Voce: Eu to aqui—ela desceu—
--Voce narrando onn—
Eu fui em uma loja e comprei uma langeri vermelha porque eu achei que a demi iria gostar, mas fiquei em duvida, quando cheguei na casa eu fui logo me trocar, eu demorei um pouco, porque eu queria que ficasse bom, mas precisa de aprovação. Desci as escadas e ouvi a Miley chamando por mim
Voce: Eu to aqui –disse descendo as escadas—
Quando eu entrei na sala as 3 ficaram de boca aberta por 1 minuto com certeza.
Miley: M-ME-MEU D-DE-DEUS –ela disse gaguejando me olhando dos pés a cabeça-
Voce: Então gente, eu só vesti pra saber se fica bom mesmo –disse olhando pra todas—
Selena: Caralho (s/n), você ficou muito gostosa nisso ai, serio mesmo, espero que a demi te cuide bem porque se não, nossa se voce não namorasse a demi, até eu arriscava –ela riu-
A demi tava parada me olhando ainda com a boca aberta, eu me aproximei e depositei um beijo em sua bochecha
Voce: Demi, ficou muito ruim? –disse olhando pra ela-
Demi: M-M-Meu deu-u-us, eu tenho que me sentar disse indo em direção ao sofá
Ela se sentou, respirou fundo, olhou pra mim
Demi: Voce ficou muito, muito, muito, muito gostosa nisso, cara você quer que eu tenha um infarto? Pelo amor de Deus, eu não acredito que tudo isso é meu –disse levantando e indo até mim—
Voce: É só seu –disse se aproximando—
Demi: Aham –disse me beijando—
Durante o beijo esqueci totalmente que a Selena e a Miley ainda estavam ali, senti a mão da demi escorregar por todo meu corpo até chegar na minha bunda, ela deu uma leve apertada, dei um sorriso entre o beijo
Miley: Nós estamos aqui ainda tá? – disse –
Demi: Cala a boca Miley –disse ainda me beijando e mostrando o dedo do meio-
Selena: ótimo, eu sabia que a gente ia ficar de vela affe demetria e (s/n) – dise revirando os olhos—
-Separamos o beijo-
Voce: Satisfeitas? –disse as olhando—
Selena: Sim, agora me digam qual filme nos vamos ver?
Miley: Sim, muito. –disse me olhando—
Demi: Há-há-há –disse revirando os olhos- não sei, mas nos não íamos jogas verdade ou consequência?
Selena: Sim, mas e depois?
Miley: A gente acha um filme legal pra ver –disse sorrindo—
Ouvimos a campainha tocar, miley pegou o dinheiro e abriu a porta
Xxxx: São 20,00 pratas
Miley: Está aqui
Xxxx: Nossa cara, quem é a sua amiga ali de langeri vermelha? Nossa senhora hein, que gostosa! –disse alto— cara me da seu telefone?
Demi: O que? –ela caminhou até a porta pegou a pizza deu o dinheiro para o cara—Desculpa, a NAMORADA dela, esta aqui tá! Tchau –disse fechando a porta—
XXxxxX: Espera –disse impedindo ela de fechar a porta— Cara, ela é lésbica? Nossa que desperdício, boa noite pra vocês
Demi:  seu idiota, vai tomar no seu cu –disse fechando a porta—
Demi fechou a porta, respirou fundo, se virou para nós
Demi: Vamos comer ou não? –disse-
Voce: Eu vou, lá em cima trocar de roupa —disse indo em direção as escadas—
Demi: Não, fica assim. Eu gosto de te ver assim –disse a puxando para um beijo—
Selena: Eu vou colocando a mesa, vem miley –disse a puxando pra cozinha—
Voce: Ah, sobre o que aconteceu –disse separando o beijo—
Demi: Aquele cara era um idiota, não liga –disse depositando um selinho—
Voce: Não, não isso. É que eu não sou lésbica, eu já tive namoradOS –disse seria—
Demi: Eu também não sou, também já tive namoradOS –disse seria—mas o importante é que você está comigo agora, né?—disse dando um sorriso-
Voce: com certeza, eu te amo –disse depositando um selinho em seus lábios—
Demi: Eu também te amo –disse durante o beijo—
Voce: Voce não acha melhor eu colocar uma roupa? É que isso aqui – disse passando a mão pelo seu corpo—é  so seu, daí elas vão ficar olhando –disse a olhando super sexy
Demi: Isso, vai lá colocar uma blusa, tem no meu closet – disse indo em direção a cozinha—
Voce: Eu já volto tá –disse subindo as escadas—
Selena: Nossa cara, só eu que achei o corpo da (s/n) lindo?
Miley: Não, eu também achei, nossa ela realmente é linda, sério, coitada da demi –disse rindo baixinho—essa menina deve dar trabalho
Demi: Ela da muito trabalho, ela realmente é muito gostosa, mas não vamos falar do corpo da minha namorada certo?
Voce: Voltei, agora pelo menos eu estou vestida né –disse rindo—
Miley: É, vamos comer? –disse se sentando—
Eu, Demi, Miley e Selena nos sentamos e comemos, depois fomos para sala jogar, a demi pegou a garrafa e girou
Miley: Verdade ou consequência? –disse sorrindo—
Selena: Consequencia
Miley: Te desafio a passar a mão na perna da (s/n) de um modo muito sexy –olhei pra demi e ela me fuzilava com os olhos—e dar um beijo no canto da boca
Demi: Miley, voce é doente por acaso?
Selena: Ah, ta –disse rindo--
Selena sentou perto de mim, e passou a mão na minha perna e de vez em quando apertava e depositou um beijo muito perto da minha boca ainda com a mão na minha perna
Selena: Deu, agora eu giro –disse sorrindo—
Demi: Verdade ou consequência?
Miley: Verdade
Demi: É verdade que você e o Liam já transaram na montanha russa? –disse rindo—
Miley: Sim, é verdade-disse rindo—
Voce: ai meu deus Miley! –disse rindo—
Miley: Agora eu giro—caiu na miley e na demi—
Você: Verdade ou consequência?
Demi: Consequencia –disse com um olhar superior—
Miley: Te desafio a ficar 1 semana sem sexo
Demi: Ce ta louca? –disse alto-
Miley: Não –eu olhei pra demi e ela olhou pra mim—
Continuamos jogando até que deu 12:00h nos fomos dormir, eu e demi tomamos banho, eu coloquei minha langeri vermelha e ela colocou um pijama
Demi: Ah, ótimo a miley nos obrigou a fazer greve de sexo e tu ainda me coloca essa roupa –disse me olhando—
Voce: Mas a Miley não esta mais aqui –disse indo em minha direção—
Demi: Eu sei mas, ah, foda-se –disse me beijando—
Empurrei ela na cama ficando por cima, sentia ela passar a mão por todo meu corpo, mas parou sobre minha bunda ela apertava e eu suspirava entre o beijo, ela me empurrou e ficou por cima ela passava a mão em cima da minha calcinha me fazendo gemer baixinho, até que ela parou o beijo, tirou seu pijama e tirou  minha calcinha ela passava o seu dedo em toda a minha intimidade ate que ela começou a chupa-la eu gemia baixinho ela penetrou com a língua e começou a fazer movimentos de vai e vem e movimentos circulares dentro de mim e massageava meu clitóris com o dedo
Voce: D-De-Demi...Mais...mais...-disse ofegante-
Demi retirou a língua e penetrou dois dedos e começou a fazer vai e vem muito rápido mesmo, fiquei impressionada com a velocidade que ela fazia isso.
Voce: Ah...DEMI...AH...E-EU VOU GO-GOZAR...AH...DEMI –disse em gemidos—
Demi: Isso amor, isso, goza pra mim, goza –disse num tom malicioso—
Logo demi tirou os dedos e penetrou com a Lingua e continuo o “trabalho” até que eu tive um orgasmo e ela lambeu todo o gozo
Demi: Ah, que saudades disso, nossa –disse indo me beijar—
Voce: A-a-aham...-disse tentando normalizar a respiração- Minha vez agora né amor?
Demi: Voce que sabe-disse sorrindo—
Eu coloquei ela pro lado, chupei um dos seus seios, enquanto massageava o outro, logo desci para sua barriga e voltei a beijar sua boca depois passei a mão na sua calcinha e a tirei rapidamente comecei a massagear seu clitóris com o dedo e penetrei com a língua fiquei fazendo movimentos aleatórios em quando massageava o seu clitóris. Ela gemia o meu nome. Não demorou muito tempo pra ela gozar.
Demi: Nossa –disse ofegante—Eu nunca gozei tão rápido assim
Voce: Nem eu –Disse ofegante também—Se arruma ai e vamos dormir—
Demi: Aham –disse colocando a calcinha e o shorts—
Ela terminou de se vestir e eu também, no final de tudo nos acabamos adormecendo de cochinha
--Demi narrando onn—
Nossa, essa menina é incrível, eu nunca tive tanto prazer antes na minha vida ela pegou o jeito. Depois da noite de hoje tenho certeza que nossa relação vai dar uma apimentada incrível.
--Miley narrando onn—
Acordei cedo, e também acordei a Selena. Eu tinha que acordar as duas lá em cima mas não de um modo tradicional.
Miley: Selena, Selena acorda! –disse a sacudindo—
Selena: Ai miley vai se fuder, ainda são 8:00 –disse mostrando o dedo do meio—
Miley: Nossa senhora hein, a educação ficou em casa –falou irônica— Vamos, tu não quer acordar elas?
Selena: Quero –disse levantando—Vamos logo
Nós nos levantamos e fomos em direção ao quarto das duas, nos entramos silenciosamente chegamos perto da cama e vimos as duas abraçadas dormindo, coisa mais fofa do mundo. Nós subimos na cama com muito cuidado e começamos a pular
Miley: VAMO ACORDAAAAAAR, VAMOO LEVANTAAAAAR!
Selena: VAMO ACORDAR, VAMOOOO VAMOOO!
--demi narrando onn—
Eu estava dormindo feito uma criança depois de uma noite como aquela né, não tem como não dormir bem, eu esta dormindo quando escuto vozes altas e pulos em cima da cama
Miley: VAMO ACORDAAAAAAR, VAMOO LEVANTAAAAAR!
Selena: VAMO ACORDAR, VAMOOOO VAMOOO!
Demi: VOCES NÃO TEM MAIS NADA PRA FAZER NÃO CARALHO?! –disse alto elas pararam de falar mas continuaram pulando-
Voce: Não demi, deixa eu to adorando esse monte de mulher na minha cama –disse olhando pra Miley e Selena—
Demi: Tu me respeita! –disse dando um tapa no braço da (s/n)—
Miley: Ah é? –disse mordendo os lábios e vindo pra cima da (s/n)—
Voce: Aham—disse abrindo as pernas para a miley se ajeitar—
Demi: Heeeey, que putaria é essa Miley??? –disse empurrando a miley para o chão—
Miley: Ai demetria, só por isso –disse indo dar um selinho na (s/n)—
Demi: O QUE É ISSO MILEY? VOCE TÁ MORTA—disse se levantando—
Miley: Se você me pegar lerda! –disse correndo—
Demi: Miley Volta aqui sua vadia! –disse correndo atrás dela—
--Voce narrando onn—
Eu fiquei realmente sem reação depois que a Miley me beijou, eu e a Selena ficamos nós olhando tipo “Fudeu”. So ouvi um som da água da piscina, levantei correndo e fui em direção a piscina junto com a Sel, quando eu vi tava a Miley La dentro
Demi: pra você aprender a não beijar a namorada dos outros –disse voltando pra dentro—
Miley: Ai demetria! Não precisava ter me atirado na piscina também! –disse gritando—
Voce: Demi...-ela nem me olhou foi direto para a cozinha beber água—
Eu fui atrás dela em quanto a Selena ia ajudar a Miley a sair da piscina
Voce: Demi, porque você esta assim comigo? Foi ela que me beijou –disse chegando perto dela—
Demi: Mas você não fez nada –disse seca—
Voce: Sim o que você queira que eu fizesse? Desse um tapa na cara dela? Isso só foi zuação...—disse se aproximando— você sabe que eu só tenho olhos pra você,-- demi ficou em silencio— Entao ta, se não quer falar comigo não precisa, mas quando quiser transar também não venha falar comigo—disse saindo de perto dela e indo pra fora ver como estava a Miley—Miley, voce é doente? –disse rindo—
Miley: Eu só queria provocar ela, não ela pra ela pirar desse jeito só a demetria mesmo—disse depois espirrando—
Voce: Ela ta puta da cara comigo, mas vai passar—disse rindo—
Miley: Ai desculpa, não era pra prejudicar vocês – Disse séria—
Voce: Ah, não foi nada –disse rindo—
Selena: É miley, mas voce tem problemas né –disse caminhando até dentro de casa—
Nos entramos em casa, eu subi pra fazer minha higiene matinal e passar uma make leve. Demi tava sentada na cama, eu sentei no seu lado
Voce: Desculpa, eu fui grossa com voce, acho que exagerei um pouco –disse tímida, demi ficou em silencio—eu já vou indo tá, qualquer coisa me liga-- disse levantando da cama, senti a demi me puxar de volta— O que foi?
Demi: Desculpa –disse me soltando e abaixando a cabeça—eu te culpei, é que eu tenho medo de te perder, me desculpa (s/n)—disse chorando—
Voce: Demi...amor—disse em quanto sentava ao seu lado de novo—voce nunca vai me perder, eu só tenho olhos pra voce, eu te amo. –disse a puxando para um abraço—
Demi: Eu te amo também –disse chorando—promete nunca não me trocar?
Voce: Eu prometo – disse acariciando —e voce, promete que nunca vai me deixar?
Demi: Eu prometo – Disse indo me beijar –
Demi me beijou, um beijo lento cheio de desejo, que transbordava o amor que nós sentíamos uma pela outra
Voce: Eu tenho que ir, tenho que terminar de fazer umas coisas a noite eu apareço aqui tá? –disse me olhando e sorrindo—
Demi: Coisas?  Que coisas? –disse curiosa—
Voce: É surpresa –disse depositando um beijo em minha bochecha—
Demi: Ah, eu amo surpresas – disse sorrindo—
Voce: Tchau amor –disse indo em direção a porta do quarto—
Demi: Como assim, nem um beijo eu mereço?—disse fazendo biquinho—
Voce: Ah vem cá vem –disse puxando seu braço ate que os seus corpos se encontraram— Quer um beijo? –disse com os lábios roçando nos dela—
Demi: Sim –disse sorrindo—
Eu a beijei, passei minha língua pelo seu lábio inferior pedindo passagem. Ela abriu um pouco mais a boca quando nossas línguas se encontraram senti um arrepio imenso, elas tinham uma sincronia impressionante, logo depois separei o beijo devagar
Voce: Agora eu tenho que ir mesmo –disse fazendo carinha triste-
Demi: Ta bom –disse fazendo cara triste—
Desci as escadas dei tchau pra Miley e pra Selena e sai, eu estava terminando de compor uma musica que eu fiz pra demi, hoje eu iria tocar e cantar pra ela. Eu estava um pouco nervosa pois nunca tinha tocado assim para alguém tão especial.
--Demi narrando onn—
Admito fiquei muito puta da cara com a Miley por ela ter beijado a (s/n) mas ta, eu já superei. Desci as escadas e vi a Miley toda olhada na cozinha.
Demi: Voce não quer uma roupa não? –disse preocupada-
Miley: Quero sim por favor-disse sorrindo-
Demi: Vai lá no meu closet e pega pra voce – ela se levantou e subiu as escadas—
Selena: Voce não esta brava com ela né?
Demi: Não mais, já me acertei com a (s/n), então eu to bem  e também a Miley é uma das minhas melhores amigas então eu não consigo ficar brava com ela-disse-
Selena: Ah, que bom que vocês se acertaram né! –disse sorrindo— A miley ela deve ter um problema sério, porque meu deus –disse colocando a mão na testa—
Demi: sim, ela tem e não é so um –disse rindo—Selena, como tá voce e o Justin?
Selena: Ah demi, sabe eu o amo mas, acabou –disse forçando um sorriso—
Demi: Ah, sinto muito –disse –
Logo ouvimos Miley descer as escadas, ela estava linda.
Miley: Demi, me deixa em casa? –perguntou com um sorriso-
Demi: Claro, Selena quer carona também? –perguntou-
Selena: Quero sim, valeu dems –disse a abraçando—
Então vamos disse pegando a bolsa e as chaves do carro, fomos até a garagem entramos no carro, deixei primeiro Selena em casa depois fui largar miley
Demi: Está entregue –disse sorrindo—
Miley: Valeu dems –disse depositando um beijo em sua bochecha, logo depois saiu do carro –
Voltei para casa, tomei banho e logo depois fui ao estúdio tinha que gravar um pouco mais do cd, voltei para casa eram 19:00h. Cheguei em casa, joguei o telefone em cima da cama e fui tomar um banho e vesti meu pijama, logo depois disso fui ligar para a (s/n)
--Ligação onn—
Demi: (s/n)
Voce: Oi meu amor, to passando ai pode ser? –disse-
Demi: Sim pode ser, eu to morrendo de saudades vem rápido –disse rindo—
Voce: Vou ir sim amor – disse—beijos, te amo
Demi: Beijos, também te amo
--Ligação off—
-- voce narrando onn—
Peguei meu celular, minhas chaves do carro e fui em direção a casa da demi, quando cheguei lá bati na porta
Voce: Oi demi –disse dando um sorriso instantâneo—
Demi: Oi (s/n), vem entra –disse me puxando pra dentro—
Voce: Então demi eu tenho algo pra mostrar pra voce, depois voce diz se gostou ta?
Demi: Ta bom, mas o que é? –disse curiosa—
Voce: É uma musica, sim eu canto, mas não te contei antes porque achei que voce sabe, acharia que eu fosse interesseira ou algo do tipo –disse abaixando a cabeça—
Demi: Ah amor, eu nunca acharia isso de voce –disse levantando minha cabeça abaixada—
Voce: Voce tem violão?
Demi: tenho sim, vou lá pegar –disse indo em direção as escadas—
Demi voltou com o violão então eu comecei a tocar a musica, quando cheguei no refrão vi apenas uma lagrima sair dos olhos de demi depois um sorriso, quando acabei ela me abraçou
Voce: Eu fiz pra voce, o que achou?
Demi: Essa é a musica mais perfeita que eu já ouvi, eu te amo muito, meu deus voce canta toca e compõem cara, eu quero gravar essa musica, voce quer gravar comigo?
Voce: Eu? Gravar com voce? Claro –disse a abraçando— Obrigada demi, fico feliz de voce ter gostado
Demi: Amanha eu falo com o meu a gente pra gente ver isso ai –disse sorrindo—
Voce: Aham, demi eu te amo muito –disse depositando um selinho em seus lábios—
Demi: Eu te amo mais...
Voce: Demi, eu vou lá comprar uma vitamina voce quer? –disse se levantando—
Demi: Quero sim amor, de morango por favor –disse sorrindo—
Voce: Ta bom anjo, qualquer coisa me liga—disse depositando um selinho em sua boca—
Sai do quarto, desci as escadas e sai. Fui andando até a lanchonete que vendia as vitaminas, cheguei no lugar e entrei na fila pra fazer meu pedido mas tinha um cara na minha frente ela era familiar
XxxX: (s/n) eu não acredito!
Voce: Alex? Ai meu deus –disse surpresa—
Alex: Sim, sou eu –disse me abraçando—nossa como voce cresceu, foi uma pena eu ter perdido voce –disse –
Voce: É foi uma pena –disse seria—então o que voce faz aqui em L.A?
Alex: Ah, como voce sabe eu sempre quis vim aqui para conhecer né –disse pegando o pedido—
Voce: Sim –disse—
Garçonete: O que voce vai querer?
Voce: Um de Bluberry e outro de morango por favor
Alex: Então, voce está solteira? –perguntou sorrindo—
Voce: Não, eu estou namorando –disse sorrindo—e voce?
Alex: Não to namorando, então quem é o cara?
Voce: Que cara? –disse pegando o pedido—
Alex: O que voce esta namorando
Voce: Ah, ér..não é um cara, eu to namorando com a Demi Lovato –disse com um sorisso bobo—
Alex: Com...Com a D-Demi Lovato? Aquela menina que voce não parava de falar quando nós éramos namorados?
Voce: Essa mesma, aquela que tu sempre achou que eu amava mais que voce –disse relembrando—
Alex: aham
Voce: Tenho que ir –disse indo embora—Tchau Alex
Alex: Eu ainda vou te ter de volta, (s/n) voce vai ver –disse baixinho—
Eu sai e fui em direção ao apartamento da demi, senti que algo me observava em quanto eu caminhava, virei pra trás mas não vi nada. Apertei a campainha e logo demi atendeu
Demi: Oi amor, demorou hein –disse dando espaço pra eu passar—
Voce: Desculpa amor é que eu encontrei um ex meu na fila –disse –
Demi: Ah, um ex seu –disse com ciúmes—
Voce: É, mas enfim não quero falar sobre isso agora –disse colocando as vitaminas em cima da mesinha de centro— Vem cá vem demetria –disse a puxando—
Demi: Não me chama de Demetria –disse—
Voce: Ai nossa, Demetria –disse colando ainda mais nossos corpos—sabe que eu to com muita vontade de te beijar agora
Demi: então me beija –disse sorrindo—
Sorri e a beijei um beijo lento e calmo, mas ao mesmo tempo cheio de desejo e amor. Fui separando o beijo aos poucos com pequenos selinhos
Voce: Então voce quer sua vitamina? –disse sorrindo—
Demi: Claro –disse desanimada—
Voce: O que aconteceu? –disse entregando a sua vitamina—
Demi: Não, nada –disse colocando o canudo na vitamina—
Voce: Demi, me fala por favor—disse –
Demi: Porque voce terminou com o seu namorado? –perguntou tímida—
Voce: Ai demi, ta eu te conto, vem senta aqui -- disse indo pro sofá—
Nos sentamos no sofá e comecei a contar
Voce: Quando eu morava no Brasil eu tinha esse namorado ele se chama Alex, e eu tinha no meu quarto um monte de posters seus, e ele cismava que eu te amava mais do que ele, e a propósito é verdade eu sempre te amei mais do que ele, e a gente sempre discutia sobre isso, até que um dia eu me irritei e mandei ele embora e depois disso nunca mais o vi, vim para o intercambio e agora eu o encontro ali.
Demi: Voce terminou com ele por minha causa? – Vi uma lagrima escorrer dos seus olhos—
Voce: Não amor, não chora, ele é um idiota foi por isso que eu terminei com ele –disse limpando a lágrima dos seus olhos— Promete que não vai ficar triste? –disse pegando sua mão—
Demi: Prometo –disse depositando um selinho em meus lábios—
Voce: Então o que voce quer fazer agora? – disse passando a mão na sua perna—
Demi: Não sei, o que voce quer fazer? –disse sorrindo olhando eu passar a mão em sua perna—
Voce: Voce sabe o que eu quero fazer, não sabe? –disse com um sorriso malicioso—
Demi: Então transa comigo –disse vindo pra cima de mim—
Voce: Não precisa nem falar duas vezes –disse indo beijar ela --      
--demi narrando onn—
Eu queria dar prazer a minha garota, apenas isso. Eu a coloquei no meu colo, ela sentou e eu coloquei minha mão em sua bunda durante o beijo senti ela dar um chupão na minha língua, gemi um pouco durante o beijo e ela riu, tirei o cabelo retido em seu pescoço e comecei a beija-lo.
Tirei a sua blusa a deixando apenas de sutiã, e depois o tirei também. Cai de boca em um dos seus seios em quanto eu massageava o outro comecei a lamber sua barriga, ela estava com as pernas em volta da minha cintura, eu me levantei e ela estava no meu colo estava a segurando pela bunda, fui em direção as escadas ainda a beijando
Demi: Nossa, como voce é leve –disse subindo as escadas—
Voce: Voce acha? -- disse a beijando –
Demi: Aham – disse abrindo a porta—
Chegamos no quarto a coloquei no chão fechei a porta tirei meu shorts e minha camisa e fui em direção a ela a deitei na cama comecei a beijar seu pescoço ficando entre suas pernas. Logo comecei a beijar a sua barriga passei meu dedo indicador sobre sua calcinha e estava úmida, bastante úmida
Demi: Nunca me canso disso—disse com uma voz rouca e sexy—
Voce: Nem eu –respondeu da mesma forma—
Tirei sua calcinha e fiquei massageando seu clitóris bem rápido, logo depois comecei a chupa-lo, penetrei com a língua e comecei a fazer vai e vem muito rápido, o Maximo que eu consegui, logo ela teve um orgasmo. Eu me deitei ao seu lado e ficamos nos olhando com sorrisos bobos nos lábios
Demi: Quer tomar banho? –disse—
Voce: Claro, quer ir primeiro?
Demi: Voce não quer vir comigo? –perguntei triste—
Voce: Sim, obvio que sim –disse se levantando—Vem –disse sorrindo—
Demi: To indo –disse se levantando—
--Voce narrando onn---
Nosso banho foi ótimo, cheio de risadas e mãos bobas, sei que a Demi ama isso. Quando saímos do banho nos vestimos, logo depois ouvi o telefone da demi tocar
--Ligação onn--
Demi: Alo?
Richard: Oi demi, como vai?
Demi: Oi Ri, tudo bem e voce?
Richard: Tudo bem, então voce pode vim gravar amanha a tarde?
Demi: Posso sim, mas eu quero acrescentar uma musica no meu álbum, é com uma artista que não é conhecida mas, ela vai ser amanha eu a levo ai pra gente gravar pode ser?
Richard: Ah demi, eu não sei
Demi: Por favor isso é importante!
Richard: Ta, ta traz ela amanha aqui pra gente ver
Demi: Obrigada ri, beijo
Richard: Beijo
--ligação off—
Demi: (s/n), era o meu produtor ele disse pra gente ir lá amanha. Pode ser? Pra ver os negócios da musica
Voce: Pode ser sim –disse sorrindo—
Logo após isso, ouvi meu telefone apitar, quer dizer que tinha uma mensagem. Eu fui ver de quem era, era do Alex. Não acredito nisso.
“Será que nós podemos nos encontrar? Adoraria ser seu amigo (s/n) por favor é só uma conversa nada de mais, amanha as 20?”
Paralisei quando li, vi que demi me olhava com um olhar de preocupada, eu realmente não sabia o que fazer, não sabia se aceitava, não sabia se não aceitava, achei melhor não aceitar
“Ah, deixa pra outro dia, quem sabe né”
Desliguei o celular, porque não queria me preocupar a toa. Virei pra demi e ela ainda me olhava com olhar de preocupada.
Demi: Aconteceu alguma coisa? –perguntou—
Voce: Não, ta tudo bem. Voce quer pizza? –perguntei me aproximando dela—
Demi: Sim, claro. Quer que eu peça? –perguntou me abraçando—
Voce: Não precisa amor –escondi minha cara na curva do seu pescoço—
Demi: Então tá –disse me soltando—
Voce: Não espera, vem cá –disse puxando pra retomar o abraço—
Demi: Ai meu amor, que linda que voce fica assim –disse passando a mão no meu cabelo—
Voce: Voce é mais linda, voce é a pessoa mais linda que eu já vi. Tudo em voce é bonito, tudo mesmo. Eu te amo tanto demi, voce me faz sentir única, voce me faz sentir especial e obrigada, obrigada por tudo, cara eu não sei descrever o que eu sinto por ti, eu so sei que voce é tudo pra mim minha vida, meu ar, tudo, tudo mesmo. –em quanto eu falava senti ela dar um pequeno soluço—
Demi: Eu não sei nem o que dizer essa foi a coisa mais linda que alguém já me disse–disse chorando—
Voce: Não diga nada, apenas sinta –disse deixando o abraço e indo beija-la—
Quando eu a beijei, senti uma descarga elétrica sobre meu corpo, senti novamente aquelas borboletas no estomago, como se fosse nosso primeiro beijo.
Demi: Eu te amo tanto, obrigada por me fazer a pessoa mais feliz do mundo, voce é especial pra mim, voce é tudo pra mim
Em quanto ela falava, eu so sentia as lagrimas rolarem pelos meu olhos, sentia seu toque e suas palavras ao mesmo tempo. Depois de tudo nós nos beijamos e sorrimos uma pra outra, para mostrar que ali sim havia sentimento, um sentimento verdadeiro e eterno. Descemos e pedimos uma pizza, depois de amanha eu já começava a trabalhar lá na lanchonete. Depois que a pizza chegou nos comemos, lavamos os pratos e subimos, ficamos vendo um filme até que adormecemos.
--Demi narrando onn—
Eu não sei descrever o que eu sinto pela (s/n) sabe é algo mágico é algo que realmente eu não compreendo como alguém consegue sentir isso por outra pessoa. Acordei mais cedo que a (s/n) fui ao banheiro fiz minha higiene matinal tomei um banho rapido, depois fui ate meu closet escolhi uma roupa, fiz minha make, peguei minha roupa para me vestir no banheiro
Voce: Nossa a melhor coisa do mundo é acordar e te ver assim, que saúde hein nossa senhora –disse com voz rouca—
Demi: Voce é muito tarada –disse rindo e entrando no banheiro—
Voce: Só por voce –disse rindo e se levantando—
Depois que eu me vesti sai do banheiro e logo depois a (s/n) entrou, lembrei que nós tínhamos que ir ao estúdio, fui ate meu closet procurar meu celular e em quanto eu procurava a (s/n) aparece com apenas com um shorts e sutiã
Você: Demi, você me empresta uma blusa –disse—
Demi: Nossa, que coisa linda –disse olhando pros seus peitos—
Você: São naturais sabia? –disse olhando também—
Demi: Serio? Nossa –disse se aproximando—
Você: Sim. Quer pegar? –disse a olhando sorrindo— É que eu to vendo que você ta quase babando ai —disse rindo—
Demi: Claro que eu quero –disse estendendo as mãos – Nossa, é verdade são naturais—disse em quanto pegava e apertava— e não eu não estava quase babando –disse em quanto tirava as mãos—
Voce: Aham demi, ta bom sei –disse rindo—e ai tem a blusa?
Demi: Affe, sim tenho pera ai –disse indo em direção a uma blusa que estava ali na prateleira— Aqui, toma – disse atirando a camisa—
Ela vestiu a blusa do modo mais sexy que ela conseguiu, cara isso me deixou louca, eu so queria ir pra cima dela e tirar aquela blusa, mas eu me contive. Depois que ela vestiu a blusa nos descemos ate a cozinha tomamos café, ela pegou a musica e eu peguei minha bolsa e meu celular e fomos para o estúdio.
--Voce narrando onn—
O caminho ate o estúdio foi muito divertido, ficamos rindo o tempo todo, eu estava um pouco nervosa para o que me aguardava. Quando chegamos no estúdio eu me apresentei para o pessoal e entreguei a musica para o Richard
Richard: Nossa, eu estava lendo a musica e realmente, é exelente, foi voce que escreveu mesmo?
Voce: Ah obrigada, foi sim –disse olhando pra ele—
Richard: Vamos gravar? –falou sorrindo—
Demi: Claro –disse indo em direção ao lugar que o Richard falou—Vem (s/n) –disse me puxando pelo braço—
Entramos na “cabine” e eu estava muito nervosa, a ordem era a 1 estrofe era a demi depois eu, depois nos duas e depois a demi e depois eu e depois nos duas.
Demi: Fica calma, vai dar tudo certo –disse passando a mão nos meus cabelos—
Voce: Espero que sim –disse sorrindo e a olhando—
Gravamos, depois que acabou nos saímos e fomos escutar.
Demi: Nossa, ficou exelente, serio ficou muito boa –disse com um grande sorriso—
Voce: Verdade, eu nunca pensei que poderia ficar tão boa assim –disse surpresa—
Richard: Realmente ficou exelente, (s/n) se voce quiser eu posso te ajudar com o seu ramo musical, toma o meu cartão quando voce decidir me liga –disse entregando o cartão—
Voce: Claro, nossa, obrigada mesmo –disse pegando o cartão e lendo o que estava escrito—
Demi: Isso ai, agora vamos (s/n)? –disse se levantando—
Voce: É eu tenho que ir, começo a trabalhar hoje –falou sorrindo—
Demi: Ah, eu vou passar a tarde sozinha? –falou com cara triste—
Voce: É por pouco tempo –disse sorrindo—
Nos despedimos do Richard e demi me largou em casa

Demi: Esta entregue –disse sorrindo—
Voce:Obrigada –disse abrindo a porta do carro—
Demi: Nem um beijo eu mereço? –disse fazendo biquinho—
Voce: Ai demetria, vem cá vem –disse puxando seu pescoço com delicadeza—
A beijei um beijo calmo, mas cheio de desejo ao mesmo tempo
Voce: Tenho que ir, ate mais tarde eu acho –disse saindo do carro—
Demi: Até, eu te amo –disse sorrindo—
Voce: Eu também te amo
Vi ela sair, entrei em casa fui direto para o banheiro,  entrei tomei um banho rápido, coloquei uma calça jeans e a blusa do trabalho, passei uma make leve e fui ate a garragem peguei meu carro e fui em direção a lanchonete, estacionei, sai e logo comecei a trabalhar. Sai do trabalho as 18:00, fui pra casa, tomei um banho vesti minha melhor langeri e vesti um shorts curto com uma camiseta um pouco mais comprida com o all star preto e fiz uma make leve, fui em direção a casa da demi, cheguei e toquei a campainha, demi demorou um pouco pra abrir, lerda é foda.
Voce: Oi meu amor – disse com um sorriso—
Demi: Amor – disse me abraçando—
Voce: Demi, eu preciso respirar – disse com dificuldade—
Demi: Desculpa, vem vamos entrar –disse a puxando pra dentro— Nossa, onde voce vai tão linda assim?
Voce: Me vesti assim para voce—disse sorrindo—
Demi: Voce não acha que esse shorts esta muito curto não? –disse com ciúmes—
Voce: Voce prefere que eu use calça ou shorts? –perguntou com um sorriso malicioso—
Demi: Eu prefiro que voce use shorts, voce fica tão gostosa, voce fica linda assim –disse passando a mão na sua perna—
Voce: Voce fica mais gostosa de calcinha e sutiã –disse indo me beijar—
Demi: Voce quer me ver assim? –disse separando o beijo—
Voce: Sim –disse depositando um selinho em seus lábios—
Demi: Senta ali então –disse apontando para o sofá—
Eu fui em direção ao sofá me sentei e demi veio atrás de mim, ela ficou parada na minha frente me olhando, sorriu, virou e colocou uma musica com uma batida muito sensual
Voce: Eu não acredito que voce vai fazer isso –disse animada—
Demi: Eu vou sim –disse separando as perna—
A musica começou ela separou minhas pernas, ela começou indo sentar no meu colo rebolando depois começou a se esfregar a minha barriga na dela, ela saiu do meu colo e começou a tirar a blusa de um modo tão sexy e de acordo com a musica, ela ficou apenas de sutiã e depois se abaixou na altura da minha cintura, ela pegou a minha cintura e trouxe mais perto dela e ficou dando beijos na minha coxa depois ela levantou e tirou a calça, daí sim ela veio no meu colo e ficou fazendo “vai e vem” e beijou o meu pescoço ela ficou fazendo outros movimentos também, ela ameaçava me beijar mas recuava, ela saiu de cima de mim, desligou a musica e depois parou na minha frente com as mãos na cintura.
Demi: E ai? É assim que voce gosta de me ver? –falou ofegante—
Eu estava totalmente exitada e perplexa, eu não conseguia nem falar
Demi: (s/n), voce ta bem?—falou rindo—
Voce: E-e-eu não sei o que dizer –falei gaguejando— Sim, é assim que eu gosto de te ver, voce não sabe o quanto eu gosto de te ver assim
Demi: Ah, voce gosta? –disse sentando em meu colo—
Voce: Demi, pelo amor de Deus não faz isso comigo, eu já to no meu ápice –disse ofegante—
Demi: Ah amor deixa eu brincar um pouquinho com voce –disse beijando o meu pescoço—
Voce: Se voce robolar em cima de mim de novo eu acho que eu já tenho um orgasmo instantâneo —disse ofegante—
Demi: Ai meu deus – disse rindo—não sabia que voce estava assim
Você: To muito pior do que você imagina – disse rindo—
Demi: Quer que eu alivie você? –disse com a voz rouca e sexy no meu ouvido—
Voce: Sim, por favor –disse ainda ofegante—
Ela parou de beijar meu pescoço, me olhou, e tirou minha blusa beijou o pico dos meus seios, depois que ela parou ela começou a apertar e massagear, ela desceu do meu colo e foi pro chão ela ficou so de joelhos, tirou meu shorts me deixando apenas de calcinha e sutiã ela pegou minha cintura me levando mais perto dela, ela lambeu a calcinha, eu gemi alto.
Demi: Que coisa mais delicia, nossa –disse—
Voce: Voce é a coisa mais delicia que eu já vi –disse entre gemidos—
Ela tirou minha calcinha e penetrou 2 dedos e começou a fazer vai e vem muito rápido mesmo, ela chupava o meu clitóris em quanto isso eu me contorcia toda de prazer e gemia o seu nome, isso fazia ela fazer ainda mais, eu tive um orgasmo logo depois disso.
Voce: Finalmente, meu deus –disse tentando naturaliza a respiração—
Demi: Aham, amei isso –disse rindo e sentando do meu lado—
Voce: Quer tomar banho? – disse ofegante –
Demi: Aham quero sim –disse se levantando—coloca a calcinha ai e vem –disse indo subir as escadas—
Voce: ta bom, eu já to indo –disse pegando a calcinha do chão—
Eu vesti minha calcinha e subi as escadas e entrei no quarto e fui em direção ao banheiro, entrei e a demi estava entrando no Box, nos tomamos banho (sem malicia), depois disso nós nos deitamos e ficamos vendo filme,  nos descemos para comer, subimos para o quarto de novo e dormimos.
--Demi narrando on—
Acordei eram 10h, me levantei e fui tomar banho em quanto eu tomava banho vi que a (s/n) tava parada e encostada na porta me olhando
Voce: Bom dia –disse com um sorriso bobo—
Demi: Bom dia –disse desligando o chuveiro e pegando a toalha—
Voce: Bom eu acho que eu vou sair daqui, porque voce pelada na minha frente vai dar merda –disse rindo e abrindo a porta—
Demi: Porque? Isso –disse passando a mão pelo seu corpo—é de mais pra voce? –perguntei com um sorriso superior—
Voce: Há-há-há demetria, muito engraçada voce –disse saindo do banheiro—
Demi: Voce não conseguiria ficar uma semana sem isso –disse alto—
Voce: Obvio que eu conseguiria, voce que não conseguiria-- respondeu indo em direção ao banheiro—
Demi: Eu aposto que voce vai me querer primeiro do que eu vou te querer – disse estendendo a mão—
Voce: Apostado –disse estendendo a mão para um aperto—
No momento em que ela saiu do banheiro eu soube que era a hora de provocar, eu queria ouvir ela pedir, ela implorar por aquilo. Fui ao meu closet e vesti apenas uma langeri branca. Desci as escadas e fui em direção a cozinha, vi que a (s/n) estava sentada no sofá. Tomei meu café da manha e fui em sua direção, sentei ao seu lado e vi ela ficar um pouco tensa. Tinha um chicle em cima da mesinha eu vi que tinha dois, eu peguei um.
Demi: Voce quer o outro? –perguntei oferecendo, percebi que ela nem me olhou—
Voce: Claro –disse, ela me olhou—opa, eu não sabia que voce estava vestida assim, afe Demetria, voce ta tentando me seduzir –disse rindo—
Demi: É, eu to tentando mesmo, então voce quer? –disse com um olhar malicioso—
Voce: Aham –disse estendendo a mão—
Demi: Oh –disse estendendo a mão e entregando o chiclete—
Voce: Obrigada –disse pegando-o—
Me levantei e vi ela olhar pra minha bunda, dei uma risadinha baixinha, fui em direção a cozinha pegar água e logo depois voltei e deitei no sofá.
Voce: Me da um gole? –ela perguntou olhando pra mim—
Demi: Tem lá na geladeira, vai pegar –disse dando uma risadinha baixa—
Voce: Afee demetria –disse levantando—
Ela se levantou e em quanto passava por mim, eu a puxei e ela caiu em cima de mim
Voce: Afe demetria –disse se levantando—voce é muito má meu deus –disse indo em direção a cozinha—
Eu apenas ria da reação dela, ela é forte, ela não vai querer. Agora eu não sei como fazer isso, como eu vou fazer ela desistir? Poxa vida, essa menina é difícil, ainda bem que ela não fez nada pra me provocar. Ela voltou.
Demi: Eu vou subir, eu to com um pouco de dor de cabeça tá? –disse levantando—
Voce: Ta bom, voce quer algum remédio alguma coisa? –disse preocupada—
Demi: Não, ta tudo bem –disse depositando um selinho em seus lábios--  
Eu subi as escadas e fui pra cama, fiquei pensando em como eu poderia fazer com que a (s/n) pedisse isso, ate que eu ouvi uns passos vindo em direção ao quarto, eu não olhei fiquei apenas deitada virada pra direita, senti que ela se sentar na cama e se deitar do meu lado, ela se deitou e se aproximou de mim (encoxando) fazendo nossos corpos colarem, senti que ela estava apenas de calcinha e sutiã, eu já estava ficando exitada com isso, ela colocou a mão na minha barriga e acariciou um pouco no lugar, ate que a minha barriga contraiu e ela tirou a mão, ela colocou a perna em cima das minhas de leve fazendo-a colar em mim ainda mais, ela pegou minha mão e colocou na sua perna, ela estava me provocando e isso estava funcionado. Ela colocou novamente a mão sobre a minha barriga, mas dessa vez ela não estava fazendo nada, ela estava apenas com a mão ali. Fiquei apenas sentindo seu toque e a tocando também, depois de um tempo ela tirou a perna de cima de mim, e virou pro outro lado, admito que fiquei triste dela ter saído, mas dessa vez eu fui atrás dela, me deitei do mesmo jeito que ela, encaixando o meu corpo no dela coloquei minha mão em sua barriga e minha perna em cima das delas encaixando mais
 nossos corpos, com a outra mão coloquei em suas costas acariciando de leve senti ela se arrepiar toda. Dei uma risadinha de leve.
Voce: Eu te quero tanto –disse—mas não vou desistir da aposta—disse com um sorriso superior—
Demi: Eu já estou com saudades do seu corpo no meu, mas também não vou desistir da aposta –disse com voz superior—
Voce: Mas, nós so não podemos transar certo?
Demi: É –disse rindo—
Voce: Ainda bem –disse virando—Vem cá demetria—disse puxando-a para um beijo longo—
Demi: Porque voce achou que não pudéssemos fazer isso? –perguntou depois que o beijo acabou—
Voce: A, sabe que não sei –disse rindo—
Demi: Vem cá delicia—disse indo pra cima do meu colo—
Voce: Demetria, eu não confio quando voce faz isso – disse desconfiada—
Demi: O que agora eu não posso mais sentar no seu colo? –perguntou inocente—
Voce: Claro que pode, e deve –disse rindo— mas estamos no meio de uma aposta, então eu tenho que me controlar, eu estou hetero agora.
Demi: Voce está o que? – perguntou surpresa—
Voce: Eu estou hetero agora – respondeu rindo— não eu to brincando amor –disse com um sorriso no rosto—
Demi: Voce me assustou agora sabia? –falou seria—
Voce: Mas foi só uma brincadeira, tu acha que com um mulherão do meu lado como voce eu conseguiria ser hetero?
Demi: Acho –disse seca—
Voce:  Eu tenho que ir trabalhar –disse me tirando do seu colo—
Ela levantou vestiu sua blusa e seu shorts pegou seu celular.
Voce: Tchau Demi –disse indo em direção a porta—
Demi: Tchau –disse num tom triste—
Voce: Até amanha ou não sei quando –disse abrindo a porta—
Demi: Espera! Eu quero um abraço de tchau –disse tímida—
Ela veio até mim e me deu um abraço frio  foi em direção a porta e saiu.
--Voce narrando onn—
Eu sai de La antes que a gente discutisse, eu não queria brigar com ela, era so uma brincadeira, será que exagerei? Sera que eu falei a coisa errada na hora errada? Sai da casa da Demi e fui em direção a minha casa, cheguei lá e fui em direção ao meu banheiro tomei banho coloquei a roupa do meu serviço, desci as escadas e sai de casa, demorei uns 5 minutos para chegar lá. Sai de lá eram 19, ate que sinto meu telefone tocar
--Ligação onn—
Voce: Alo?
XxxX: (s/n)!
Voce: Richard? –disse confusa—
Richard: Sim! Oi (s/n) tudo bem?
Voce: Ah, oi tudo bem e voce?
Richard: Tudo bem, então eu mostrei a musica para um amigo meu que é produtor e ele pediu pra eu perguntar para voce se voce estaria interessada em trabalhar com ele?
Voce: Meu deus, eu posso conhece-lo primeiro?
Richard: Hoje as 20h no (RestauranteDeLa)?
Voce: Claro estarei lá! Obrigada Richard
Richard: Não foi nada, voce canta muito garota, voce tem muito futuro!
Voce: Meu deus, obrigada mesmo –disse quase chorando—
Richard: Ate as 20h! Beijos
Voce: Até, beijos
--Ligação off—
Nossa, eu acabei de ser chamada para trabalhar, meu deus. Depois dessa ligação fui correndo pra casa, quando eu cheguei eram 19:00h fui tomar banho, terminei vesti o meu melhor vestido com o meu melhor sapato deixei meu cabelo preso, e fiz uma make leve mas com os olhos marcados um pouco forte, fui ate a minha garagem peguei meu carro e fui em direção ao restaurante. Quando cheguei fui até a mesa onde eles estavam.
Richard: (s/n) que bom vela, nossa voce esta linda! –disse com um sorriso no rosto—
Voce: obrigado Richard, voce também esta! –disse—
Richard: Então (s/n) esse aqui é o Quirrel, um dos melhores produtores do mundo, já produziu para Miley Cyrus, Justin Bieber, Selena Gomez, Byoncé.
Voce: Muito prazer (s/n)
Quirrel: Prazer, sente-se!
Ficamos conversando sobre tudo, sobre como seria minha carreira, sobre tudo turnês, parcerias, shows de abertura, álbum como eu ia me encaixar no marcado.
Quirrel: Então (s/n), vou quer trabalhar comigo?
Voce: Claro que sim! –disse sorrindo—
Richard: Então, amanha voce pode passar La na gravadora para gente assinar os papeis e já começar a fazer alguns testes?
Voce: Sim –disse sorrindo—Que horas?
Quirrel: As 15:00h pode ser?
Voce: Claro que sim, então gente eu tenho que ir, ainda tenho coisas pra resolver –disse se levantando—
Me levantei, agradeci as oportunidades paguei a minha conta e fui embora, mas fui pra casa da demi. Cheguei lá e apertei a campainha.
Voce: Demi –disse com um sorriso tímido—
Demi: Oi –falou me olhando dos pés a cabeça—Entra –disse dando espaço pra eu passar— Nossa, que linda que voce está
Voce: Obrigada Demi, eu estava num jantar com o Richard e com o Quirrel, ele quer ser meu produtor –falou animada—
Demi: Meu deus, que legal –disse animada—e voce aceitou né?
Voce: Sim, amanha eu já vou na gravadora fazer alguns testes e assinar o contrato –disse sorrindo sem mostrar os dentes—
Demi: Parabéns, legal mesmo –disse animada—
Voce: Obrigada, então eu já vou indo nessa –disse indo em direção a porta—
Demi: Não, porque? –disse trancando a passagem da porta com o braço—
Voce: Porque? Porque voce ficou estranha comigo por causa da uma brincadeira idiota –disse olhando em seus olhos—
Demi: É que, por um momento eu achei que fosse verdade e eu também sabe, fiquei com medo de perder voce –disse deixando uma lagrima rolar pelo seu rosto—
Voce: Eu sou sua namorada, voce nunca vai me perder, eu te amo demi –disse indo dar um abraço nela—
Demi: Desculpa ter agido que nem uma idiota, eu também te amo – disse escondendo a cara na volta do seu pescoço—
Eu limpei as lagrimas que corriam no seu rosto e acariciei seu rosto dando um sorriso bobo
Voce: Eu posso beijar voce? – disse colocando uma mexa do cabelo dela pra trás—
Demi: Claro que pode –disse sorrindo—
Aproximei-me dela e a beijei, um beijo lento e cheio de desejo. Senti ela colocar a mão na minha bunda e dar uma apertada em gemi baixinho, e ela deu uma risadinha, eu recuei.
Demi: O que foi? –disse sem entender nada—
Voce: Melhor pararmos, ainda temos uma aposta – disse sorrindo—
Demi: Ai mas voce está tão linda, sério, meu deus voce ta tão gostosa –disse me olhando dos pés a cabeça—
Voce:  demi vem cá vem –disse puxando para um beijo—
O beijo foi um beijo acelerado e selvagem. Passei minha língua pelo seus lábios e senti ela dar um chupão, me afastei um pouco e gemi, ela riu, depois voltei a beija-la
Demi: Nossa o que foi isso? –disse separando o beijo—
Voce: Um beijo ué –disse rindo—
Demi: Não mesmo, esse foi o melhor beijo que voce já me deu. E nossa, voce tem uma pegada impressionante –disse se aproximando de mim—
Voce: Só pra voce –disse com um olhar malicioso—
Demi: Voce deixa eu brincar com voce? –disse com uma voz sexy no meu ouvido—
Voce: sim, eu deixo –disse se arrepiando—
Ela pegou minha mão e me levou até o sofá, ela me deitou e se deitou por cima de mim e ficou beijando o meu pescoço.
Voce: Ai meu deus, demi, demi sai de cima de mim –disse rindo—
Demi: Porque? Voce não gosta disso? –disse beijando o meu pescoço—
Voce: Ai como eu sou idiota –disse rindo—Demi, voce não vai me fazer transar com voce, vamos vaza –disse rindo—
Demi: Ah, porque? –disse com voz sexy no meu ouvido –depois que ela disse isso, começou e beijar meu pescoço, ela pegou minha mão e colocou na sua bunda—
Voce: Demi, voce me quer?
Demi: O que voce esta perguntando exatamente? –disse me olhando—
Voce: Eu estou perguntando, se voce me quer –disse apertando um dos seus seios, ela gemeu baixinho—Vai demi, voce não quer ouvir eu gemer o seu nome? –disse ficando em cima dela e depositando um beijo em seu pescoço—
Demi: Ah, meu deus, isso é golpe baixo –disse entre gemidos—
Voce: Vai demi, eu sei que voce quer ouvir -- disse passando a mão na sua perna—
Demi: (s/n) sai de cima de mim, eu não desistir da aposta –disse rindo-
Voce: Ah demi –eu me aproximei do seu ouvido e gemi seu nome—Ah demi, vai ah, demi mais rapido demi ah ah—falei do modo mais parecido que eu consegui—
Demi: Ah meu deus, eu preciso de um banho frio –disse depositando um selinho nos meus lábios—eu vou La, é,tomar um banho frio, porque se não eu não vou aquentar—
Voce: Ah demi, eu so to brincando com voce –disse saindo do seu colo—
Demi:Aham sei – me olhou com olhar de desconfiada—
Voce: vai lá tomar banho de água fria pra apagar esse fogo –disse rindo—
Demi: há-há-há, muito engraçada voce –disse levantando e indo em direção as escadas—
Ela subiu, eu sabia que ela estava quase cedendo era so uma questão de tempo, eu tinha um plano eu fui ate o meu caro e peguei o que eu tinha comprado pra mim e até agora estava funcionando perfeitamente, subi as escadas e tirei meu vestido  E deitei na cama só esperando ela sair repente ela saiu e deu de cara comigo assim
 ela estava apenas coberta com uma toalha, ela olhou pra mim um pouco sem jeito, eu apenas retribui com um sorriso.
Demi: Ta calor aqui né? Ai meu deus, Jesus Cristo me ajuda pelo amor de deus socorro –disse indo rápido para o closet—
Voce: Aham –disse levantando e indo em direção ao closet—
Demi: Não venha aqui (s/n) Não se atreva!
Eu entrei e ela estava de costas, tentando achar alguma roupa pra ela. Eu a abracei por trás e beijei seu pescoço.
Demi: Ai (s/n) eu to com tanta saudade de voce, voce está tão gostosa meu deus, voce está tão linda –disse ofegante—
Voce: Eu também demi, me arrumei pra voce –disse no seu ouvido—
Eu tirei a sua toalha bem devagar, mas ela me interrompeu
Demi: O que voce esta fazendo?
Voce: Tirando a sua toalha, boba –disse beijando o seu pescoço—
Demi: Nós temos uma aposta sabia? –disse indo mais pra frente e se virando pra mim—
Voce: Eu sei, mas não quer dizer que a gente não possa fazer isso –disse—
Demi: Claro que sim, tu acha que se eu estivesse pelada voce não tentaria nada? Espera, daí você perderia a aposta, obrigada (s/n)
Ela tirou a toalha, e eu fiquei de boca aberta olhando aquela mulher, nossa ela é tão gostosa.
Demi: Vem agora –disse com um sorriso malicioso—
Voce: Voce que manda –coloquei minhas mãos na sua cintura e ela colocou uma mão em meu rosto e a outra em meu ombro—
A beijei, apenas isso, não fiz mais nada. Depois do beijo a olhei e sorri.
Demi: Voce é tão linda e está tão sexy com essa roupa – disse sorrindo—
Voce: Voce é mais linda – disse sorrindo e corando—
Demi: Porque voce não me toca?  Eu to com uma vontade imensa agora de tocar em voce –perguntou/disse no meu ouvido—
Voce: Voce quer que eu te toque? Porque voce não me toca? –perguntei—
Demi: Eu quero que voce me toque – disse pegando minha mão que estava em sua cintura e colocando na sua bunda—
Voce: Mas se eu tocar voce, voce vai ser exitar –disse sorrindo—
Demi: To nem ai, eu já estou –disse beijando o meu pescoço—
Voce: Demi, eu desisto da aposta –disse sorrindo—
Demi: Ebaaaaa! Agora eu vou poder tocar a minha delicia – disse sorrindo-
Voce: Sua delicia é?! –disse ofegante—
Demi: Aham – disse pegando a minha mão e colocando em um dos seus seios— Vamos (s/n), me toque – disse seria—
Voce: Voce que manda – disse a virando para trás –
Ela ficou de trás, eu queria exita-la mesmo, eu queria ouvir ela pedindo por isso, então eu estava a tocando mas não do jeito que ela esperava, eu estava a provocando e eu acho que ela estava percebendo isso, enquanto eu beijava seu pescoço minha mão ia ate a sua virilha e eu tirava a colocando em sua barriga, em direção aos seus peitos mas quando eu chegava perto eu tirava a mão
Demi: (S/N) VAMOS LOGO PORRA!
Voce: Calma, vamos devagar ou voce quer selvagem mesmo? –perguntei mordendo o lóbulo da sua orelha em seguida—
Demi: Selvagem –disse gemendo—Eu preciso sentir voce, agora!
--Demi onn—
Tivemos uma perfeita noite de sexo, nossa essa menina é perfeita, eu não sei como eu consegui viver tanto tempo sem ela e eu a quero pra sempre eu quero faze-la minha pra sempre, eu sei que nós somos muito jovens pra casar, mas sabe eu precisa dela assim como eu preciso de ar. Não quero perde-la nunca.
[...]
--Voce narrando onn—
Acordei as 14:00hr seguinte e vi demi dormindo ainda nua, dei um sorriso bobo ao lembrar de ontem e de como ela me faz feliz sai da cama lentamente para não acorda-la, fui em direção ao banheiro fiz minha higiene matinal e fui para o Box, enquanto tomava banho fui ate a gravadora e assinei o contrato quando eu cheguei fui ate o quarto não vi que demi olhava pra mim
Voce: Ai meu deus, que susto garota! –disse colocando a mão sobre o peito—
Demi: Porque eu sou tão feia assim? –disse fazendo biquinho—
Voce: Voce é a pessoa mais linda, perfeita que eu já conheci em toda a minha vida meu amor –disse piscando pra ela—
Demi: Ai, assim voce me deixa com vergonha –disse corando e indo em direção a pia para escovar os dentes—
 vi demi falando no telefone.
Demi: Ah, oi...sim...quando...ah ta ok
Voce: Quem era demi? –pergunto depositando um selinho molhado no seu pescoço—
Demi: Era a Miley, era queria me encontrar hoje a noite –disse um pouco nervosa—
Voce: Ta bom então, eu vou chamar a Selena pra sair –disse pegando o telefone—
Demi: Ok –disse indo tomar banho—
Desci as escadas enquanto falava com a Selena, não sei mas ainda não contei pra Demi que ela é minha de 3 grau, poisé eu tenho Gomez no nome, acho que já esta na hora dela saber não é? Combinei tudo com a Sel, nós iríamos no cinema as 16:30hr, já que a demi iria em um jantar lá, não sei porque mas eu acho que não era a Miley, mas tenho que confiar na minha namorada. Fiz o almoço uma coisa básica mas ao mesmo tempo muito boa. Fui até o quarto adentro no mesmo e vejo a demi sentada na beirada da cama com uma cara não muito boa, será que ela esta escondendo alguma coisa? Não, isso é coisa da minha cabeça, porque a demi mentiria pra mim? Não faz sentido algum, to ficando louca.
Voce: Demi, voce está bem? –disse indo até ela—
Demi: To bem sim, só não sei o que eu vou vestir –disse dando um sorriso fraco—
Voce: Tem certeza? Porque tu não coloca aquele vestido –disse entrando no closet e saindo com esse vestido (IMAGEM)—
Demi: Ele é lindo né? –disse se levantando—
Voce: Ele é lindo, mas em voce, fica totalmente espetacular eu te amo garota—disse a abraçando—
Demi: Eu também te amo, nunca se esqueça disso –disse apertando mais—
Voce: Nunca vou me esquecer –disse depositando um beijo molhado em seu pescoço—
Demi: Ai, não faz isso –disse separando o abraço—
Voce: Porque não? Eu sei que voce gosta –disse depositando mais selinhos no seu pescoço—
Demi: Justamente por isso, deixa eu ir tomar banho porque se não eu não vou conseguir me controlar, disse indo em direção ao banheiro
A segui e adentrei junto com ela no banheiro
Demi: Ei, Ei, o que voce está fazendo aqui –disse de despindo—
Voce: Vou olhar voce tomar banho –disse sorrindo—
Demi: Não mesmo, vamos vaza –disse a empurrando pra fora do banheiro—
Voce: Ah porque?? –disse fazendo biquinho—
Demi: Voce sabe que voce iria se aproveitar da situação, eu te conheço muito bem, agora deixa eu tomar meu banho –disse me dando um selinho—
Ela fechou a porta na minha cara e depois trancou, achei isso muito ofensivo claro que eu ia realmente me aproveitar da situação, ela estaria pelada é obvio que eu me aproveitaria, desci as escadas e fiquei vendo TV um tempo, logo coloco em “Amizade colorida” com a gostosa da Mila Kunis. Quando vi a demi estava do meu lado com os braços cruzados.
Voce: Ah, nem vi voce chegar aqui –disse olhando-a e logo depois voltando atenção na TV—
Demi: Sim, fica prestando atenção na “Milla Kunis” – ela disse debochada—
Voce: Vai dizer que voce vai ficar com ciúmes dela? –disse risonha—
Demi: Não estou com ciúmes dela –disse se aproximando —eu sei que eu tenho voce só pra mim –disse e me beijou—
Ela já estava em cima de mim, mas lembrei que ela já estava atrasada então cortei o beijo com selinhos.
Voce: Demi, Demi, amor voce está atrasada –disse parando o beijo—
Demi: Ah, é verdade, desculpa me empolguei de mais –disse rindo e levantando do sofá—
Voce: Voce está tão linda –disse mordendo o lábio inferior devagar e a olhando com um olhar malicioso—
Demi: Ah, obrigada. Voce está muito safada sabia? –disse indo em direção do sofá depois de pegar a sua bolsa—
Voce: Voce que anda muito gostosa o que me faz ficar safada assim, no caso é tudo sua culpa— disse depositando um selinho em seus lábios que estavam com gosto de morango—
Demi: Tenho que ir agora amor, prometo não demorar ta bom? –disse sorrindo e se levantando do sofá—
Voce:Pera,demi
Dem: Oi, o que foi amor? –disse voltando para o sofá—
Voce: Me da mais um beijo? –disse fazendo um biquinho—
Demi: Ai deus, vem cá gostosa –disse puxando minha nuca, demos um dos melhores beijos do mundo— Deu?
Voce: Aham, por mais que eu queira voce aqui comigo hoje, queria fazer seilá...algo bom com voce, mas te perdi praquela cacatua loira –disse rindo—
Demi: Ai amor nós transamos ontem a noite, não é possível que voce já esteja com vontade, e não voce não me perdeu pra Miley –disse rindo—Eu juro que eu vou rápido, quem sabe d tempo de fazer alguma coisa não é mesmo? –disse passando a mão na minha perna—
Voce: Talvez depois eu não esteja mais com vontade –disse olhando pra TV, apareceu uma parte da Milla apenas de sutiã e calcinha—NOSSA!—demi me deu um tapa no braço—AI demetria! –disse alisando o lugar que ela bateu—
Demi: Tu me respeita! E não me chame de demetria! Tchau até daqui a pouco –disse depositando um selinho em meus lábios—Fica bem
Voce: Acredite, eu vou ficar ótima –disse olhando pra TV e depois voltando a olhar pra demi que me olhava semi serrando os olhos—To brincando Dems, sabe que seus peitos são bem maiores que os dela né
Demi: Aham sei –ela olhou na tela do celular—porra, to atrasada—disse vindo ate mim me deu um selinho—Tchau (s/n)
Voce: Tchau demi, eu te amo
Demi: Eu também
--Demi narrando onn—
Me senti muito mal por ter mentido pra ela, mas não podia dizer que eu iria encontrar com o Wilmer, ela me mataria ele falou que queria conversar comigo, sabe ele sempre foi bom amigo pra mim. Depois que sai da casa da (s/n) peguei meu carro e fui em direção ao restaurante que ele tinha combinando comigo, logo o avistei.
Wilmer: Boa noite Demi –ele disse sorrindo e se levantando e vindo em minha direção—
Demi: Boa noite Wilmer –disse o abraçando—
Wilmer: Vem, sente-se –disse puxando a cadeira (me sentei) e ele empurrou a mesma e logo depois se sentou—
Demi: Nossa, que cavalheiro –disse com um sorriso—
Wilmer: Obrigado Demi, então como vai a vida? Está na morando?
Antes de eu conseguir responder o garçom nos interrompeu
Garçom: Boa noite! O que desejam?
Wilmer: O prato da noite por favor, e uma boa champaing francesa obrigada
Garçom: Ok, com licença –ele se retirou—
Wilmer: Então...agora voce pode responder –disse sorrindo—
Demi: Bom, minha vida está perfeita sim estou namorando com a (seu nome) –disse sorrindo sem mostrar os dentes—
Wilmer: O QUE? VOCE ESTÁ NAMORANDO COM UMA GAROTA? –disse com uma voz um pouco mais alterada—
Demi: Sim e estou muito feliz com ela –disse enquanto o encarava—
Wilmer: Não acredito que voce me trocou por uma vadia dessas –colocando a mão na cara—
Demi: Ei, quem voce pensa que é pra chamar ela de vadia? –disse com o tom da voz um pouco mais alto—
Todos no restaurante olharam pra nós, fiquei vermelha de vergonha.
Wilmer: Demi, desculpa não queria a chamar assim, desculpa mesmo so não me conformo de ter perdido voce, só isso.
Demi: Ninguem mandou voce me trair
--Voce narrando onn—
Liguei pra Selena e ela veio até minha casa ficamos vendo filmes e comendo brigadeiro, fizemos guerra de travesseiro, chamamos a Ariana Grande também para participar, sabe que ela é a coisa mais fofa do mundo?
Ari: Então meninas, vamos pedir pizza? –disse sentando na cama depois de uma guerra de travesseiros—
Selena: Vamos –disse ofegante—Deixa que eu ligo, disse pegando o celular—
Voce: Vamos sim, vocês escolhem os sabores ta bom?
Selena: Pode ser né Ari?
Ari: Claro!
--Demi narrando onn—
Demi: Então até mais Wilmer, disse saindo do restaurante acompanhada por ele—
Wilmer: Espera demi –ele puxou meu braço e me beija—
Por um segundo eu cedi, eu admito.
Demi: Boa noite – sorri
Ai meu deus, e agora? Eu tenho que contar pra (s/n) ou não conto? Eu tenho que contar, eu tenho que contar, mas tenho medo de perde-la por culpa desse viado do Wilmer, mas eu a trai. Voltei para casa, estacionei  o carro na garagem, quando abri a porta ouvi uns gritos e uma correria pela casa, vi que a Sel tava lá só de Sutiã e com um shorts, a Ari também estava lá, também apenas com um sutiã e com um shorts, até a (s/n) estava apenas com um sutia e shorts.
--Voce narrando onn—
Depois que nós comemos, fomos jogar verdade ou consequência. Foi muito divertido estar com elas pela noite depois disso começamos de novo uma guerra de travesseiros pela casa todas, todas nós estávamos apenas de sutiã e um shorts, coisa da Ari no jogo. Estávamos correndo pela casa até que eu ouço um som de porta batendo devagar.
Voce: Demi? –disse ofegante—
Ari: Oi Demizinha! –disse ofegante também—
Selena: Dems –disse se juntando a nós—
--demi narrando onn--
Demi: O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI? – perguntei em um tom de voz mais elevado— PORQUE A MINHA NAMORADA ESTÁ APENAS DE SUTIÃ E SHORTS? –tenho que admitir que ela estava muito gostosa ainda mais porque estava suada--
Voce: Calma demi, foi coisa da Ari a gente tava jogando verdade ou desafio daí esse foi o desafio –ela disse--
Demi: como voce quer que eu fique calma com voce correndo atrás delas assim desse jeito? –disse deixando uma lagrima cair do seu rosto—quer saber, eu vou embora –disse se virando pra porta—
Voce: Demi, não não vai foi só um desafio –disse segurando o seu braço—
Demi: Me deixa (s/n)! –disse tirando meu braço das suas mãos o olhando de leve para os seus peitos—
--Voce narrando onn--
Ela foi embora, eu ia ir atrás dela mas a Selena me impediu disse que era
eu dar um tempo pra ela, já que ela é muito ciumenta
--Demi narrando onn—
Eu sei que eu posso ter exagerado um pouco mas poxa, ela estava com aqueles peitos gostosos dela pra Ari e a Selena verem, me senti mal com aquilo porque são só meus caralho, será que eu peguei pessado de mais? Porque elas são apenas amigas ainda elas tem namorado e a (s/n) não me trairia nunca, depois que eu sai do apartamento eu fui para casa da minha mãe, lá sim eu poderia ficar bem mesmo, chegando lá Dallas abre a porta e me da um abraço apertado
Dallas: O que te trás aqui, pera voce está chorando? –disse a levando para a cozinha—
Demi: Só vim ficar um pouco com a minha família, não é impressão sua – disse—Cade a mamãe, Madison, Eddie?
Dallas: Estão lá em cima, MAMÃE, PAPAI MADISON A DEMI ESTÁ AQUI!
Demi: Se fosse pra gritar eu gritava
Dallas: Então porque não gritou? Olha Demi...—ela foi interrompida pela minha mãe e pai que desciam as escadas—
Dianna: Oi filha –disse a abraçando—Está tudo bem?
Demi: Está sim –disse com forçando um sorisso—Eu vou La no meu antigo quarto ta bom?
Dianna: Ta bom, deipos eu te chamo pro jantar ok? –disse alisando o seu cabelo—
Demi: Ta bom obrigada –disse subindo as escadas—
[...] 3 dias depois
--Voce narrando onn—
Eu to a 3 dias tentando falar com a demi e nada, cara será que ela terminou comigo por ciúmes bobo? Agora eu estou aqui no estúdio gravando pro meu primeiro álbum. Voltei pra casa e olhei pro sofá e ela estava lá.
Voce: Demi? –disse abrindo um sorriso—
Demi: Oi (s/n) --disse levantando e se aproximando—
Voce: Poxa, porque voce fez isso? Porque não deu noticias? Porque me tratou daquele jeito? Porque não atendeu minhas ligações? –disse enchendo seus olhos de lagrimas—
Demi: Amor, desculpa eu fui muito idiota em ficar esse tempo longe de voce, não atendendo a suas ligações, é que eu precisava falar com voce, sobre aquele dia, vamos sentar?
Voce: Vamos –nós sentamos— O que voce quer falar?
Demi: Que eu não sai com a Miley aquele dia, eu sai com o Wilmer
Voce: DEMETRIA! VOCE MENTIU PRA MIM? O QUE, VOCE SAIU COM AQUELE FILHO DA PUTA! –disse interrompendo e enchendo novamente meus olhos com lagrimas—
Demi: Calma amor eu...
Voce: “Amor”? Agora voce me chama de amor? Voce me trocou pelo Wilmer cara, eu não acredito, demetria...sai daqui! Voce sabe o mal que ela já vez a voce...aposto que ele te beijou não beijou? E voce cedeu não cedeu?
Demi: Eu...—ela ficou em silencio—
Voce: Eu não acredito, eu não acredito, sai demi...sai daqui...sai da minha casa, sai da minha vida, eu achei que voce me amasse eu achei que voce se importava comigo, mas não, voce prefere o Wilmer, vai La com ele então! –disse se levantando—
Demi: Desculpa (s/n) por favor, me perdoa eu te amo sim...
Voce: Voce não ama nada! Voce me traiu! Sua vadia! –disse levantando e correndo pro quarto—
[...]
3 meses depois
Depois que eu e a demi terminamos, eu estou muito bem, lancei meu álbum que esta estourando na Bilboard. Não a vi desde aquele dia. Hoje vou a uma boate a noite, daqui alguns dias tenho um show marcado em L.A, todos os ingressos já estão esgotados inclusive, para o M&G.
Miley: Anda (seu nome)! Vamos logo! Se não vamos nos atrasar
Voce: Ta, já to descendo
Eu desci nós nos elogiamos, e fomos pra festa. Quando chegamos Miley logo foi pra pista com as outras meninas e eu fui pro bar.
Voce: Uma Vodka por favor! –disse—
XxxX: Claro, só um minuto
Fiquei ali por um tempo bebendo, mas não exagerei depois fui pra pista avisar a miley que eu estava indo ela disse que pegava um taxi, sai da balada, e enquanto eu colocava o sinto eu vi alguém cambalear e ate cair aquela pessoa era familiar mas não reconheci de cara, mas, nossa é a demi meu deus!
Sai do carro e fui lá coloquei seu braço no meu pescoço e fui em direção ao carro e coloquei no banco do passageiro e coloquei o cinto nela, dei a volta e entrei. E comecei a dirigir ela estava linda, mesmo bebeda.
Demi: Olha (s/n) –imagiem ela com voz de bêbada—eus...eu te a-amo...eus te amo –eu não intendia muito bem o que ela falava porque ela falava tudo rápido—eu dormi com o wilmer, mas eu gemi o seu nome então ele me dispensou –ela disse e eu ri—não ria, eu tenho tesão em voce, sua gostosa me deixa te fazer gozar aqui mesmo, para num beco desses mesmo e eu vou te fazer minha mulher – eu ri dessa ousadia dela, dava vontade mesmo de parar num beco e vê se era verdade, mas pensei melhor e não achei uma boa ideia
Voce: Não sabia que voce bêbada ficava tão tarada –disse e ri—
Demi: Eu não estou tão bêbada assim, mas eu me sinto assim todas as vezes que eu te vejo, que eu vejo essas coxas –disse apertando e passando a mão na minha coxa— Tirei a mão dela dali—eu sei que voce quer –disse passando a mão sobre minha intimidade, eu fiquei exitada com aquilo, ela estava conseguindo o que ela queria—
Voce: Para demi –disse estacionando o carro e indo pra casa, ela saio do carro e estava andando normalmente, ela parou do meu lado e eu a olhei—Já ta andando bem melhor né! Não parece bêbada
Demi: Eu não estou –disse e depois riu—
Voce: Ai não acredito!
Demi: Espera, me escuta antes de me mandar embora por favor!
Voce: Ta, vem entra
Nos sentamos no sofá, nós nos olhamos e eu senti uma lagrima escorrer dos meus olhos, mas logo a limpei
Voce: Então, o que voce quer falar?
Demi: Então, eu quero te pedir desculpas em primeiro lugar, e eu vim dizer que esses meses que passaram foram os piores da minha vida, (seu apelido) eu te amo mesmo, eu sinto a sua falta ninguém me fez feliz como  voce fez, eu so quero voce, eu sei que voce pode não voltar pra mim mas pelo menos me perdoa, me perdoa por seu idiota e trair sua confiança, eu te prometo que isso não vai me acontecer, eu te prometo te fazer feliz eu te prometo nunca mais mentir...eu te amo tanto que dói, eu sei que nós podemos fazer isso juntas, por favor...—enquanto ela falava eu chorava e eu também—
Voce: Dem eu...
Demi: Por favor, me perdoa...
Voce: Voce pode passar aqui amanha? Pra eu responder?
Demi: Claro amor—disse levantando—
Voce: Claro oq? –perguntei surpresa—
Demi: ah..ér...des...desculpa (s/n), tchau eu tenho que ir
E ela se foi, e agora o que eu vou fazer? Sera que vale a pena confiar nela de novo eu a amo tanto...Eu fui para o meu banheiro tomei um banho demorado vesti minha langeri me deitei e logo depois dormi. Eu acordei as 11:00hrs fui ao banheiro fiz minha higiene matinal e desci para a cozinha, comi alguma coisa e liguei pra demi
--Ligação onn—
Voce: Oi
Demi: Oi, posso ir ai agora?
Voce: Claro, to te estou te esperando
Demi: Até mais beijos
Voce: Beijos
--Ligação off—
Nossa, como ta calor hoje, acho que eu só vou colocar um roupão por cima, mas era de seda, era fino e um pouco colado deixei apenas os meus seios (q estavam com sutiã) um pouco expostos. Me sentei no sofá para espera-la, depois de uns 10 minutos esperando finalmente ela chegou. Me levantei e fui até a porta, quando abri nossa ela estava linda e com um sorriso tímido.
--Demi narrando--
 Quando eu cheguei na casa da (seu apelido) ela atendeu e nossa ela estava tão gostosa a única coisa que eu queria fazer ela agarra la e nossa aquele decote nossa, cara os seios dela ficaram maiores ou é impressão minha?
Voce: Demi...—eu nem ouvi ela falar eu tava muito concentrada no seu decote, nossa como eu queria fazer coisas impróprias com ela agora—
Voce: Demi! –fui desperta dos meus pensamentos com a mesma me chamando—
Demi: Oi (s/n) –disse com um sorriso tímido—
Voce: Olá demi, entre –disse dando espaço pra ela entrar—
Demi: Então, pensou no que eu perguntei? –falou com receio e olhando disfarçadamente para o seu decote—
Voce: Pensei sim, e esta tudo bem –ela disse e deu um sorriso—
Demi: Então voce volta comigo? –disse se aproximando e depositando um beijo molhado em seu pescoço—Voce vai voltar comigo? –disse ainda a beijando—
Voce: Ah demi –disse em completo êxtase—eu não vou voltar tão fácil assim pra voce –disse se separando de mim—
Demi: O que? Mas voce disse que esta tudo bem, ah vai (s/n) eu já pedi desculpa, por favor! –disse se aproximando—
Voce: Voce vai ter que me reconquistar demizinha –disse dando um passo pra trás—
Vi ela retirar o seu roupão e ficando só de lingerie preta na minha frente, eu fiquei totalmente sem ação, ela estava me provocando e eu não ia ficar aquele corpo nossa que vontade de agarrar ela mesmo a força, sabe é isso que eu vou fazer.
Voce: Só não baba ta demi?! –disse rindo—
Eu simplesmente não respondi, eu estava hipnotizada por ela por aquele corpo por tudo nela ela estava simplesmente a pessoa mais gostosa que eu já vi nossa
Voce: Demi voce tá bem? –disse se aproximando—Voce lembra demi? Quando eu era sua e quando voce podia me tocar? Lembra quando nós podíamos fazer o que voce quiser, lembra que voce podia me beijar e me exitar, quando eu gemia o seu nome lembra? –disse com a voz mais sexy que eu consegui no seu ouvido— ah demi, ah mais...mais rápido, ah vai demi vai ah demi ah, ah eu vou gozar ah ah ah demi ah – disse novamente em seu ouvido com voz sexy e gemendo—
Demi: Eu já estou completamente exitada, deixa eu te fazer minha deixa eu te tocar deixa eu te fazer gozar deixa eu tocar nessa boca –disse no seu ouvido—
Sem nem pensar duas vezes a peguei pela cintura e a beijei, desci minha mão para sua bunda, ela nem se importou, passei minha língua pelo seu lábio inferior pedindo passagem ela logo cedeu, com a outra mão subi para o feixo do seu sutiã, quando eu ia tirar ela interrompeu
Voce: Não mesmo, depois do que voce fez não está merendo sexo, não mesmo!
Demi: Ah vai (s/n) por favor! –disse me aproximando e colocando a mão na sua bunda—deixa pelo menos eu tocar voce, deixa pelo menos eu te beijar –disse indo me beijar—
Voce: Hey, Hey voce ai! Não eu não deixo voce esta de castigo, eu vou fazer greve de sexo
Demi: Não, Não, Não por favor eu te imploro! Não faz isso
Voce: Vou fazer e esta dito e feito! –disse pegando o roupão para se vestir de novo—
Quando ela terminou de vestir o roupão nós assistimos dois filmes, estávamos vendo um filme no sofá deitadas e eu estava atrás e ela estava com aquela bunda roçando em mim, nossa eu já estava exitada so com isso, passei minha mão pelas suas curvas ate chegar nas suas pernas dei uma leve apertada o que me deixou mais exitada ainda, fui indo de vagar em direção a sua intimidade.
Voce: Pode tirando a mão daí –disse dando um tapa na minha mão—
Demi: Deixa vai –disse indo pra cima dela, ela estava em baixo de mim, era tudo o que eu queria ela estava com a calcinha e o sutiã e eu estava com a minha intimidade sobre a dela comecei a fazer movimentos de “vai e vem” e ela começou a gemer nossa eu já estava totalmente exitada pois ela gemia meu nome—Voce não gosta disso?
Voce: Mais forte demi –disse entre gemidos—
Me aproximei de sua boca e a beijei eu não aquentava mais eu precisava fazer ela gozar agora! Parei os movimentos e tirei sua calcinha em uma velocidade absurda e logo comecei a chupar, em gemia, gemia meu nome, parei de chupar e comecei a beija-la comecei a masturba-la com dois dedos eu gemia muito alto, eu beijava seu pescoço ate que eu penetrei 2 dedos
Voce: Ahhh demi, assim, ah vai demi vai! –disse em completo êxtase e gemendo alto—
Logo comecei a chupa-la de novo, tirei seu sutiã e chupei seus seios tirei minha calça e minha blusa e comecei a fazer movimentos de vai e vem em cima dela ela gemia alto e eu também tirei meu sutiã e minha calcinha fazendo nossos clitóris se chocarem arrancando gemidos altos de ambas, logo depois tivemos um orgasmo juntas, me deitei ao seu lado e ficamos nos encarando
Voce: Nossa o-o-o que f-o-o-i i-s-s-o? –disse muito ofegante—
Demi: Amor, foi amor! –respondeu no mesmo tom—Eu já estava a 3 meses sem esse corpo, e mais uma coisa, voce colocou silicone? –disse ainda ofegante—
Voce: Não, Não coloquei porque? –perguntou com a respiração pesada—
Demi: É que seus peitos, eles estão enormes –disse—
Voce: Ah demi –disse colocando as mãos na cara para esconder a vergonha—
Demi: Não precisa ter vergonha de mim não amor –disse dando um selinho—
Voce: Amor...voce pretende construir uma família? –perguntei como não querendo nada—
Demi: Claro! –disse sorridente—
Voce: Ah...—não podia esconder a decepção na minha voz—
Demi: Mas com voce! –disse radiante—
Voce: --sorri radiante—Eu também quero
--Demi narrando onn—
Demi: casa comigo? –sussurrei para que só eu ouvisse—
Voce: Hãn? –perguntei—
Demi: Não nada –disse dando um sorriso forçado—
Voce: Quer tomar banho? –disse levantando—
 Demi: Claro
Voce: Voce vai querer ir comigo amanha no meu show?
Demi: sim amor –disse sorrindo--
--Voce narrando onn--
Subimos as escadas e tomamos banho, lembrei que amanha seria o meu show então tenho que ir domir, olhei no relógio e eram 23:00hrs deitei-me na cama junto com a demi e logo dormimos ali abraçadas.
[...]
Acordei com o som do meu celular tocando, demi estava tão linda dormindo que eu resolvi não acorda-la agora, fui ate o banheiro tomei um banho demorado e fui so de toalha pro closet, me vesti com um shorts curto e com uma camiseta fisica preta e um all star vinho fiz uma make leve. Fui em direção a cama
Voce: Amor, acorda bebe –disse depositando selinhos molhados em seu pescoço— Amor, acorda! –ela não esboçou reação apenas deu um sorriso de canto—Se eu fizer oral em voce, voce acorda? –perguntei com a voz sexy perto do seu ouvido— Ela assentiu freneticamente ainda com olhos fechados—Pena que não temos tempo pra isso, vamos Demetria levanta! –disse puxando os lençóis—
Demi: Voce é muito chata! –disse colocando o travesseiro na cara—Achei mesmo que voce ia fazer oral em mim –disse fazendo biquinho—
Voce: Mais tarde eu faço ta bem? –disse depositando um selinho em uma boca—
Demi: Mais eu queria agora! –disse fazendo cara de braba—
Voce: A gente ainda tem uma hora, se voce tomar seu banho rápido e se vestir rápido eu faço em voce –disse se sentando na cama—
Demi: Serio? Ai meu deus! –ela se levantou rápido e foi rápido pro banheiro depois de 10 minutos ela saiu e foi rápido pro closet, depois de 20 minutos ela estava pronta— Deu! Pode começar
Voce: Vem aqui então—disse dando tapinhas na cama—
Ela foi ate mim e sentou no meu colo
Demi: Vai (s/n) vamo logo! Esta perdendo tempo!
Voce: Ui ela ta apressadinha, vem Demi vem –eu disse e ela me beijou—
Eu tirei sua calça com sua calcinha
[...]
Chegamos ao lugar do show era 13:00hrs, almoçamos em um restaurante parto dali, era 14:00hrs e eu fui para o camarim fiz o soundcheck, as 14:45hrs. Eu e a demi ficamos no camarim namorando até as 16:40 que era a hora que eu iria proshow.
Demi: Amor –disse durante o beijo—
Voce: Hum –disse durante o beijo—
Demi: Voce não vai se arrumar não? – disse passando a mão na minha perna—
Voce: Me ajuda? –disse quebrando o beijo—
Demi: Claro, vem –disse me puxando— Vamo, se pela ai gostosa –disse rindo—
Voce: Ce que manda gostosa –disse tirando a blusa, vi demi me fitava quase me comendo apenas com os olhos tirei minha calça também ficando apenas de sutiã e calcinha—e ai, qual roupa eu coloco? –ela ficou em silencio apenas me analisando—
Demi: Coloca... é isso! –disse me entregando uma roupa—
Voce: Ta bom, vou me vestir --disse indo pro banheiro—
Demi: Não mesmo! Se troca aqui –disse fazendo biquinho—
Voce: Afe, mas tu vai se aproveitar de mim –disse rindo—
Demi: Não vou não, vai amor por favor... –disse fazendo biquinho—
Voce: Ah...ta bom voce sabe que eu não resisto a esse biquinho—
Demi: Aham, agora vai se veste ai –disse sentando no sofá—
Coloquei a blusa colada ao meu corpo branca e um blaser roxo ate meus cotovelos com uma calça preta com um sapato de salto preto, fiz uma make leve mas com os olhos marcados por um delineador intenso. Deixei meu cabelo solto com minha franja aparente, e deu eu estava pronta!
Demi: Uau! –disse me fitando atrás de mim no espelho—
Voce: Ficou bom? –disse me fitando me frente ao espelho—
Demi: Ficou perfeita, voce está linda e gostosa –disse depositando um beijo molhado em seu pescoço—
Voce: Voce que é gostosa –disse colocando o pescoço pra trás para dar um espaço maior a ela— Demi...
Demi: Fala –disse me abraçando pela cintura—
Voce: Voce casaria comigo? –perguntou tímida—
Demi: Obvio que sim amor, é tudo que eu mais quero –disse me abraçando ainda mais forte—
Voce: Eu também...—disse sorrindo—
Demi: Agora vem cá, porque nós ainda temos um tempinho a sós –disse me virando e mordendo o lábio inferior devagar—
Ela me beijo com tal voracidade que eu fiquei exitada apenas com isso, nos sentamos no sofá e ficamos lá, namorando mas não passou disso apenas com algumas mãos bobas por parte dela, mas somos interrompidas pelo meu empresário me chamando
Deco: (S/N) VAMOS ESTÁ NA HORA! VOCE TEM UM SHOW PRA FAZER!
Voce: Já estou indo –disse se levantando— Vem Dems –disse a puxando pela mão
Subimos perto do palco onde ali eu entraria
Voce: Tchau dems –disse dando um selinho na mesma—
Demi: Tchau meu amor –disse dando um selinho no meu pescoço—
Eu entrei no palco, cantei algumas musicas, ate que eu parei um pouco para rir um pouco do publico que gritava
Publico: (S/N) GOSTOSA! (S/N) GOSTOSA!
Voce: Ai gente –disse rindo—Então, agora eu quero cantar uma musica que não é minha mas ela representa muito pra mim, mas antes eu quero falar pra vocês que eu tenho uma namorada
Publico: OOOOOHHHHHHHHHH!
Voce: É, eu a amo muito e hoje vai ser especial tanto pra mim como pra ela, eu não consigo mais viver sem ela ela é completamente tudo pra mim ela é o ar que eu respiro é o meu chão, e eu prometo a ela que eu ficarei ao seu lado para sempre! – O publico foi a loucura quando eu disse isso—Então amor da minha vida, venha! –disse olhando pra demi, que estava com os olhos marejados, mas negou com a cabeça—Max, por favor! –ela a pegou no colo antes que ela pudesse correr e a trouxe para o palco e a colocou do meu lado – Então essa é a minha namorada, Demi Lovato pessoal! –O publico berrou gritou, nossa, foi incrível—Então meu amor, sente-se—eu disse apontando para uma cadeira que tinha do meu lado, peguei minha guitarra e comecei a cantar dividindo meu olhar entre o publico e ela— quem souber, me acompanhe!


Musica >aqui<

Quando eu terminei a musica, senti varias lagrimas caírem do meu rosto,  publico esta insano naquela noite eles gritavam e eu so sabia sorrir mesmo chorando foi uns dos melhores momentos da minha vida, eu tinha comprado alianças pra mim e pra demi, sim eu iria pedir ela em casamento ali, daqui a pouco.
Voce: Então pessoal! –o publico gritou—Tenho que contar uma coisa pra vocês –ela fez um suspense enquanto tirava a guitarra de si—Eu amo essa mulher que esta sentada ali, aquela mulher ali é a minha vida, ela é uma guerreira ela é uma pessoa que vale a pena a gente lutar pra ter ao seu lado, eu não quero esconder de ninguém o amor que sinto por ela, desde o primeiro momento que eu a vi eu me apaixonei, desde o primeiro momento que eu a toquei que eu a beijei eu soube que eu a amava, eu soube que ela era a pessoa certa pra mim, eu não sei muito bem como fazer uma declaração de amor bonita, mas essa foi de coração, então Demi obrigada por me fazer a mulher mais feliz do mundo obrigada por me deixar entrar no seu coração! Eu te amo muito! Venha, eu quero te pedir uma coisa... –ela se levantou e veio ate mim, ela estava chorando e sorrindo ao mesmo tempo—Peguei uma caixinha de veludo do meu bolso, me ajoelhei—Demetria Devonne Lovato –o publico foi a loucura-- voce aceita se casar comigo? –perguntei abrindo a caixinha, entreguei meu microfone pra ela—
Demi: Claro que eu aceito! –o publico foi a loucura literalmente, o publico gritava muito—
Voce: Eu te amo demi –disse colocando o anel em seu dedo—
Demi: Eu também te amo –disse me abraçando—
Eu apenas ouvia “beija, beija, beija!” vindo da plateia, eu olhei pra ela sorrindo e ela apenas assentiu com a cabeça, me aproximei dela e a beijei começou com um selinho mas depois ela passou sua língua pelo meu lábio e eu encerrei com um selinho, demi pegou o microfone da minha mão
Demi: Nossa gente, eu vou deixar ela terminar o seu show, muito obrigada por tudo – o publico gritou e ela riu—e mais uma coisa, não chamem minha noiva de gostosa nem de delicia viu?! Ela é minha! –a plateia gritou novamente—Tchau gente!
Demi me deu um selinho e se retirou do palco, eu cantei mais uma musica só que essa eu também sensualizei no palco um pouco, mas nada que a Srta.Demetria também já na tenho feito u.u, quando acabei o show, agradeci meus fãs pelo apoio e carinho também disse que os amo. Sai do palco e fui ate o meu camarim, adentrei no mesmo e dei de cara com a demi com a sobrancelha mais alta que a outra eu sabia que ela estava com ciúmes.
Voce: Oi demi –disse sorrindo—
Demi: Oi –disse seca—
Voce: O que foi? –disse sem intender—
Demi: Voce ficou rebolando lá naquele palco, e as meninas te chamando de gostosa –disse fazendo cara triste—
Voce: Oh meu amor, são só meu fãs por isso...e –fui interrompida por ela me mostrando o celular—
Demi: Voce viu as Tag’s do Twitter? –ela me mostrou tava escrito #LesbianFor(Seu Nome)
Voce: Não liga pra isso Dem, voce sabe que eu amo voce, tanto que voce deveria estar me beijando agora, porque agora voce é minha noiva! –disse fazendo biquinho—
Demi: Eu sei...desculpa –disse me abraçando—Mas porque voce estava rebolando tanto naquele palco? –disse me olhando semicerrando os olhos—Voce nunca rebolou daquele jeito pra mim –disse fazendo biquinho—
Voce: Voce quer que eu rebole daquele jeito pra voce? –perguntei bem perto no seu ouvido e mordendo o lóbulo da sua orelha logo em seguida—Ainda temos 1 hora antes do M&G—
Demi: S-S-Sim eu quero-o –disse se arrepiando—
Eu a olhei com um sorriso travesso nos lábios e ela retribuiu com um sorriso malicioso
Voce: Espera aqui então –disse levantando, fui em direção a porta e a tranquei, depois fui em direção ao som e coloquei um musica com uma batida muito sensual (Kiss do Marrom 5)—
Demi: Oh céus! Oh céus! –falou afastando as pernas e colocou o seu tronco um pouco mais pra trás se ajeitando no sofá –
Voce: O que é isso demi? –disse voltando e parando na sua frente—
Demi: Isso o que? –disse sem intender—
Voce: Essas pernas abertas desse jeito –disse rindo—
Demi: É que eu já estou exitada so de pensar em que voce vai rebolar daquele jeito aqui ó –disse batendo em suas pernas—
Voce: É eu vou sim –disse começando a se despir no ritmo da musica—
Demi: Oh céus, O meu deus...—disse se ajeitando no sofá abrindo um pouco mais as pernas eu dei uma risadinha baixa quando vi ela fazendo isso—
Ameaçava tirar minha calça mas não tirava desci ficando de joelhos na frente dela ela fitava os meus seios, virei e fiquei de costas e ouvi ela resmungar em reprovação dei uma risadinha baixa comecei a me levantar com a bunda empinada pra ela, quando eu me levantei totalmente tirei minha calça de costas pra ela ainda de costas me sentei em seu colo e comecei a rebolar intensamente em cima dela, desci do seu colo e virei de frente me sentei novamente em seu colo e rebolei como nunca, ela gemia o meu nome, depositei um beijo molhado em sua boca logo depois eu sai do seu colo e fui vestir um roupão de seda que se encontrava em cima de uma cadeira
Voce: Foi o Maximo que eu consegui fazer, desculpa se voce não gostou –disse abaixando a cabeça e indo em direção ao lugar onde tinha os figurinos—
Demi: E-e-eu, meu deus, oh céus por favor, me faz gozar por favor eu não aquento mais, foi perfeito voce é perfeita meu deus eu estou muito exitada depois eu te recompenso, me alivia eu te imploro! Voce é tão gostosa, ai meu deus se voce rebolar de novo eu já tenho um orgasmo –disse se ajeitando no sofá—
Voce: Ai demetria! –disse rindo—Faço sim, vou fazer voce ter orgasmos um atrás do outro, eu vou te deixar maluca por mim –disse sentando no seu colo—
Comecei a beija-la e nossa como ela estava quente ela tirou sua própria camiseta e eu me levantei para que ela tirar a calça, sem delongas me abaixei ficando de joelho na frente da sua intimidade tirei sua calcinha rápido e comecei a chupa-la
Demi: AH (S/N) AH, AH VAI VAI (S/N)! –disse arqueando as costas pra trás-
Penetrei 3 dedos nela e comecei a fazer um vai e vem gostoso nela muito rápido
Demi: AH (S/N) EU V-VOU GOZAR! –disse ofegante entre gemidos altos—
Voce: Vai gostosa goza pra mim goza! –disse voltando a chupa-la enquanto ainda fazia o vai e vem—
Não demorou muito tempo pra ela gozar, chupei todo o gozo enquanto isso apertava um dos seus seios, depois que eu acabei dei um beijo de tirar o fôlego nela, me abaixei e comecei a chupa-la abri os seus lábios maiores com os dedos e fiquei passando minha língua de leve no seu clitóris, ela gemia, gemia meu nome. Penetrei minha língua nela e comecei a fazer movimentos de vai e vem nela
Demi: AH AI MEU DEUS (S/N)! –disse entre gemidos altos--
Voce: ME CHAMA DE GOSTOSA, É O MEU FETICHE! –disse indo beija-la, dei um beijo e logo voltei a chupa-la--
Demi: gostosa! Ah, gostosa, Oh céus!...
Demi se contorcia de tanto prazer que ela tava sentindo, isso me deixava louca, ouvir ela gemendo o meu nome, eu já estava quase tendo um orgasmo só por ela estar fazendo isso ela estava com a mão na minha nuca empurrando minha cabeça contra sua intimidade me fazendo ir mais fundo quando penetrei-a com a língua fiz um vai e vem rápido até que ela gozou
Demi: Nossa...I-Isso f-foi incrível gostosa, eu prometo que te recompenso mais tarde ta bom? –disse ofegante—
Voce: Aham –disse sentando ao seu lado—Agora me beija por que eu acho que eu mereço não é?!
Demi: Com certeza merece –disse indo me beijar—
Ela me beijou, colocou uma mão em meu rosto e a outra na minha cintura, ela ficou fazendo um carinho gostoso lá, ela passou a lingua pelo meu lábio inferior entre abri meus lábios, quando nossas língua se tocaram senti uma carga elétrica sobre meu corpo, senti ela dar um chupão na minha língua, ela contornou minha boca com sua língua me fazendo arfar, me sentei em seu colo e comecei a fazer um vai e vem intenso, ela estava sem calcinha então minha intimidade roçava na dela, nós duas já estávamos em completo êxtase e gemendo
Demi: Vai gostosa, vai –disse entre gemidos—
De repente a porta abre e quem vemos? Sim, Selena!
Selena: Demi voce...—disse e quando nos olhou e começou a rir—
Voce: S-Selena o que voce está fazendo aqui? – disse saindo de cima da demi, ela pegou e colocou uma almofada para tapar a sua intimidade—
Selena: Eu só vim aqui pra agradecer porque voce cantou minha musica! Mas acho que eu atrapalhei alguma coisa muito importante não é mesmo? –disse rindo—
Voce: Ata, de nada e porque voce não bateu na porta? –disse pegando o seu roupão e colocando-o –
Selena: Sabe que eu não sei, só passei a aqui pra dizer obrigada, bom agora eu já estou indo e demetria da pra ouvir os teus gemidos lá do corredor –disse se virando—foi mal de novo gente, ate mais –disse saindo de lá e fechando a porta—
Demi: Oh meu deus –disse se levantando e colocando sua calcinha e sua calça—
Voce: Não, porque voce está se vestindo? –disse tirando seu roupão—
Demi: Porque já deu né, depois a gente continua isso, agora voce tem que ir lá pro M&G –disse abotoando sua calça—
Voce: Ah que porra! Tudo culpa da Selena se ela não tivesse vindo a gente estaria tendo um orgasmo agora –disse pegando suas roupas do chão—
Demi: Depois, mais tarde eu quero te levar num lugar daí a gente vai ter quantos orgasmos voce quiser, ta bem?
Voce: Ta bom –disse dando um selinho nela—Agora eu vou me vestir—
[...]
Chegamos no lugar demi ficou um pouco mais afastada, logo os fãs começaram a vir e tirar foto.
[...]
Voce: Demi, porque voce está assim comigo? –disse colocando a mão em cima de sua perna enquanto nós íamos pra casa—
Demi: Assim como? –disse seca—
Voce: Assim, grossa e seca comigo –disse tirando a mão de sua perna enquanto ela dirigia—
Demi: Voce viu as suas “fãs” passando a mão na sua bunda? –perguntou um pouco mais alto—
Voce: Hey dem, não liga pra isso são apenas meus fãs só quis ser simpática, por favor não fica brava comigo –disse a olhando—
Demi: Ta, desculpa –disse parando em um semáforo e me olhando –
Eu a beijei, só paramos o beijo por causa das buzinas que ecoavam em toda a rua, fomos para a casa dela. Adentramos na casa e assistimos um pouco de TV
Demi: (Seu nome), eu quero eu quero te levar em um lugar que na verdade é na minha casa mas um pouco mais afastada, vem –disse puxando ela pelo braço—
Voce: Ah sim, então nós vamos terminar aquilo lá que a gente começou no camarim? –perguntei com malicia em minha voz—
Demi: É, mais vai ser um pouco diferente mais vai ser bom vai ser mais exitante–disse indo até o elevador—
Voce: E o que é? –disse apertando o botão—
Demi: Voce vai descobrir logo –disse depositando um beijo em seus lábios--
Voce: Ah demi, por favor! Me fala –disse fazendo carinha de cachorrinho fofo—
Demi: Voce não vai me comprar com essa carinha –disse saindo do elevador junto com ela—
--Demi Narrando onn—
Vou leva-la a sauna claro que ela não vai entender o que tem de exitante nisso mas depois eu mostro pra ela, chegamos na frente de uma porta e adentramos na mesma
Demi: Ótimo! Agora, tira a roupa –disse começando a se despir—
Voce: Ta bom né –disse enquanto se despia—
Nós tiramos as roupas ficando nuas, e obvio que eu tirei um pouco de proveito com algumas mãos bobas, mas não passou disso ainda não pelo menos
Demi: Pega essa toalha aqui –disse a entregando—
Voce: Ta –disse se enrolando—
Nos enrolamos e entramos em outra sala, La estava quente muito quente
Voce: Isso é uma sauna? –disse se sentando em um dos bancos junto comigo—
Demi: Isso –disse sorrindo— Agora é só esperar um pouco
Voce: Mas a gente não ia terminar o que a gente começou no camarim? –disse entrelaçando o nossos dedos—
Demi: E vamos, aqui, agora! –disse indo pra cima de dela—
Voce: Mas...—a interrompi com um beijo—
O beijo começou calmo mas depois foi ficando feroz, nós já estávamos suadas nuas eu estava por cima dela beijando o seu pescoço
Voce: Nossa, isso realmente é exitante –disse tirando Demi de cima de mim—
Demi: O que, porque voce parou? –disse com cara de indignada—
Voce: Porque alguém pode entrar aqui –disse com cara obvia—
Demi: Ninguém pode entrar aqui –disse sorrindo e me aproximando dela—
Voce: Como voce pode ter tanta certeza? –disse a olhando nos olhos—
Demi: Porque eu pedi pra interditarem depois que nós entrássemos –disse depositando um beijo molhado em meus lábios—
Voce: Ah agora a historia é diferente— disse sentando em seu colo—
Demi: O meu deus –disse olhando eu me sentar em seu colo—
Voce: Voce gosta quando eu sento no seu colo? –disse no pé do meu ouvido depositando um beijo no mesmo em seguida—
Demi: Sim –disse gemendo—
Voce: E assim voce gosta? –disse fazendo um vai e vem intenso em mim--
Demi: Sim –disse gemendo—
--Voca narrando onn—
Eu a beijei com toda a intensidade do mundo senti uma de suas mãos no meu seio esquerdo e a outra em minha bunda, comecei a beija-la e a deita-la no banco no qual nós nos encontrarmos ainda fazia o vai e vem muito intenso, demi abriu um pouco as pernas e nossas intimidades de chocaram arrancando gritos de ambas estávamos suadas, então joguei meu cabelo pro lado de um modo sensual, voltei a beija-la intensamente nossas intimidades estavam coladas e nossos clitóris se chocando a todo momento já estávamos em completo êxtase e gemendo, Demi me chamava de gostosa o tempo todo
Demi: Vai gostosa vai! Mais...Mais forte gostosa
Comecei a diminuir o ritmo e ouvi ela gemer em reprovação, cheguei perto do seu ouvido e falei bem baixinho
Voce: So continuo se voce gemer o meu nome – disse e depois depositei selinhos em seus pescoços—
Demi: Ah (seu nome) vai, vai (seu nome) –disse—
Comecei a fazer o vai e vem de novo só que mais intenso nossos clitóris se chocam a cada movimento, demi gemia meu nome eu gemia e estava adquirindo prazer por dar prazer a ela
Demi: (seu nome), eu vou gozar! –disse gemendo—
Voce: Goza gostosa! Goza pra mim vai –disse no seu ouvido—
Ouvi demi dar um grito estridente, ela chegou ao seu ápice e eu também
Demi: Nossa –disse ofegante—
Demi saiu de baixo de mim e me beijou, ela colocou a mão em minha perna e foi escorregando ate a minha virilha, ela passou a mão na minha intimidade e ficou massageando o meu clitóris com dois dedos bem devagar, sai do beijo e gemi baixinho, depois voltei e fui beija-la mais ela recuou, ela estava aumentando a velocidade ela começou a beijar meu pescoço e colocou a outra mão em meu seio ficou apertando a massageando ela começou a chupar um deles a morder fraco e a lamber, eu gemia o seu nome ela se aproximou do meu ouvido e falou
Demi: Gemi pra mim gemi, gemi meu nome –logo depois ela depositou um selinho no meu pescoço—
Eu gemia como ela pediu, eu estava em completo êxtase, sinto demi me penetrar com 3 dedos e fazer o vai e vem muito rápido, ela fazia também movimentos circulares com o dedo em meu clitóris o que me fazia gemer muito mais, ela parou e desceu ficando de joelhos de frente pra mim eu abri mais as pernas e ela começou a me chupar, ela brincava com a minha entrada, eu não estava aquentando mais
Voce: DEMI! VAI LOGO! – falei entre gemidos—
Demi: Me pede –disse ainda brincando com a minha entrada—
Voce: Por favor demi, por favor me faz gozar me faz sua me faz ficar louca por ti –disse arqueando as costas pra trás porque dei um chupão forte em meu clitóris—
Ela continuou, ela vazia cada vez mais forte
[...]
Nós tomamos um banho La na sauna e depois subimos de volta para o apartamento da Demi, lá nós ficamos e ficamos planejando coisas sobre o casamento
[...] 6 anos depois
Bom, o que posso dizer da minha vida? Simples, perfeita minha vida é perfeita não tenho do que reclamar. Demi temos um filho (a) (nome do seu filho), ele é lindo fiquei grávida e fizemos por inseminação artificial, sai em turnê e demi conheceu minha família, todo eles amaram ela, então essa é minha vida tenho a mulher mais perfeita o filho mais linda, só posso garantir pra vocês que isso será eterno, eu e a demi seremos eternas, em tudo, tudo que nós vivemos sempre estará com a gente eu a amo mais que tudo na vida, nunca irei perde-la. “Saiba que eu a amo. Saiba que eu sempre estarei lá. Sempre estarei com voce.” Esse foi o juramento que eu fiz a ela e irei cumpri-lo para sempre.


THE AND  




Gente, esse imagine eu criei durante o verão...resolvi postar por que não sei, me deu vontade amanha é meu aniversario e eu n queria deixar vocês sem nada, esse imagine não tem nada a ver com "My Heart Beats For Love", "I Kissed a Girl", "Hogwarts Is My Home". Ele é so uma estória...espero q gostem foi esse imagine que deu "origem" a esse blog eu gostei tanto de escrever ele que eu resolvi fazer para postar! COMENTEM O QUE ACHARAM!

22 comentários:

  1. Eu achei perfeito como sempre....e Feliz aniversário adiantado,talvez eu não entrem amanhã e já quero deixar meus parabéns pra você.Tudo de bom linda,bjs
    -júh

    ResponderExcluir
  2. PERFEITO!!! VC É INCRÍVEL!! E parabéns amor! Vc merece tudo de melhor <3

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!!! Esse imagine é perfeito

    ResponderExcluir
  4. ai linda você não vai postar a continuação do outro não?to muito ansiosa poxa kkkkkkk
    -júh

    ResponderExcluir
  5. Cara,esse Imagine me apegou do inicio ao fim. No começo eu pensei que ele fosse sem-graça,mas depois,eu vi que era maravilhoso. Olha,meus parabéns mesmo. EU TE AMO GAROTA!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Divulga o meu não é tão divo quanto o seu mas por favor divulgue

    http://staystrongdemiforever.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Cara, foi o melhor imagine que eu ja li na minha vida. Você tem MUUITO talento

    ResponderExcluir
  8. Eu sei que da muito trabalho, mas vc pode fazer outro como esse um dia desses? Pode ser com a demi mesmo, miley, selena, tanto faz. Parabens, eu amei muuuuito. Me add no facebook: Barbara Yoshikawa a foto sou eu mesmo com o cabelo solto. ��

    ResponderExcluir
  9. mdsssss que perfeitoooo amei nossa parabéns ficou divo pra caramba amei amei amei <3

    ResponderExcluir
  10. mdsss eu amei muito <3

    ResponderExcluir
  11. amei de mais essa demi muito gostosa :3

    ResponderExcluir
  12. Cara, " eu" fiquei com a Demi *-* sonho de qualquer Lovatic. Melhor imagine q eu já li. Parábens. Szszszsz

    ResponderExcluir
  13. Muito perfeito, noss queria ter essa mente <3

    ResponderExcluir
  14. Posso colocar só as partes hots da fic na minha, não sei fazer muito bem as partes hots, vou colocar os devidos créditos. Você deixa? ?

    ResponderExcluir
  15. Posso colocar só as partes hots da fic na minha, não sei fazer muito bem as partes hots, vou colocar os devidos créditos. Você deixa? ?

    ResponderExcluir
  16. olá td bem, gostaria de lhe fazer uma proposta, tem algum email para que eu possa entrar em contato com vc?

    ResponderExcluir
  17. olá td bem, gostaria de lhe fazer uma proposta, tem algum email para que eu possa entrar em contato com vc?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  18. Caraca vei que foda e queria que fosse real eu e a Demi na minha cama. Vc é mt talentosa e que imaginação mais hot né.

    ResponderExcluir