quinta-feira, 6 de março de 2014

Capítulo 48 - My Heart Beats For Love


Anteriormente 

Pelo jeito não farei ela mudar de ideia então dessemos para a festa e aproveitamos mais um pouco

Agora 

(Seu nome) Narrando on- 

Mas o que foi aquele amasso lá em cima? Cara eu preciso dessa mulher sei lá agora, mas a puta da Miley tinha que estragar a nossa reconciliação esse é o melhor modo para provar que está tudo bem entre a gente. Agora eu estou aqui sentanda num banco da mesa de bar mas eu não estou bebendo, nem eu nem Demi esse foi o nosso trato para essa noite "sem bebida". Demi foi ao banheiro mas logo ela esta de volta. 

Demi: Amor --ela chegou por trás de mim e cochichou no meu ouvido o que me de arrepiar toda--
(Seu nome): Sim? --perguntei o virei para ficar cara a cara com ela--
Demi: Vamos para casa? 

Mesmo estando escuro dava para ver que seus olhos estão em uma tonalidade de castanho escuro, aqueles que não da nem para ver a pupila. 

(Seu nome): Claro, já são --apanhei meu celular dentro de uma pequena bolsa-- 4:00 da manhã! E eu já estou cansada também 
Demi: Você não ta cansada para mim né? --ela perguntou fazendo carinho de cachorro abandonado-- 
(Seu nome): Você fica a coisa mais fofa assim e não eu não estou cansada para você --disse e pisquei para ela, ela se derreteu toda-- 

Como eu estava sentada eu ficava uns 2 centímetros mais alta que Demi, ela se aproximou de mim e beijou de leve meus lábios depois ela sorriu eu fechei os olhos para sentir melhor seu beijo, seu toque. Ela se aproximou mais de mim e colocou suas mãos em cima das minhas coxas e eu no seus ombros, sua respiração se misturou com a minha eu queria aquele beijo mais do que qualquer coisa. Finalmente senti seus lábios sobre os meus, depois sua língua dentro da minha boca brincando com a minha língua ela apertava ainda mais minhas a coxas arriscava subir um pouco a mão mas nada além do normal, só ouvíamos os estalinhos do beijo que é sem dúvida alguma um dos melhores sons que eu já ouvi, quando eu beijo a Demi não é só um beijo esse beijo consegue expressar tudo o que eu sinto por ela todos os meus sentimentos mais obscuros mais desejados tudo, infelizmente paramos o beijo por conta da falta de ar! 

(Seu nome): Uau! --estava um pouco ofegante--
Demi: Acho que esse foi um dos melhores beijos que já demos --disse e beijou meu pescoço-- 
(Seu nome): Demi, vamos para casa! 

Me levantei da onde eu estava sentada e a puxei para a saída da festa, não me preocupei em dar tchau para a Miley, aquela vagabunda com "V" maiúsculo sabe o quanto nós desejamos uma a outra, finalmente saímos de lá eu estava quase a arrastando a Demi junto comigo eu avistei o nosso carro e comecei a andar em direção a ele mas Demi me puxou fazendo meu corpo se colar totalmente com o dela, de surpresa ela me beijou, nossa que lábios macios e quentes eu preciso dela! 

(Seu nome): Demi vamos logo! Eu não aquento mais 
Demi: Vamos sim --ela disse a deu um tapinha na minha bunda-- 
(Seu nome): Você é muito tarada meu deus --disse e peguei a chave do carro para abri-lo--
Demi: Só por você --ela disse e fez a volta para entrar no lado da carona--

Nós entramos no carro e logo em seguida eu sai daqui, Demi não parava de me provocar um minuto se quer, ela falava coisas quentes no meu ouvido me fazendo tem pequenos espasmos. Nós finalmente chegamos em casa, nós saímos do carro e fomos para o apartamento da Demi, mal entramos e ela já me empurrou contra a parede e me beijou, depois sussurrou no meu ouvido

Demi: Hoje, você é minha! --disse e depois lambeu minha orelha mordendo o lóbulo em seguida--
(Seu nome): Só...só sua --disse entre gemidos-- vai ser selvagem é!? 
Demi: Totalmente --disse e me beijou de novo, nunca vou enjoar dos seus beijos--

Ela me prensava cada vez mais contra a parede e me beijava com vontade (imaginem com roupa), ela parou de me beijar e retirou minha blusa, ela voltou a me beijar eu coloquei minhas mãos sobre a sua enorme bunda e ela estava com as mãos na minha cara, colei ainda mais nossos corpos, ela começou a se esfregar em mim, em um movimento rapido a coloquei na parede ainda sem quebrar o beijo. Fui nos arrastando para o sofá, eu cai sentada e ela começou a se despir nossa a cada parte do seu corpo exposta eu ficava ainda com mais vontade

5 comentários:

  1. PERFEITOOOOO, POSTA MAIS AMOR!

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! Posta mais

    ResponderExcluir
  3. Gataaa continuaaa
    -júh

    ResponderExcluir
  4. mds mt pfto adorei posta mais e me add no face pff?? pra avisar qnd postare masi vlw bjs https://www.facebook.com/duda.muller.777

    ResponderExcluir